Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Casa do Jardineiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Re: Casa do Jardineiro em Dom Set 19, 2010 3:56 am

Marcio Cristopher Winne

avatar
Casa simples rustica muitas plantas ao redor. Dentro dela você encontra moveis simples: uma estante abarrotada de livros, um descanço para livros com um enorme livro aberto, e percebe-se que ser velho, uma quadro enorme com os dizeres "Seja responssavel pelos seus ATOS ! ", uma planta diferente das outras num vaso ao canto, e no comodo alguns objetos que parecem ser de trouxas, e ali em cima um caximbo com uma pequena caixa vermelha e branca com um objeto que parece ser metalico em cima, e um armario de roupas proximo a cama.

2 Re: Casa do Jardineiro em Sab Out 09, 2010 12:05 pm

Marcio Cristopher Winne

avatar
Acontecimento após o lago.
---------------------------------------------------------------------------------
Vôo o mais rapido para cá,, com a bibliotecaria no colo. Chegando em casa deço da vassoura e chuto a porta -"afinal de contas tenho pressa no momento" .

Coloco a bibliotecaria na cama e rapidamente examino para ver se tem alguma mordida. Mas não vejo nada, somente um leve roxo no ombro - deve ter sido na hora da queda .
Mais calmo procuro acordá-la. Pego um pequeno pote com uma mistura de ervas para faze-la acordar, levanto a cabeça dela para que ela cheire o frasco. Nisso ela desperta rápido e me olha com um ar de assustada.

Eu simplesmente digo: -Fique calma, você está bem. Apenas fique deitada e nem pensse em levantar !!!
Me levanto e vou para o fogão esquentar um pouco de agua em duas canecas. Numa caneca pego algumas ervas no armario coloco algumas diferentes , e na outra coloco um tipo só de erva.
Enguanto espero a agua ferver olho para ela e falo :

- Como se sente Senhorita Dharana ?

3 Re: Casa do Jardineiro em Dom Out 10, 2010 4:31 pm

Dharana BlackCrow

avatar
Os pelos dos braços da aranha pareciam pregos em brasa tocando sua pele macia e fragil . A pressão que ela exercia em seu torax dificultavam o respirar. Os olhos molhados pelas lagrimas de dor estavam turvos. Um estrondo poderoso e não ouviu ou viu mais nada.

O silêncio agora era enorme. Não sentia mais o aperto no peito embora toda a pele ardesse. A palma das mãos tocava algo frio e macio que lembrava um lençol. Forçou abrir os olhos. Mas o medo a dominou. Aspirava cheiro de grama e terra molhada, o que era impossivel estando longe do jardim e dentro de um corredor umido e mofado.

Um ruido diferente a fez criar coragem e abrir os olhos. Assustou por estar em um lugar desconhecido. O homem a sua frente era o jardineiro e falou palavras que a confortaram.

- Onde estou senhor? E cade aquele ser horrivel que estava por me devorar. -Tentou sentar na cama e cambaleou de volta ao travesserio. Se antes abominhava aranhas, agora era uma questão de guerra pessoal.


_________________

4 Re: Casa do Jardineiro em Ter Out 12, 2010 9:52 am

Marcio Cristopher Winne

avatar
Após ouvila falar é pegando alguns tecidos e 2 xicaras ele apronta um cataplasma com as ervas que tinha colocado na caneca e aproximando dela.

Responde "Você se encontra em minha casa, e o ser horrivel eu já mandei para o seu devido lugar e me perdoe pelo abuse como você viu eu mal estava encontrado a sala do diretor e como nao sabia onde ficava a enfermaria achei melhor trazela para minha casa e cuidar de você pessoalmente."

Me aproximo dela com o cataplasma "Com licença isso e para eu colocar no seu ombro me permite." cuidadisamente procuro colocar o cataplasma no ombro roxo dela e o fixo no local e novamnete vou ao fogão e pego o cha da outra caneca e a sirvo uma xicara para mim e para ela, "Aqui pegue espero que goste vai lhe fazer bem um pouco de chá para relaxar".

Vou até o criado mudo e pego meu maço de cigarros e acendo um "Me perdoe mas preciso fumar um cigarro para relaxar melhor, espero que não se incomode com um pouco de fumaça de cigarro"


-E como se sente esta se sentindo melhor ?

Olho para ela e dou um sorriso por ver que ela esta um pouco melhor.

5 Re: Casa do Jardineiro em Ter Out 12, 2010 7:35 pm

Dharana BlackCrow

avatar
- Sou agradecida por sua intervenção. A esta hora estaria morta se o senhor não tivesse aparecido -Falava com dificuldade, ainda estava tonta, e o corpo todo coçava.

O homem era cuidadoso e muito hábil. Aplicou algum tipo de infusão com uma compressa em seu ombro e a dor aliviou bastante. Era reconfortante poder contar com ele.

Ouviu tudo que ele lhe contou e sorriu agradecendo outra vez.

- Como posso lhe agradecer? Caso haja alguma coisa que esteja ao meu alcançe para retribuir , é só pedir.

A boca estava seca e a chavena de chá desceu como um manjar dos deuses. O gosto era forte e amargo, mas trazia um certo alivio ao seu estomago e a sua garganta.

Admirava as espirais de vapor, um tanto constrangida pela situaçao em que se encontrava. Afinal estava na cama de um homem, um belo homem, na casa dele, parcialmente vestida e sozinha.

Foi salva quando antes de ver, sentiu o cheiro da fumaça de cigarro. Seus instintos se alertaram.

- O senhor fuma... por favor, me de um?


_________________

6 Re: Casa do Jardineiro em Qua Out 13, 2010 9:43 pm

Ander Turan

avatar
Ander vinha correndo do saguão do castelo atrás da senhorita Blackcrow.

Ander se aproxima da porta da casa e bate já gritando

-Senhorita Blackcrow! Preciso da senhorita urgente no Salão Principal com o chapéu seletor em mãos para começar-mos a cerimônia da escolha das casas!

Ander não parecia nada feliz no seu tom de voz.

7 Re: Casa do Jardineiro em Qui Out 14, 2010 9:51 am

Marcio Cristopher Winne

avatar
"Bem a senhorita pode me agradecer so me mostrando a sala do diretor memso ja fico muito agradecido com isso"
Pegando o cigarro e le oferecendo um "Aqui está o cigarro deixeme acendeleo pra você"

Acendo o cigarro dela ela da duas tragadas mais antes de falar qualquer coisa escuto um bater em minha porta e um chamdo de um homem que para mim e desconhecido nisso falo em um tom de brincadeira para ela, "Você aguarda visita" e sigo até a porta e indago como saberiam que ela estava aqui ou quem poderia ser também ao abrir a porta vejo um homem e digo.

"Ola por favor entre ela esta um pouco melhor agora nada que um pouco de descanço não resolva. A sim prazer meu nome e Marcio sou o Jardineiro."


E ergo a mão para apertar a dele.

8 Re: Casa do Jardineiro em Qui Out 14, 2010 11:40 am

Ander Turan

avatar
Ola senhor Winne, sou o diretor Ander Turan, você deve estar se perguntando, como ele sabia que ela estaria aqui, bom digamos que eu tenho certos dons, eu sou também professor de Adivinhação, ou divinação como alguns chamam, então não seria surpresa eu conhecer o paradeiro dela.
Ander olha para o jardineiro e aperta a sua mão.
Ander se dirige até onde estava Dharana e fala
-Senhorita Blackcrow, temos alguns alunos esperando pela cerimônia da seleção das casas, espero que já esteja tudo bem com a senhorita, espero também que já esteja disposta para me ajudar com a cerimônia, já tivemos contratempos de mais por hoje.

Ele falava de maneira ríspida, mas sempre com um sorriso no rosto parecendo agradável.

9 Re: Casa do Jardineiro em Qui Out 14, 2010 12:26 pm

Dharana BlackCrow

avatar
Uma dádiva dos deuses. Levou o cigarro a boca tragando suavemente e sentindo todo sabor se esparramar em suas papilas gustativas. A marca era estranha a ela, mas o efeito foi o desejado. Aos poucos toda a tensão acumulada em seu corpo foi se dissipando e começou a relaxar.

-Senhorita Blackcrow! Preciso da senhorita urgente no Salão Principal com o chapéu seletor em mãos para começar-mos a cerimônia da escolha das casas!
Riu da brincadeira do rapaz sobre as visitas. Só podia ser um pesadelo. Outra vez ele advinhara onde ela estava. Não existia mais privacidade não? De um salto postou-se sentada na beira da cama, já com as pernas para fora das cobertas. A última coisa que queria era que Ander a encontrasse em farrapos - pura vaidade feminina.

- Vestes Reparum... - em poucos instantes sua roupa estava impecável , apesar da pele arder por baixo. Era incrivel como ele tinha capacidade para adivinhar muitas coisas e total imperícia em notar que ela estava ferida e precisava de cuidados. Mais uma vez a miserável escola vinha antes dela.

- Episkey - Moveu a varinha pela face, mãos e braços , sumindo com pequenos arranhões.

Antes que o diretor entrasse ela ja estava recomposta e sentada em uma cadeira. O tempo a traiu e ela esqueceu de sumir com os vestigios do cigarro. Sabia que ele não gostava. Enquanto o jardineiro e o diretor se apresentavam formalmente, ela notou que o tom de voz de Ander não estava dos melhores. Nos muitos anos de convivencia aprendera a detectar o perigo naquela voz, e algo lhe dizia que ela estava encrencada.

Porque era tão importante parecer perfeita e competente aos olhos dele? Talvez pelo fato da escola ter se tornado seu lar e de estar cansada demais para procurar por outro. Era uma funcionária da escola e não podia se dar ao desfrute de repousar enquanto as suas tarefas estavam por ser cumpridas.

- Repito que devo minha vida a voce sr Winne, muito obrigada - olhou bem acusativa para o diretor, como a dizer: mesmo você não tendo notado EU estava em perigo - Obrigado também pela hospitalidade. - Abraçou o jardineiro e depositou um beijo de agradecimento em sua bochecha. Levando junto dela um pouco do cheiro fresco de ervas que ele tinha. Voltando-se para dar atenção ao diretor, fuzilou-o com o olhar.

- Vamos diretor, nosso dever nos espera. - os lábios sorriam no mesmo jogo que ele estava fazendo, mas o olhos continuavam a acusá-lo de insensível .

Saiu na frente, fazendo um esforço sobrehumano para parecer bem e rezando para que sua pernas não denunciassem o quanto estava abalada ainda. Não ia dar esse gosto ao diretor. Nunca fraquejaria na frente dele.


_________________

10 Re: Casa do Jardineiro em Sex Out 15, 2010 7:17 pm

Ander Turan

avatar
Ander sabia que Dharana estava com raiva dele, mas era impossível para ele não reagir daquela forma, nos últimos dias ele já havia tirado ela do quarto de estranhos do sexo masculino, isso o perturbava bastante.

Ander ao se afastarem um pouco da casa do jardineiro, puxa o braço de Dharana com o intuito de faze-la parar pois ela ia a sua frente,queria lhe pedir desculpas,onde eles estavam o jardineiro não poderia escutar a conversa .

-Me desculpe Dharana, eu na queria lhe tratar mal, mas não sei porque fiquei tão abalado quando lhe vi em duas de minhas visões no quarto de homens...

Ele ficou meio corado no momento, talvez tenha dito alguma besteira mas continuou falando.

-Esse dom que eu tenho não é tão agradável em certos momentos, me subiu o sangue quando tive a visão de você aqui na casa do jardineiro, e não pense que não vi como você estava antes de eu entrar.

Ele parou mais uma vez e olhando nos olhos dela falou agora em um tom preocupado.

-Você esta bem? Não prefere ir à enfermaria antes de irmos para o salão principal?

Ander agora segurava as duas mão de Dharana olhando firmemente em seus olhos, esperando tanto o aceite de suas desculpas como a resposta de sua pergunta.

11 Re: Casa do Jardineiro em Ter Out 19, 2010 7:37 pm

Dharana BlackCrow

avatar
Um passo de cada vez, um passo depois do outro. Assim aumentava a distancia do diretor. O esforço para caminhar ai diminuindo a medida que exercitava os músculos. A mão firme que seguro seu braço a fez parar. Ele era forte e resistir era inútil. Melhor ouvir o que ele tinha a falar.

-Me desculpe Dharana, eu na queria lhe tratar mal, mas não sei porque fiquei tão abalado quando lhe vi em duas de minhas visões no quarto de homens...

Então fora assim que ele descobrira onde ela estava nas tuas vezes. Sentiu-se de certa forma lisonjeada por fazer parte dos pensamentos dele, ou de outra forma não teria porque ele ter visões com ela. Imagine se ele fosse ter visões com cada funcionário do castelo. De certa forma seu coração se aqueceu e sentiu-se um pouco especial. Prestou atenção ao que ele falava. Ela conhecia uma palavra que definia bem o que ele demonstrava estar sentindo, mas não cabia ali. Ela estava fantasiando coisas que não existiam.

O Diretor era um homem atencioso e preocupado com todos. Porque não ser com a sua assistente pessoal, de quem ele tanto esperava colaboração. E ela nunca mediu esforços na tentativa de agradá-lo. Afinal foi contrata sem nenhuma pergunta sobre sua vida pessoal e seu passado. Não só lhe deu casa e trabalho como um espaço para ter sua propria vida com quem lher era precioso.

-Você esta bem? Não prefere ir à enfermaria antes de irmos para o salão principal?

De frente para ele não precisava ler a sua mente , para notar que ele estava preocupado de verdade. Ficou levemente comovida pela mudança de atitude do homem e sorriu timida para ele. Apertou mais firme as mãos que seguravam as suas e ergueu os olhos.

- Eu vou ficar bem, mas foi um susto imenso. Pensar que poderia estar morta a essa hora não fosse a coragem do nosso jardineiro. Preciso agradecer adequadamente a ele. Os cuidados foram praticamente profissionais e não se faz necessário tirar nossa medbruxa dos seus preparativos para o jantar. Obrigada por se preocupar.

Soltou a mão e com um carinho ousado, passou pelo rosto dele, sorrindo novamente. E retirando a mão tão rápido como quando o tocou. Virou sem jeito e partiu outra vez na frente dele, falando enquanto andavam.

- O jantar inaugural nos espera. Posso ao menos passar no meu quarto antes, e vestir algo apresentável?


_________________

12 Re: Casa do Jardineiro em Ter Out 19, 2010 8:40 pm

Ander Turan

avatar
Ander Sente a mão delicada de Dharana em seu rosto, chega a fechar os olhos para sentir o carinho, porem foi tão rápido quase frustrante para ele, mas ele expressou a sua felicidade.
-Fico feliz que tenha aceitado minhas desculpas.
Ao ver que dharana já estava novamente a sua frente ele também apressa o passo

Dharana lhe faz uma pergunta sobre se vestir melhor, Ander logo responde.

-Muito bem, já que esta se sentindo melhor, aprovo a sua idéia de colocar algo mais apresentável.
Ander da um leve sorriso, pois a moça a sua frente estava praticamente em farrapos.
-Vou lhe esperar para entrarmos juntos no salão.
Ander segue Dharana até seus aposentos, mas ficará esperando do lado de fora.

13 Re: Casa do Jardineiro em Qui Out 21, 2010 8:56 am

Marcio Cristopher Winne

avatar
Bom após a saida do diretor e bibliotecaria do seu guarto penssou em dormir um pouco mais lembrou algo sobre jantar de apresentação dos professores e funcionarios e desistiu de dormir afinal queria e teria que conhecer melhor o local do seu novo trabalho. Foi tomar um banho e colocar algo mais formal pós não sabia muito bem o que vestir com certeza, escolheu um terno preto que ele trazia consigo.

Penssando " Saco odeio ter que usar esses tipos de roupa mais e melhor assim né, não se sabe os costumes do local corretamente."

Após devidamente vestido ele se lembra "Seria bom levar algumas ervas para a bibliotecaria colocar em seus machucados" e pega um pequeno embrulho e coloca no bolso de seu terno e seque para a entrada do castelo e seque levando se maço se cigarros e fumando um pelo caminho até a entrada.

14 Re: Casa do Jardineiro em Seg Dez 27, 2010 6:02 pm

Marcio Cristopher Winne

avatar
Pequenos ocorridos: Isso acontece um dia após a festa do inicio das aulas e dois dias apos o natal ! ( sim e um pequeno relato) (ads qualquer erro por favor podem apagar se acharem inapropriado ^^ )

Infelismente não conssigo entregar as ervas a sehorita dharana e acabo indo para minha casa , penssaando sobre o trabalho que teria no jardim e que seria muito interessante passo os dias no basico simplesmente podando e conehcendo o local melhor , com muitas vontades de ir a biblioteca mais acabei me enterrando no trabalho literalamente ( lol), bom veespera de natal mesmo na gostando muito da data achei interessante experimentar comemorar memso que ficando sozinho em minha cabana enviei algumas corujas a alguns parentes e meu mestre de kenjutsu , acabei escrevendo mais uma carata a uma pessoa mais achei melhor nao entrega-la ainda quem sabe no proximo ano. Tentei fazer o maximo possivel no Jardim para fazer uma bela arvore de natal no meio dele, usei um pouco de magia numa arvore nova ainda para que crescesse rapido e pus alguns enfeites pequei pedaços de tronco ja cortados meio que em forma de cubo e os enbrulhei para da um ar de presentes abaixo da arvore e como não podia faltar em alguns bancos achei apropriado colocar alguns viscos acima deles e alguns na arvore também deu algum trablaho mais estava la para isso mesmo. Comprei presentes para os elfos e entreguei pessoalmente agradeçendo pelo bom trabalho e por sempre me ajudarem.

15 Re: Casa do Jardineiro em Qui Jan 06, 2011 1:46 pm

Marcio Cristopher Winne

avatar
Volto da biblioteca abro a porta e no chao encontro um evelope , leio e vejo que e aniversario do diretor e que seria a fantasia. Bom mando uma coruja a casa de meus pais e pesso que me enviem a minha fantasia de bombeiro. E encomendo um livro tambem dos mundos dos trouxas para dar a ele de presente. O Xango de backstreet.

A noite retorno aqui e me arrumo e vou para a festa com a fantasia de bombeiro e o presente dele na mão.

( Continua na festa do diretor na sala precisa. )

16 Re: Casa do Jardineiro em Sab Jan 15, 2011 7:58 pm

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
makie era guiada pelo jardineiro ate a csa, la, logo de cara se deparou com a cerejeira, e seus olhos gradativemente encheram de lagrimas, a saudade apertou no peito, e entao a meina, disfearcadamente, enxugou os olhos seguindo o caminho

- tomaremos chá aqui , embaixo dela?

seus olhinho brilhavam de felicidade, quase como um filhote pedindo um afago, enquanto olhava para o jardineiro

17 Re: Casa do Jardineiro em Sab Jan 15, 2011 8:17 pm

Marcio Cristopher Winne

avatar
Eu olho pra ela vejo que ela ficou emocionada.

Hmmmm. Por que não vou so preparalo mesmo como disse fique a vontade eu tenho que trabalhar mais acho que da tempo para beber um cha.

Puxo uma cadeira na mesa para que ela fique confortavel e vou para o forno coloca a agua para esquentar e pego algumas ervas no armario, ajeito a chaleira e duas xicarasa para bebermos e sirvo a ela


Aqui pegue cuidado esta quente, fica a vontade para colocar açucar se quiser.

Olho novamente para ela.

Me diga por quer queres ficar sozinha, esta com dificuldades em se enturmar ?

18 Re: Casa do Jardineiro em Dom Jan 16, 2011 11:02 pm

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
makie sorri gentilmente ao ser servida com uma boa xícara de chá quente, seus dedinhos tatearam calmamente ate esta completamente adaptada a temperatura, por fim, segurou a xícara com ambas as mão e então calmamente assoprou o liquido para que este resfriasse mais rapidamente, o suficiente para não lhe queimar. em seguida inalou o aroma daquela mistura de ervas e cuidadosamente bebericou o liquido, provando de seu sabor.

Me diga por quer queres ficar sozinha, esta com dificuldades em se enturmar ?

um pouco encabulada com aquilo, a menina depositou a xícara sobre a mesa, respirou fundo e então respondeu

- nem tanto, com alguns alunos é mais facil de me enturmar, demo.... sinto saudades de casa, é estranho e dificil, se ver longe de todos e de tudo.. parece... parece que apenas quererm te afastar do convivio deles, como se não gostassem mais de mim..

a pequena voltou a segurar a xícar de maneira elegante e com ambas as mão

- mas, estou enganada, não estou?

19 Re: Casa do Jardineiro em Sex Fev 11, 2011 2:15 pm

Marcio Cristopher Winne

avatar
Escuto ela calmamente, e quando ela termina de falr dou um leve sorriso e começo a falar.

Bom Makie e normal sentir falta de casa quando se está longe, bem sobre eles quererm você longe creio que não, eles te colocaram aqui para estudar entáo eles querem o melhor de você e estudar em uma escola sempre me apreceu melhor, bem eu sempre quiz vir para escola de magia , minha mae e que me enssinou tudo que sei, ela que foi minha tutora e as vezes era um inferno, e nao tinha muitas pessoas com quem converssar sobre magia.

Não se preocupe a mesma saudade que você sente de seus pais eles também sentem de você, pode acreditar nisso.


Após falar começo a servir um pouco mais de cha e levanto para ela , como se estive-se pergunta quer mais.

20 Re: Casa do Jardineiro em Sex Fev 11, 2011 3:00 pm

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
meu peito estava vazio, talvez pela falta de algo que eu sentia em minha cidade natal, talvez o problema naõ fosse de fato saudades da minha familia, talvez fosse saudades de meus amigos, e principalmente da sumomo, que não podia ficar com ela

~sumomo...

segurei com delicaddeza a xícara com a ponta dos dedos, o lóquido estava quente e de fato encomodava um pouco a temperatura, mas assim que suspirei, toquei a xícara com a outra mão e então envolvi o recipiente com ambas as mãos, deixando que seu calor fluisse para meu corpo, e quem sabe, aquecer meu coração neste dia "frio" para mim, por alguns instantes encarei o liquido vendo a lumaça que preguiçosamente subia, meus olhos pareciam hipnotizados por aquela dança magestosa, porém respirei fundo e bebi todo o chá numa unica golada, sentindo minha lingua inteira queimar, então involuntariamente fiz uma careta de dor, principalmente quando sentia o liquido quente passando por meu interior, me fazendo queimar por dentro, meus olhos se encheram de lagrimas enquanto colocava as mãos sobre minha boca e minhas pernas se encolhiam, até que a dor passasse e me recostasse fatigada na cadeira, de fato, não havia feito uma boa escolha, soltei um longo suspiro e por fim me levantei e me curvei perante a um novo conhecido

- arigatou jardineiro-san, demo, esta na hora de voltar para minha casa... não é bom tom ver uma menina comprometida na casa de um homem sozinhos

ela en~tao se dirigiu aporta esperando que esta fosse aberta

- sarabada, senhor dardineiro

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum