Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Robert de Boron

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Robert de Boron em Sex Ago 13, 2010 7:43 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
OFF: Os fatos aqui narrados foram os acontecimentos de dez anos atras.

----------///------------

Dez anos átras:

Era dia a chuva caia forte molhando todo o gramado, Robert permanecerá debaixo da mesma e em frente a uma lapide na qual se lia a seguinte mensagem, Aqui jás Richard Andrei de Boron 1987 / 2022o garoto sentiu uma mão macia e confortavel abraçalo-o.

-Vamos meu neto, tem que deixar seu pai descansar, ele fez tudo para te proteger e aqui esta voce, infelizmente ele esta morto, mas ele compriu com a promessa que fez a seu pai Victor. - disse o senhor que tentava acalma-lo, mas Robert parecia inconsolavel.

-Porque vô? Porque ele teve que fazer isso eu não pedi pra que ele me prootejesse.

-Ninguém pediu Robert, ninguém, mas ele se sentiu na obrigação de cuidar de ti

-E a Sara onde esta?

-Ninguém sabe dela Robert, coitada quando ela souber que o Richard faleceu e por...por causa

-É. Por minha causa e só minha

-Não é verdade Robert e você sabe disso.

- É verdade sim e o senhor sabe disso assim como todo mundo sabe.

-Olha Robert você não foi o culpado, agora vamos pra casa não se esqueça que amanhã iremos ter que depor.

-O que vai acontecer comigo vô ?

-Nada meu meu neto nada agora vamos - disse ele segurando na mão do garoto e o puxando. O dia foi passando deixando lugar para a noite, Robert mau saiu de seu quarto o dia todo apenas para almoçar e agora para jantar, todos estavam sentados a mesa nada foi dito enquanto o jantar acontecia, o unico barulho que se escutava naquele local era o barulho dos talheres raspando pelo prato, até que Karson avô de Robert resolveu falar algo.

-E então Robert como vai os estudos em Hogwarts?

-Não vão - disse o garoto curto e grosso

-Como assim meu neto, você tem quie continuar os estudos

-Não onde meu pai foi morto, eu não volto mais a hogwarts nunca mais

-Achamos que isso ia acontecer então eu e sua avó estivemos vendo algumas escolas e achamos que a melhor pra que você continue seus estudos seja em Durmstrang, aqui esta um folheto de lá de uma olhada e me diga o que você acha, você já tem sua vaga na escola é só dizer que sim, mas pense com calma não quero força-lhe a nada- o garoto ficou a olhar o papel e todas aquelas imagens se mexendo ele colocou o mesmo sobre a mesa

-Eu vou me deitar amanhã vai ser um dia bastante turbulento - disse ele se levantando da mesma e saindo em direção as escadas.


continua....

2 Re: Robert de Boron em Dom Set 05, 2010 6:43 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
No dia seguinte:

Quando Robert já levantou já era madrugada, ele permanceu em sua cama e ficou a olhar uma foto de seu pai e Sara segurando-lhe quando ainda era um simples bebe, se levantou e ficou a andar pelo quarto escuro o quadro na parede o olhava andar de um lado para o outro.

-O que foi Mi Lord? Porque toda esta angustia que lhe consomes?

-Hoje minha vida será decidida em um tribunal e estou com medo, todos acham que eu matei o Adryan e o Richard.

-Mas não foi o senhor

-Nós dois sabemos disso eles não.

-A senhora Sara também.

-Como assim a Sara?

-Seu pai Morreu aqui neste quarto e Sara estava na casa na noite em que ele morreu eu sei porque a vi , geralmente lá pelas duas da manhã vou vou fazer uma visita ao quadro da dama de azul que fica em cima da lareira e vi a Sara conversando com um bruxo muito esquisito.

Spoiler:
lembranças: - O que faz aqui? Meu marido pode te ver.

-Deixe que me veja não me importo quero a minha parte do acordo, sabe muito bem que quando você me contratou sabia que não teria boi comigo.

-Não se preocupe você terá sua recompensa agora sai daqui tenho um assunto inacabado a terminar.

-Ok mas lembre-se você tem até amanhã pra me dar o que te mandei ou conto tudo aos aurores, conto toda a verdade sobre quem realmente é Sara Murstem.

-O bruxo foi embora e Sara veio para este quarto e começou a discutir com O Richard, eu até tentei saber o que estava acontecendo, mas não pude algo não me deixou voltar para o meu quadro, foi quando eu escutei coisas quebrando e escutei você gritando Mi Lord, quando retornei ao quadro seu pai já estava morto, você estava sobre o corpo dele e logo os aurores chegaram e viram a cena.

-Foi quando viram o que eles queriam ver, o ministério estava buscando um culpado para os assassinatos que estava acontecendo e quando me viu sobre o corpo de meu pai logo eles me acusaram a sorte é que não tinham nenhuma prova só por isso fui solto - A hora foi passando, o dia amanhecia mais rapido naquele dia até que em poucos segundos batidas fortes e seguidas foi escutada na porta do quarto.

-Robert esta pronto esta na hora de irmos - o garoto abre a porta, seu rosto estava inchado de tanto chorar. - Você esta bem meu neto?

-Estou sim podemos ir?

-Claro meu neto só estávamos te esperando.

-Então vamos. - eles sairam da casa e se dirigiram ao carro e partiram pouco tempo depois eles chegaram ao ministério da magia
, chegando lá partiram em direção aos elevadores e foram para o Nivel Nove e se escutou o seguintes dizeres " Departamento de Mistérios".

-Esse não é o lugar certo vo.

-Eu sei meu neto, só que agora teremos que ir pelas escadas - e assim aconteceu logo que terminaram de subir as mesmas uma placa com os seguintes dizeres " Velho Décimo Tribunal" estava sobre a porta, eles passaram pela mesma e seguiram por um longo corredor até chegarem a porta de acesso a sala de Audiencia da suprema corte dos bruxos, a mesma estava fortemente protegida por dois grandes e enormes dementadores.

-Por que eles?

-Eu não sei meu neto, acho que pensam que você pode tentar fugir

-Acho que eles são é idiotas, não tenho o porque fugir, não fiz nada.

-Eu sei, você sabe, agora eles tem que saber vai meu neto e diga a todos o que aconteceu naquele dia.

-Eu vou - o garoto entrou e foi logo levado por um dos mercenários a um banco próximo ao banco dos réus e logo o Ministro chegou todos se levantaram e se sentaram logo que ele se sentou.

-O senhor Robert Adriano Mursten de Boron, esta sendo acusado dos seguintes assassinatos de seu irmão Adryan Bortom Mursten e seu pai adotivo Richard Cartelu Boron.- O garoto não se conteve e se levantou indignado com as acusações.

-Isso é mentira eu não os matei.

-Sente-se Senhor Boron

-Armaram contra mim será que vocês não ve, daqui a pouco vão falar que eu tramei a morte dos meus verdadeiros pais.

-Sente-se senhor Boron eu já mandei.

-Vocês são um bando de cegos que não conseguem ver a verdade, mandam pessoas inocentes para Azkabam só porque acha que ela é culpada. - disse ele em tom elevado o ministro se levantou furioso e gritou.

-Sente-se agora senhor Boron ou vou lhe dar voz de prisão por desacato. - na mesma hora o garoto se sentoui e permaneceu quieto - Assim esta melhor, continuando senhor Boron, no dia seguinte emque seu pai morreu chegou as nossas mãos provas e a localização do verdadeiro assassino, conseguimos pega-lo e creio que o senhor e todos vão ficar muito surpresos ao saber de quem se trata podem traze-la. - Uma outra porta foi aberta e uma gaiola com uma mulher dentro foi adentrando ao salão, Robert se levanta surpreso ao ver a mulher.

-Você não, qualquer um menos você.

-A senhora Sara Liany Mursten de Boron foi presa ontem no vilarejo onde Victor e Naiana foram encontrados mortos.

-Sua assassina, você os matou.

-Era necessário meu querido enteado - disse ela olhando sinicamente para Robert. - Eu tinha que mata-los ou iriam estragar meus planos

-Como pode Sara eu confiei em você e eles também.

-Meu querido enteado entenda era necessário

-Espero que esteja preparada para o beijo do dementador sua assassina - a bruxa deu uma longa e maldosa gargalhada.

-Acha mesmo que vou receber algum beijo ou melhor todos vocês acham que eu vou ficar presa em Azkabam, que injenuidade pensar que eu Sara Boron estou acabada - Robert se levanta furioso e vai correndo até a gaiola.

-Não se atreva a usar ou até mesmo sitar o sobrenome Boron sua assassina você não é digna de usa-lo. - Robert é afastado da gaiola por dois aurores.

-Logo já não estarei aqui e esse nome ainda me pertence. - um barulho se escutou ao longo do ministério, trovoadas ecoavam pelas paredes até chegar a sala a porta principal explodiu e 4 bruxos invadiram o salão por forma de aparatação, nada os dementadores poderiam fazer, um patrono em forma de corcéu prateado fez com que os mesmos se afastassem, uma bruxa que trabalhava no ministério foi usada para conjurar o corcéu já que os mercenários não conseguiam, eles explodiram a gaiola libertando Sara.

-Vamos e tragam o garoto - um dos mercenários cercou Robert em uma grossa e espeça fumaça negra e saiu juntamente com os outros mercenários que mantinham os demais bruxos ocupados, assim que tudo acalmou o ministro começou a dar as ordens...

continua......

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum