Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Castelo Vivaldi

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1 Re: Castelo Vivaldi em Seg Abr 20, 2009 8:28 pm

Jack Lennox Vivaldi

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Um dia antes de Jack ir para a casa de Charlotte.

~ "Onde estou?" ~

"Pensou Jack... Tudo estava escuro e um barulho, de algo se arrastando acelerava o coração do lufano...
Jack bate em suas roupas, procurando algo... Encosta em alguma coisa... Sua varinha... Saca-a rapidamente e aponta para sua frente gritando:

- LUMUS!

Uma luz forte sai de sua varinha... Mas a luz então revelou algo que Jack não queria ter visto... Um ser indistinguivel, cheio de braços, olhos e dentes... Era enorme... Segurava todos seus amigos, seus pais, seus tios, seus professores... e todos estavam desacordados...

Jack grita, grita e grita... Mas ninguem parece ouvi-lo... Jack aponta a varinha em direção ao monstro... Passa em sua cabeça todos os feitiços que a escola, seus pais, e seus seguranças ensinaram, o que poderia deter aquilo? Talvez o Flipendo em algum de seus braços fizesse ele soltar algum dos presos... Jack corre em direção ao monstro gigante e aponta a varinha para ele... Um, dois, três, quatro... Quatro flipendos disparados... O primeiro acertou o braço que segurava Grazy, o segundo o que segurava Marina, o terceiro o que segurava charlotte e o quarto o que segurava seu pai... O monstro solta cada um deles, provavelmente por causa da dor causada pelo feitiço de empurrar... Jack usa toda a sua força e rapidez para usar o wingardiun Leviosa para amortecer a queda dos quatro e traze-los para perto... Usa então o feitiço enervate, ensinado por um de seus seguranças, alegando que se algo acontecesse a ele Jack poderia acorda-lo... Todos abrem os olhos e começam a recobrar os sentidos... Jack só espera que seu pai levante, manda-o pegar sua varinha e vão em direção ao monstro... Com a fúria Jack acaba chegando perto demais do monstro, e este solta um berro horrivel... Jack olha para cima e vê um enorme tentáculo despencando em sua cabeça... Jack fica paralizado... A única coisa que consegue fazer é olhar para as garotas que havia salvo, para seu pai e abaixar a cabeça... Uma luz muito forte cega-o, e ele não sente mais nada..."

Jack acorda com um pulo de sua cama... A respiração ofegante... Os lençois molhados... Ele olha para os lados desesperado e sai correndo, somente com uma cueca boxer preta pelos corredores.. Os pés descalços e molhados pelo suor frio que saia dos poros do garoto, correndo sobre o fofo piso de lã, deixavam o coraçãod e Jack cada vez mais acelerado, pois não podia ouvir seus próprios passos... Jack entra no quarto de seus pais abrindo a porta com violência... Os dois levantam-se assustados e olham para aquele garoto semi-nu, encharcado de suor e tremulo... Os dois vão ao encontro do filho... E Jack diz, em um sussurro...

- Meu pesadelo voltou... Ele está perto...

Os pais de Jack se entreolham e abraçam o garoto...


No dia seguinte Jack, apesar de conversar com seus pais, e eles não gostarem muito da ideia, encaminha-se até a casa de Charlotte...

2 Re: Castelo Vivaldi em Sex Abr 24, 2009 8:27 pm

Jack Lennox Vivaldi

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Noite de natal.


O grande salão de festas estava totalmente decorado para o jantar de natal... Sob uma árvore enorme, colocada no meio do salão, estavam alguns embrulhos variados, de tamanhos e cores diferentes. Mas a mesa não estava totalmente colocada... Das 36 cadeiras, dispostas igualmente pela longa estensão da mesa, só cinco estavam ocupadas.

Charlie Lennox Vivaldi estava sentado, como sempre, na cadeira que encontrava-se na ponta da mesa. O auror já havia estabelecido que o natal deveria ser passado com a família, permitindo a presença de convidados, que não se faziam presentes no natal deste ano. Este ano a mesa só era ocupada por cinco pessoas, os Lennox, Charlie, Elisa, Jack e Eloisa, e o padrinho de Jack e Eloisa, James Portland, Médico chefe da ala de maldições do hospital saint mungus... Jack estava sentado ao lado de seu padrinho, e sua mãe do lado da filha... Os empregados já haviam sido dispensados, e os cinco só estavam esperando o relógio dar meia-noite. Todos sorriam um para o outro...

Jack, disfarçadamente, tenta pegar uma batata frita que esta na mesa, mas seu pai encara-o...


- Não está pensando em comer antes da meia-noite né senhor Jack Lennox?

Jack faz uma careta para o pai, que sorri... Todos olham para o grande relógio, em cima da lareira... Faltavam somente cinco minutos para meia-noite. Todos olhavam para o relógio.

Jack sentiu uma pequena dor de cabeça e voltou a atenção para a janela a mais ou menos 15 metros da lareira...





________________________



Charlie Lennox Vivaldi (Gerard Butler)





Elisa Lennox Vivaldi (Kate Beckinsale)





Eloisa Lennox Vivaldi (Saoirse Ronan)





James Portland (Luka Kovac)



Última edição por Jack Lennox Vivaldi em Sab Abr 25, 2009 2:06 am, editado 1 vez(es)

3 Re: Castelo Vivaldi em Sex Abr 24, 2009 8:59 pm

Administrador

avatar
O natal chegou, e com ele, veio uma coruja com uma carta do Ministério.



Sr e Sra Vivaldi,

Precisamos de seus serviços urgentemente. Segue em anexo os dados e a denúncia.

Feliz Natal.

Atenciosamente,

Hannah Hannah Tannya Lox
Subsecretaria de Plantões em Feriados Prolongados

Atrás da carta em pergaminho, havia mais um pergaminho com os dados do caso.


Data: 25/12
Horário: 00:08
Nº do Caso: 11.569-05
Nome do requerente: Nanami Takeku
Crime: Furto - diminuição considerável do patrimônio cultural de Hogwarts.
Objeto do crime: Chapéu Seletor.
Requerimento: Comparecimento de uma equipe de aurores na escola, de imediato.

http://incantatem.forumeiros.com

4 Re: Castelo Vivaldi em Sex Abr 24, 2009 9:52 pm

Jack Lennox Vivaldi

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Então... Já era natal... Literalmente... Chalie e Elisa levantam-se quase que ao mesmo tempo que Jack, que sobe correndo as escadas em direção ao seu quarto... Charlie aproxima-se de um quadro onde encontra-se um senhor magro, de cabelos brancos, vestido com um smoking, enquanto Elisa ia pelo mesmo caminho de Jack... Charlie fal para o quadro.

- Senhor Barry... Por favor, queira avisar para o senhor Stevie Masters venha imediatamente pra cá, preparado para uma investigação... Obrigado

O homem do quadro fez uma pequena reverência e saiu da pintura... Eloisa olha para seu pai e diz com uma voz melódica.

- Mas papai...

- Sem mas Eloisa... Temos de ir... James cuidará de você... Coma e abra seus presentes... Eu te amo...

Charlie beija a testa de Eloisa e dá um forte abraço nela...

- ELISA! Precisamos ir!

Elisa aparece no salão, Jack segue a mãe, estava vestido com uma blusa de frio e com uma mochila nas costas...

- Onde pensa que vai rapaizinho? Elisa!

Disse ao ver a cara de Jack... Elisa só deu de ombros... Jack iria, nem que fosse sozinho...

As chamas da lareira se intensificaram e transformaram-se em verdes... Um homem sai apressado e a de encontro a Charlie


- Charlie, Elisa, Jack, Eloisa, James... Olá a todos... Charlie... Estou aqui... do que se trata?

Charlie entrega a carta para Stevie, que lê rapidamente e devolve-a...

Todos se enfileram na frente da lareira... Charlie, Elisa, Stevie e Jack, nesta ordem entram nas chamas, jogando pó de flu e dizendo o nome da escola de magia e bruxaria... Hogwarts...

Todos somem nas chamas, enquanto James colocava um pouco da lasanha no prato de Eloisa...

O natal deste ano parecia prometer...



_______________________



Stevie Masters (Johnny Deep)

5 Re: Castelo Vivaldi em Sex Jul 03, 2009 7:25 pm

Jack Lennox Vivaldi

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
FESTA DO MINISTÉRIO!!!

Este post é atemporal, e acontece entre o final do ano letivo passado e o início desse ano letivo, após a divisão de ligas.



O castelo Vivaldi, apesar de toda a elegância que tinha, estava ainda mais lindo e enfeitado para a festa ministerial que aconteceria naquele dia... Já eram quatro horas da manhã, e tudo estava pronto...

O Salão do castelo estava totalmente decorado de prata e preto... Toda aquela combinação era extremamente perfeita...

Nos convites informaram que o traje era de gala...

A grande mesa da família estava forrada com as cores da festa e repleta de quitutes da elite... Doces e salgados feitos pelos melhores mestres eram servidos, assim como vinho de uma ótima safra e refrigerantes trouxas...

Charlie andava de um lado para o outro sorridente, vestia um smoking longo de veludo vinho com desenhos quase impercepitiveis pretos, sapatos combinando... O smoking continha detalhes em dourado e prata, o que chamava muita atenção para a beleza do senhor Vivaldi...

Elisa estava deslumbrante, com um vestido prateado feito por um estilista irlandês... Totalmente perfeito... Ela andava a procura de algo para passar o tempo...

James Portland, padrinho de Jack e Eloisa, conversava alegremente com Stevie Masters... James vestia um terno preto, basico... Stevie já estava comendo um salgado, usava um sobre-tudo preto que atraia uma atenção maior da que o auror queria...

Eloisa estava sentada, ao lado de Jack, a cara da garota mostrava o tédio que sentia... Ela vestia um lindo vestido vermelho e prateado...

Jack estava vestindo um terno azul escuro com desenhos pretos imperceptiveis a desatentos... Tambem era de veludo... Jack estava querendo que começasse logo, para ver os amigos...

A banda que tocaria música classica já estava no palco, e Jack comia um brigadeirão...



A FESTA COMEÇA AS 10:00 AM


_________________
"Um homem tem de amar a paz, mas se não conseguir lutar com todas as suas forças, nunca terá paz...".

6 Re: Castelo Vivaldi em Seg Jul 06, 2009 9:45 pm

Rei Yami

avatar
Grifinória
Grifinória
O dia nascia e antes que o despertador tocasse,Rei já estava de pé a frente do espelho de seu quarto.
A varinha em seu punho estava enristada firmente e apontada contra o próprio reflexo,e Rei somente desviara o olhar dele quando o aparelho trouxa enfim tocou.dois passos venceram a distância até ele e um rápido toque de sua mão o desligou.
Sua mente ainda vislumbrava as recordações de hogwarts,seu fracasso mais recente,e seu senso de superioridade quase fora superado,exceto por saber que a decisão de ficar na enfermaria quase um ano inteiro e deixar seus estudos,colegas e anseios de lado apenas para ficar ao lado de uma garota que parecia sequer nota-lo fora um desejo seu.
Sua mãe,com certeza ficara decepcionada,mas compreendeu o filho assim que soube de tudo,ela mais do que muitos conhecia o garoto e sabia que diferente da maioria,aquilo não o enfraqueceria,mas o contrário.
Rei se dirige ao banheiro de dentro do seu quarto,e toma um banho demorado,deixando a água fria levar as lembranças,depois se veste para o que seria um longo dia e desce para a sala,encontrando sua mãe já tomando o café.
-bom dia Rei.dormiu bem acredito.
A voz de sua mãe sempre era macia e sempre parecia revelar algo,embora Rei nunca conseguisse decifrar o que seria.
-infelizmente dormi sim,querida mãe.
mas acordei cedo,precisava aperfeiçoar minha postura e tom de voz,além da pronuncia.
tenho um ano inteiro para recuperar.

O amargor daquelas palavras subiam a garganta de Rei deixando-o agoniado,mas o jovem já se sentara e as removia com um copo de suco de amora.
-filho,mais a noite teremos que comparecer a uma festa do ministério.
normalmente eu não o pediria que comparecesse,mas dessa vez creio que deve...

A frase de Samire é interrompida pela entrada de Klausther no recinto.sempre sério,o pai de Rei se assenta e como se estivesse sempre ali continua a frase de sua esposa.
-afinal sua reprovação o deixou tenso e isso pode prejudicar suas esperiências futuras.
Klauster se cala,e toma um gole longo de café.
-tudo bem,comparecerei como querem.mas não asseguro que serei uma boa companhia.
Rei se levanta.
-agora vou lá pra fora.
Rei sai e passa o dia no parque,eventualmente treinando a postura da varinha,utilizando galhos retorcidos que recolhia no chão.
Uma garota trouxa se aproximara e o observara por algum tempo,curiosa e calada.mas Rei sequer lhe dera atenção,apenas continuou.
Assim o dia se passou e a noite chegou.
Rei se arrumara,mas não com muita pompa,preferindo algo simples

Seus pais estranharam,mas não discutiam o comportamento do filho,no fundo podiam entender o que ele passava.eles o haviam criado como um rei e um rei sempre fazia o que achava melhor.talvez fosse um erro,mas assim eram as coisas.
A chegada no castelo vivaldi foi pouca coisa fora do comum,e logo Rei se desgarrara de seus pais indo ver se algum conhecido teria comparecido ali também.

7 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 07, 2009 10:48 am

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert estava na cozinha tomando seu café da mãe como fazia todos os dias já que dificilmente quando estava em Hogwarts mau chegava perto do sslão principal para tomar o café da manhã, ele se levanta e se dirige a pia quando avista seu falcão vindo até ele Robert rapidamente abre a janela para que a ave pude-se entrar ela pousa no peitoril da janela.

-O que foi garoto o que é isso?

Robert tira uma carta que estava presa na perna da ave a carta continha na frente um celo do ministério, Robert pega a carta e vai até o quarto de seus pais entregar a carta.


-Mãe, Pai essa carta acabou de chegar é do ministério.
-Do Ministério?

Richard já vestido para ir trabalhar pega a carta e começa a ler.

-Olha só o ministério ta promovendo uma festa de reencontro de ex trabalhadores do Ministério da Magia e trabalhadores atuais.
-E a gente vai?
-Claro que sim meu filho não posso recusar a um convite desse afinal tenho alguns amigos que eu estou com muita vontade de revelos e essa é uma grande oportunidade, agora eu tenho que ir para o ministério vou chegar mais cedo já fiquem prontos ok?
-Tudo bem, o pai onde vai ser essa festa?
-Vai ser no castelo Vivaldi, fui até mais tarde tchau meu bem

Richard se despede da esposa e de Robert.

-Vivaldi?
-O que foi Robert algum problema?
-Não é nada mãe é só que eu conheço os Vivaldi ou melhor o filho deles, bom eu vou arrumar a minha roupa.

Robert sai do quarto deixando sua mãe sozinha ele se dirige aos seus aposentos e organiza a roupa que vai usar na festa.


algumas horas depois Richard chega do trabalho e se arruma, eles partem para o castelo Vivaldi ao chegarem Robert fica maravilhado com o lugar.


-Carabam que castelo é esse? Ta certo que o castelo da minha família é grande mas nem se compara a esse.

-Realmente os Vivaldi tem um bom gosto.

Ao entrarem no castelo Robert começa a procurar outros colegas, ele dá uma boa olhada em todo o salão.

-----------------------------------------------------------------------------------------
NARRAÇÃO
FALAS DE ROBERT
FALAS DE RICHARD
FALAS DE SARA
-----------------------------------------------------------------------------------------

8 Re: Castelo Vivaldi em Qua Jul 08, 2009 4:16 pm

Aretha Mist

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Fala da professora.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”
~~~~ OFF ~~~~




A festa do Ministério ocorreria durante o dia e, como os trajes requeridos eram de gala, Aretha optou por um misto: maquiagem mais firme e um vestido leve, escuro e longo, com detalhes dourados pelo bojo e alças finas. O penteado era simples, os cabelos amarrados para trás e o perfume que ela emanava era doce.



Mais um ano se passou e, novamente, mais um ano eles estavam ali, na festa anual do ministério. Aquilo era praticamente um tradicional ritual dos quatro amigos: Agatha, Amadeo, Aretha e Kaileena, o famoso “3AK” (pronuncia-se Three Ei Kei) de Hogwarts. Bom, talvez nem tão famoso... E talvez aquele ritual nem tivesse mais as forças místicas da amizade que anteriormente ligavam aquelas quatro pessoas. Pelo menos, não para Aretha. E principalmente depois do que acontecera com Hogwarts no ano letivo passado.

Depois que se formaram, aquela festa era o ponto de encontro anual dos quatro amigos, um encontro irrecusável e de participação obrigatória, pois aqueles quatro juraram amizade eterna e, para manter isso, era necessário um mínimo de convivência. Geralmente a festa era um grande churrasco com muita comida, bebida, conversa boa e, é claro, fofocas ministeriais quentinhas e, neste ano, Aretha estava dispopsta a comer muita carne. Na realidade, ela tinha era vontade de fazer churrasquinho de algumas pessoas ali naquela reunião anual... Para ela, o grupo agora se chamava “2AK”.

Ela chegou desacompanhada do namorado, havia pedido para ele encontrá-la por lá, pois precisava se recompor e se acalmar para a ocasião, mas ela estava muito bem. O sol reluzia em sua pele bem tratada pelo hidratante mais poderoso do universo: o amor. Sim, Aretha estava apaixonada por Amadeo, perdidamente apaixonada e, a cada passo que dava, percebia-se a leveza do seu caminhar. Era tudo reflexo do amor entre os dois, que havia começado no casamento de... Agatha.

Aretha franze o cenho. Ela esperava sinceramente não ver aquela traidora naquela festa... Não suportaria nem olhar para a cara dela.

Educadamente, Aretha cumprimenta os anfitriões, lhe dando os parabéns pela decoração do castelo. Estava mesmo muito lindo! Assim como o pequeno filhote deles, Jack Vivaldi, que, como sempre, crescia muito: sempre fora muito alto para sua idade.

Aretha caminha até o garoto e lhe dá um abraço carinhoso. Ele era lufano antes daquela besteira toda acontecer em Hogwarts, mas Aretha nunca se esqueceria de seus lufanos do coração.


- Oi meu querido!! Tudo bem com você? - ela ajeita o cabelo de Jack, num movimento maternal. - Nossa! Estamos só no meio das férias e olha como você já cresceu!! Tudo bem?

Aretha tinha os olhos começando a lacrimejar... Mas preferiu não comentar. Apenas passou o polegar sobre o rosto do garoto, acariciando-o como uma mãe orgulhosa de seu bebê. Pelo menos aquele lufano iria para a tal liga ministerial... A preocupação de Aretha agora era com os outros alunos: completamente jogados do outro lado da escola, excluídos.

Aretha iria conversar com Jack enquanto aguardava a chegada de Amadeo.

http://www.incantatem.forumeiros.com

9 Re: Castelo Vivaldi em Qua Jul 08, 2009 5:19 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Enquanto Robert olhava o lugar sua mãe segurava levemente sua mão.

-Vem Robert vamos cumprimentar o senhor e a senhora Vivaldi.-Claro mãe

Eles se aproximavam dos Vivaldi sutilmente Robert observa a professora Aretha cumprimentá-los assim que ela sai os Boron se aproximam.

-Senhor e senhora Vivaldi prazer sou Richard Boron, essa a minha esposa Sara Boron e esse é meu filho Robert de Boron.
-Devo dizer que seu castelo é encantador senhores Vivaldi.
-Concerteza.

Robert cumprimenta os senhores Vivaldi e o filho deles Jack Lennox Vivaldi

-Olha deve ter custado uma grana
-Robert
-O que foi só disse a verdade, tem algum problema em dizer a verdade
-Robert por favor se comporta, desculpem meu filho por favor sabe como são as crianças.
-Pai eu posso ir la fora um pouco?
-Claro que sim Robert só, por favor, não vai se sujar tudo bem?
-Ok, senhor e senhora Vivaldi com Licença.

Robert se vira e vai em direção a porta de saída do castelo, deixando seus pais conversando com os senhores Vivaldi.


------------------------------------------
NARRAÇÃO
FALAS DE SARA
FALAS DE ROBERT
FALAS DE RICHARD

10 Re: Castelo Vivaldi em Qua Jul 08, 2009 6:54 pm

Amadeo Giaccorin


Não demorou muito. Nem mesmo deu 2 minutos após a chegada de Aretha, e logo Amadeo surgia no local também. Estava muito bem vestido, mesmo sem estar usando uma gravata para combinar com o terno negro.



Como sempre estava sorridente e exalando aquele típico charme masculino que só ele possuia, aquele charme nem chegava a ser proposital, era acidental. Mesmo quando tentava ser bobo e infantil, ele não deixava de ser aquele homem com H maiúsculo.

Vendo que sua mais nova namorada, Aretha, a única mulher em sua vida que havia verdadeiramente conseguido conquistar seu coração, a mulher que fora sua paixão platônica por tantos anos e que agora havia se tornado uma paixão verdadeira, estava de costas, falando com um dos alunos. Sorrindo largamente, ele aproxima-se, tocando-lhe a cintura de leve.

- Olá, minha dama do dia e da noite...

Caso Aretha se voltasse para ele como esperado, ele a abraçaria e a beijaria por alguns instantes, mas sem agarrá-la diante de todos, era um beijo apaixonado mas ainda assim educado, apenas a segurando pela cintura e tocando os lábios dela com os seus por alguns instantes. Por fim, voltava-se para o aluno com quem ela falava, ainda a sorrir.

- Bom dia, meu jovem...

11 Re: Castelo Vivaldi em Qua Jul 08, 2009 10:50 pm

Agatha L. Wise

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
-Fred não importa a festa é de gala, mas não enfia um smokin, não me envergonha, é dia não sei o que deu naqueles loucos de usar gala durante o dia!

- Deve ter um motivo! Ah, Agatha, que seja!!! Que saco!! Mas eu te aviso, hein... Se chegarmos lá e for uma maldita tenda escura, eu volto pra casa na hora!!!

- Ah Frederic então eu to rezando para ser porque eu detesto a idéia de me misturar com o cretino do teu irmão!

Agatha já não estava com um pingo de paciência com Wise, enquanto arrumava sua gravata em um nó descente, e ter de ir naquela festa não a agradava absolutamente nada! Gritara com o marido, passara o inicio das férias brigando com o mesmo e quase tirou férias do cargo de esposa de um Wise ou acabaria nos noticiários como assassina. Não se falavam a não ser os berros e ela fazia questão de as vezes arrestar Bella para longe assim que possível para castigar o fantoche do marido.

Ela já estava pronta, um vestido negro na altura do joelho, o mesmo lembrava bastante um espartilho na parte de cima, fitas negras e grossas se entrelaçavam o vestido e marcavam mais claramente as curvas do corpo de Agatha o deixando ainda mais lindo.



Agatha entrava louca para ver logo seus amigos, louca para encontrar Kaileena que já estava no ultimo mês de gestação e lhe falar sobre o presente que havia comprado para sua filhinha, alem das idéias novas que tivera para o novo ano e que precisaria de sua ajuda. Belamente ela entrava do lado do marido já vendo o novo casal que se formou em sua turminha antiga. Porem a sua preocupação era grande em saber que Aretha não respondia nenhuma de suas corujas, precisava dela tinha de falar com ela e a amiga simplesmente a ingonrara.

Ela então pediu licença a Wise e lhe entregou Bella nos braços seguindo ate o casal de amigos ela sorria educada para Amadeo e se virava para Jack sem dar muito tempo.

-Ola meu caro, bela festa, mas me permita roubar meus amigos.

Ela Fez o comentário mas seu sangue de cobrinha Sonserina internamente falava mais alto imaginando o quão brega era a escolha de trajes de gala para festa durante o dia e o brigadeiro que Jack saboreava, chocolate era delicioso mas brigadeiro era para festa de criancinhas. Agatha se virou então e passou o braço no dos dois os arrastando para fora, conhecia Aretha, se ela não respondeu suas corujas com certeza não tinha algo bom nisso tudo e ela já imaginava o que era. Ela os levou para um lugar discreto onde não seriam tão observados ou incomodados e falou seria.

-Desculpa atrapalhar o namoro de vocês Amadeo, mas eu tenho um assunto serio para com a Aretha... Porque você não respondeu minhas corujas Aretha ao menos as leu?



A pequena Bella estava arrumadinha belamente em um vestidinho branco cheio de babadinhos e rodadinho, com fitas de cetim lassinhos tudo que mais a fazia parecer uma verdadeira princesinha. Nos cabelinhos negros, agora muito mais cheios, estava uma fitinha de cetim vermelhinha que dava um toque de vida ao branco da roupinha da menina e reafirmava o apelido que a mãe lhe dera. A pequenininha Branca de Neve.



Agatha entrava louca para ver logo seus amigos, louca para encontrar Kaileena que já estava no ultimo mês de gestação e lhe falar sobre o presente que havia comprado para sua filhinha, alem das idéias novas que tivera para o novo ano e que precisaria de sua ajuda. Belamente ela entrava do lado do marido já vendo o novo casal que se formou em sua turminha antiga. Porem a sua preocupação era grande em saber que Aretha não respondia nenhuma de suas corujas, precisava dela tinha de falar com ela e a amiga simplesmente a ingonrara.

Ela então pediu licença a Wise e lhe entregou Bella nos braços seguindo ate o casal de amigos ela sorria educada para Amadeo e se virava para Jack sem dar muito tempo.

-Ola meu caro, bela festa, mas me permita roubar meus amigos.

Ela Fez o comentário mas seu sangue de cobrinha Sonserina internamente falava mais alto imaginando o quão brega era a escolha de trajes de gala para festa durante o dia e o brigadeiro que Jack saboreava, chocolate era delicioso mas brigadeiro era para festa de criancinhas. Agatha se virou então e passou o braço no dos dois os arrastando para fora, conhecia Aretha, se ela não respondeu suas corujas com certeza não tinha algo bom nisso tudo e ela já imaginava o que era. Ela os levou para um lugar discreto onde não seriam tão observados ou incomodados e falou seria.

-Desculpa atrapalhar o namoro de vocês Amadeo, mas eu tenho um assunto serio para com a Aretha... Porque você não respondeu minhas corujas Aretha ao menos as leu?

12 Re: Castelo Vivaldi em Sex Jul 10, 2009 4:56 am

Jack Lennox Vivaldi

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Jack iria falar com a professora quando derrepente Aretha entra na frente e toma os dois... Jack balança a cabeça negativamente e então ele olha para os pais que conversavam animadamente com os pais de Robert... Jack então sai de perto da mesa de doces para as crianças e vai até o padrinho e Stevie...

- Vamo lá fora?

O padrinho de Jack disse que iria falar com Charlie para resolver a abertura da festa, mas Stevie aceitou prontamente... Jack e o auror foram para o lado de fora do castelo, logo a festa começaria e teriam de entrar novamente para a grande abertura da festa que seu pai havia preparado... Lá fora estava Robert de boron, Jack nunca havia conversado muito com ele, mas chegou animadamente, depois de tirar o paletó que usava e colocar no braço...

- E ae Robert! beleza? Esse é Stevie Masters, trabalha com meu pai... Esse cara é um dos aurores mais poderosos e respeitados do ministério... Só que é quietão... Parece um morto...

Stevie só olhou para Jack por cima dos óculos e sorriu... Jack cutucou o auror com força, mas ele nem se mecheu... A teoria de que Stevie era mortão ainda estava funcionando...


_________________
"Um homem tem de amar a paz, mas se não conseguir lutar com todas as suas forças, nunca terá paz...".

13 Re: Castelo Vivaldi em Seg Jul 13, 2009 9:50 am

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert estava um pouco destraido olhando o lugar e não percebe a aproximação de Jacka até o mesmo falar com ele

- E ae Robert! beleza? Esse é Stevie Masters, trabalha com meu pai... Esse cara é um dos aurores mais poderosos e respeitados do ministério... Só que é quietão... Parece um morto...

-Tudo bem Jack belo lugar esse.


Robert olha o senhor que estava ao lado de Jack sua aparencia não era a das mais animadoras da festas pelo menos para Robert.


-Muito prazer senho Masters, eu já ouvi meu pai falar grandes coisas sobre o senhor um auror excepcional pelo o que ele me disse deve estar muito orgulhoso não é sempre que um bruxo ou um auror tem toda essa "fama" se é assim que poço dizer e você Jack por que veio pra fora? Já sei a festa esta chata, eu sei bem o que é isso já fui muito em festas assim quando morava no "mundo do trouxa" eu sempre ia em festas assim, pra mim é um porre se é que eu poço dizer, quando viemos morar no mundo bruxo o numero de festas diminuiu bastante.

Robert tira o bleizer e o coloca no ombro.

-Deve ter orgulho dos seus pais parecem ser pessoas muito amorosas com você, não é mesmo?

14 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 14, 2009 2:56 am

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
A ansiedade de ver os restantes dos amigos fez com que Charlotte nem pensasse na hipótese de recusar o convite de Jack, esmo que ainda estivesse com aquela conversa de separação de ligas entalada na garganta, ela chegou com um motorista na imensa propriedade dos Lennox... Nunca havia imaginado que ele morasse em um castelo de verdade, era algo absurdo demais para uma pessoa tão normal quanto ele.

Ela desceu elegantemente do carro trajando um vestido preto e simples, o único detalhe que lhe conferia um toque de sofisticação era o decote nas costas, enfeitado por pérolas e pedrarias nas laterais... O cabelo era preso em um coque meio solto deixando-a com uma aparência natural do dia-a-dia e sem nenhuma maquiagem pesada.



O salão da festa estava muito bem decorado em cores contrastantes, e uma música calma e agradável enchia o ambiente... Quase dava pra se esquecer que estavam entre os abutres... Em um canto da festa viu os professores, acenou para eles mais nem todos viram, e ao fundo Rei Yami, seu antigo companheiro de armada estava lá... Deu um aceno sorrindo de leve pra ele e foi atrás de algum conhecido.

Sua cabeça rodava só de imaginar como seria a confusão quando voltasse para Hogwarts, queria que aquele ministro virasse comida pra peixe por ter tido a infeliz idéia de chamar o seu grupo de ovelha... Francamente, com tanto animal nesse mudo, não tinha outro menos imbecil não? Um garçom passou com uma bandeja e ela pegou uma taça com água gelada e sentou-se em uma mesa no meio do salão.

15 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 14, 2009 9:53 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
A festa no castelo Vivaldi.

Lord e Lady Xyeetnuut, e seu primogênito chegam a nobre casa dos Vivaldi, sua filha mais nova não os acompanhou pois estava na casa de uma amiga na sempre agradável terra do Sol Nascente, procedimento também executado por ele no recesso de final de ano.

Sendo a festa formal e de dia, eles se vestiram de acordo, com os homens da família adornando o broxe com o brasão da casa dos Xyeetnuut, do lado esquerdo na parte superior do tórax.

Ctaaciug, já ostenta a sua pintura corporal, não compartilhada por seus pais devido a formalidade do encontro, e mesmo a dele só é perceptível nas pontas que surgem por além da ropua

Chegaram eles transmutados em fótons, seguindo a corrente da luz abundante pois a festa é de dia, viajar com estilo é uma arte e transmutação é o que manda.

O pai de Ctaaciug observa o ambiente e diz:


(Brad Pit)

-Bem, parece que vai ser uma boa festa.

Não compartilhando, a mesma esperança que seu marido, Lady Xyeetnuut diz:

(Natalia Vodianova)

-Acaba sendo uma reunião em trajes de gala, amor, como a cada ano.

-Filho tente encontrar seus amigos, nós vamos interagir com os presentes e pode ser enfadonho para ti.


E estende a mão esquerda para que ele a beije, e depois seu pai também faz o mesmo.

E fala.

-Apenas me entregue, as bombinhas encantadas que você escondeu no bolso, filho.

Com uma cara de descoberto, ele entrega o objeto, que seu pai transmuta em suave perfume.

Então ele sai em busca de rosto conhecidos, e diz:

-Oi Jack. Very Happy

16 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 14, 2009 11:49 am

Fayra Morrigan

avatar
Sonserina
Sonserina
Será que seria uma boa idéia? Ela não tinha certeza
mas a vontade de rever o rosto e fortalecer os laços fracos de amizade
fez com que Fayra fosse até a festa no Castelo Vivaldi,
o carro negro contorna o chafariz da entrada, estacionando em frente a porta principal.



Fayra respira fundo, e com um pouco de receio olha
para seu irmão que trazia uma feição serena no rosto.

Tem certeza... eu acho que não é uma boa idéia...mas..

Ela olha para fora e suspira...

Bom, vamos lá ...

a porta do carro se abre, e Fay desce antes de Lucian, ela trajava um vestido roxo e leve
as luzes do dia reluziam em sua pele e seu cabelo, contrastando ainda mais com o roxo
do vestido. Ela espera Lucian sair do carro, e sobe de mãos dadas com ela.


_________________

17 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 14, 2009 2:26 pm

Lucian Morrigan

avatar
Monitor
Monitor


Lucian olha para Fayra e sorri - Ué, cadê aquela menina chata, superautoconfiante e convencida que eu conheço ? - ele desce do carro segura as mãos de Fayra, e os dois entram na festa, estava tudo muito bonito, muito bem enfeitado, com cores claras, a música a um nível ambiente, relaxando o lugar, Lucian procura por seus amigos, logo o garçom passa, e ele fica em dúvida do que tomar.

Garçom, esse suco amarelo é de que ?

esse é de maracuja mocinho..

E esse ?

Esse é de cereja com acerola..

E assim Lucian fica a interrogar o garçom sobre cada suco na bandeja..

18 Re: Castelo Vivaldi em Qui Jul 23, 2009 9:05 pm

Aretha Mist

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Fala da professora.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”
~~~~ OFF ~~~~




Aretha estava achando estranho, quando se inclinou para abraçar seu querido aluno, ela bambeou e ficou tonta, mas logo se recompôs, escondendo tal fato. Não queria causar um escândalo na festa – várias velhotas recatadas estavam ali, a notícia iria se alastrar rapidamente e ela não queria que o Ministro soubesse que ela estava grávida. Não naquela festa. Não daquele jeito. A dúvida pairaria na cabeça dele e... Será que pesaria tanto quanto pesou na cabeça dela?

Enquanto paparicava seu aluno, ela é abraçada por Amadeo, que lhe dá um carinhoso beijo, correspondido com muito afeto por ela, respeitosamente, é claro.


- Meu italiano... Eu tenho algo pra te dizer - ela sorri e toca delicadamente com a ponta do dedo indicador na ponta do nariz de seu charmoso namorado - Sabe aquele dia em que...

De repente, Agatha, com uma falta de educação tremenda com os anfitriões, puxa Aretha sem nem sequer cumprimentar adequadamente a família Vivaldi. Aretha não espera Agatha levá-la para um canto, ela puxa seu braço para si mesma, soltando-se da amiga, e bufou tudo o que estava preso dentro de si, reclamou de tudo, ali mesmo, bem no meio de um monte de alunos de Hogwarts, entredentes, falava baixo e pausado, segurando a fúria:



- É incrível como você é falsa, Agatha. Você sabia o tempo todo o que aquele anão daquele seu marido ia fazer. Você não se lembra? Não se lembra do que juramos? Não se lembra do que devemos proteger? Você é uma vergonha a todos aqueles que um dia morreram por Hogwarts! E eu espero que você jamais olhe pra minha cara de novo, se é que você ainda tem algum respeito pelas pessoas que ainda gostam da escola, por pessoas que mantêm sua palavra. - Aretha começou a respirar com dificuldade e, trêmula, buscou a mão de seu amor, tateou o ar até que encontrou o pulso e, depois, a mão de Amadeo, subindo os dedos pelo braço do namorado até o ombro, apoiando-se ali, meio tonta. Aretha engole em seco, mas continua desabafando, falando ainda baixo, mas os alunos próximos podiam ouvir a discussão - Eu achei que você fosse diferente, mas você não é. Você é igualzinha a todos aqueles sonserinos de merda: fazem tudo para obter o que desejam. E você fez tudo. Abriu as pernas praquele canalha e traiu os seus três melhores amigos. E, para quê? Para consumar seu desejo de ter uma família? Pois a família que você construiu é completamente podre por dentro, Agatha. Agora você faz parte dos Wise... E é como eles: não vale nada.

Aretha estava quase cravando as unhas no ombro de Amadeo, tal era seu ódio. Ela não estava bem... Não conseguiu encarar a ex-amiga. Seu peito doía, e ela se arrependia amargamente de não terem feito o voto perpétuo quando podiam, quando ainda eram puros e tinham os mesmos desejos para o futuro.

http://www.incantatem.forumeiros.com

19 Re: Castelo Vivaldi em Qui Jul 23, 2009 9:40 pm

Agatha L. Wise

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Agatha manteve-se muda o tempo inteiro olhando no fundo dos olhos de Aretha. Ela respirava pausadamente engolindo cada uma daquelas palavras silenciosa e mortalmente gélida. Ela esperava por uma atitude totalmente emocional de Aretha, so esperava que ela fosse mais discreta. Agatha era uma sonserina mas não era como os outros como a amiga afirmava, ela somente suspirava dando um passo a frente e falando num tom baixíssimo e sem perder a classe.

-Primeiro, modere seu linguajar Aretha, pois sei bem a educação que você tem e não quer que eu fale sobre as mulheres dos Wise nessa rodinha agora, muito menos das antigas. Segundo eu sou uma Wise somente por um enlace nas minhas veias correm o sangue dos Lamberts e é isso que eu sou. Terceiro, como eu saberia de todos os planos do Fred e do irmão enquanto morria pra por a Bella no mundo e me manter viva depois disso. Quarto, minha palavra empenhada em meu dever ainda esta de pé. Aqueles que devem saber de minha determinação sabem Aretha e você sabe o quanto sou importante e que você ainda precisa e muito de mim agora. Deixe de ser uma emocional e pense como eu. Levantar uma guerra contra meu cunhado teria sido pior, pense em como eu daria murro em ponta de facas ao fazer isso. Aretha pense, pense antes de me acusar e analise a situação. Você não sabe os sacrifícios que já fiz e que estou fazendo para me acusar. Agora querida pense em suas acusações e me diga quem estava do lado do Ministro e poderia ter feito alguma coisa alem de ficar se enroscando como gata no cio em sua cama! Você também errou Aretha então não jogue pedras enquanto luto com as armas que possuo.

Agatha não mudou a expressão do rosto e encarava Aretha com firmeza.

20 Re: Castelo Vivaldi em Qui Jul 23, 2009 9:55 pm

Amadeo Giaccorin


Logo a namorada volta-se para ele, correspondendo a seus carinhos, e então ela começa a lhe dar alguma notícia... Algo que Amadeo, na verdade, já esperava. Quando ela fica tonta, logo o italiano segura-a pelo braço, ajudando-a a ficar de pé.

Agatha, no entanto, surge e interrompe a conversa. O diálogo que se segue entre as duas não é nada agradável, conforme Amadeo já esperava. Logo que os ânimos começam a se exaltar, no entanto, ele põe-se entre as duas, justamente para evitar qualquer problema que surgisse ali.

- Acalmem-se, as duas - diz o italiano, ao fim do diálogo delas, com uma expressão séria no rosto. - Somos professores e não o somos à toa. Se vamos conversar, então vamos manter ao menos um mínimo de educação. - neste instante, ele volta-se para Agatha. - Agatha, compreendo o que diz, mas também não tenho como negar o lado de Aretha. O que Wise fez é inadmissível e tem óbvios motivos políticos por trás desta jogada. Mas, apesar de tudo, eu confio em você e em seu bom senso, ou então não teria sido seu amigo por tantos anos. Quero perguntar apenas duas coisas: você apoiou Wise nesta decisão, e pretende fazer algo para reverter o que foi feito?

21 Re: Castelo Vivaldi em Qui Jul 23, 2009 10:03 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



Frederic estava com Bella no colo, conversando com sua mãe, ao lado do Minsitro, seu meio-irmão Bernard, que olhava a bebê com inveja – sua esposa não podia ter filhos.

De repente, Frederic nota toda aquela movimentação com Aretha e Agatha. Elas estavam trocando palavras duras e Frederic continuou embalando a filha, que quase dormia no colo do pai que amava tanto. Berenice Wise, mãe de Frederic, diz, baixinho com os dois filhos:


- Ah, a Agatha foi ali, está conversando com aquela moça... Eu vi ela ensaiando o que falar com o namorado antes de entrar na festa. Ela está grávida. A... Mist? Mist é o nome dela? A magrelinha...

Neste momento, o Ministro fica branco como um fantasma. Frederic confirmava com a cabeça e dava mais algumas informações sobre a professora, como o gosto dela por História da Magia e grande habilidade em poções, enquanto o Ministro tremia o cálice que estava em sua mão. Bernard não sabia o que pensar, ficara nervoso e trêmulo, enquanto o irmão tentava tirar-lhe a paciência:

- … ela que fez a poção pro todo poderoso Bernard Wise ficar sem caspas. Aquela neve devia estar gelando seus ombros, né, Ministro?

- Fred! - repreendeu sua mãe, quase sorrindo. Ela pescou o olhar de Bernard, que não se incomodou com a brincadeira do irmão, como era de costume. Seguindo seu olhar, viu que ele olhava catatonicamente a cena da discussão entre os três amigos. Ela também começa a olhar, assim como as pessoas mais próximas. A festa não parou, pois era grande demais e cheia demais para as pessoas notarem a discreta discussão que ali se instaurara. Era difícil pescar a conversa, mas, da distância em que estavam, dava para ver as expressões nada agradáveis em suas faces. Berenice pega uma carne de churrasco com um palito de dentes e tenta manter os olhos em Bella, que agora chupava um pedacinho de biscoito que Wise colocava em sua boca.

- Eu nem quero saber. Agatha que caça briga com todo mundo, não estamos muito bem, mãe. Problema dela.

- Não seja assim, filho. Deixe Bella aqui, vá lá!

- Não vou - disse, e continua a alimentar a sonolenta filha.


_________________

22 Re: Castelo Vivaldi em Qui Jul 23, 2009 10:38 pm

Kaileena Harumo

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts



Tão silenciosamente como uma gata, ela se aproximava do grupo ouvindo toda aquela discussão. Sua mão sobre o ventre avantajado de nove meses. So havia ido ate aquela festa em consideração aos amigos e já esperava a bomba que via estar estourando ali. Ela se aproximava dos três e sua voz soou baixíssima por trás de Amadeo respondendo a pergunta dele.

-Agatha só fala com Wise o essencial, eles estao brigados e eu sei da confiabilidade dela Amadeo e Aretha so não viu o que Agatha fez por estar longe. Infelizmente.

Kaileena falava baixíssimo acariciando o ventre e olhando os amigos seria porem Agatha era quem tomava a palavra e se voltava para Amadeo.

-Tentei mandar corujas para Aretha contando os meu planos porem ela não me respondeu como sabe e agora me condenou aqui sem nem me deixar falar.

Agatha olhou para Aretha com leve fúria e Kai interveio.

-Chega não quero brigas aqui, vamos para um lugar mais reservado quero conversar com os três, agora!

23 Re: Castelo Vivaldi em Qui Jul 23, 2009 11:23 pm

Alexis Hitendover Strauss

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Alexis adentra o salão com uma vestimenta de gala bruxa, se tratada vê uma roupa longa como um sobretudo, azul escuro como o céu noturno, era feito de seda e por baixo havia uma outra vestimenta de um tecido mais forte, negro e com botões de mesma cor, a calça era também negra como os sapatos, o futuro professor de Hogwarts* não usava nenhum chapéu.

Para ele era estranho aquilo, apesar de já ter visto várias festas daquele tipo na Dinamarca, apesar disso, era na Inglaterra e na Inglaterra ele só trabalhou como diplomata. Então viu o diretor de Hogwarts e seu irmão, o ministro, estavam juntos de sua mãe, Alexis não recordava o nome dela. O dinamarquês pegou um cálice com champanhe e foi na direção deles. Ao chegar lá fez um aceno com a cabeça.

- Olá, senhores e senhorita Wise. Sou Alexis Hitendover Strauss, chamado para ser professor de Hogwarts. – Apresentou-se para a mãe dos Wise e para o ministro. - Já conheço o diretor e já vi o ministro por fotos de jornal e no tempo em que trabalhava no Ministério da Magia Britânico, apesar de ainda não ter ido definitivamente à Hogwarts para ajeitar meus aposentos e organizar os planos de aula. Estou no momento hospedado no hotel de meu irmão. É um prazer conhecê-los pessoalmente e encontrar o diretor Wisse aqui. Qual seria o nome da senhorita? Se não for muita indelicadeza de minha parte. – Pronunciou Alexis, foi quando notou a discussão de duas mulheres e a intervenção de uma terceira.


OFF.
*Futuro pois Alexis ainda não se “mudou” para Hogwarts, ele chegou à Inglaterra a poucos dias.

24 Re: Castelo Vivaldi em Sex Jul 24, 2009 12:06 am

Satrissa Lautrec

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Um luxuoso, elegante e belíssimo Rolls-Royce 1925 Phatom - uma relíquia - estacionou à frente do Castelo Vivaldi. O motorista em seu terno negro saiu de dentro do carro e abriu a porta para a convidada.


Satrissa Ludwan Lautrec, grande mulher, ex-ministerial, professora de História da Magia, em um belo vestido bem ao estilo bruxo e seu leque negro.



Sua figura era de esplendor e vitória, face confiante e poderosa, como se estivesse pronta para ocupar seu posto de "reine", a rainha.

Sentia-se poderosa naquele lugar, o lugar também dava-lhe espaço para sentir-se maravilhada: o castelo era belo e imponente, e ela não deixaria de ser majestosa ali.

Ao chegar no Castelo foi diretamente encontrar o Sr. e Sra. Vivaldi, sorrindo graciosa e lindamente, e cumprimentou-os, dando os parabéns pela festa, e começou a andar pela festa.


_________________

25 Re: Castelo Vivaldi em Sab Jul 25, 2009 7:47 pm

Aretha Mist

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Fala da professora.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”
~~~~ OFF ~~~~




Aretha posicionou-se entre Kai e Agatha.

- Não. Não quero ouvir mais nada, ela já falou o que não devia... Eu... Eu vou embora daqui... Vamos, Amadeo? - Aretha estava suando frio e engole em seco: sentia-se muito nervosa. Ela seca a testa com as costas da mão, enquanto abraça seu charmoso namorado. A professora, que este ano lecionaria estudo dos trouxas, ainda por cima vê Satrissa passando por entre os convidados, como se uma rainha fosse, cumprimentando a todos...

Claro que ela estava feliz e sorridente: a famosíssima Satrissa Lautrec tinha a cadeira de História da Magia, a mais honrada posição na cadeia de ensino, uma posição muito delicada e estratégica, de onde era possível, se quisesse, até manipular os alunos, ensinando certo certas coisas erradas. Toda a massa pensante de Hogwarts estava nas mãos daquela mulher aparecida e mesquinha. Outra que não se importava com a história real das coisas, apenas queria ficar ali para proteger e guiar o irmão mais novo do nojento do Ministro.

Aretha aguarda a resposta de Amadeo.

http://www.incantatem.forumeiros.com

26 Re: Castelo Vivaldi em Sab Jul 25, 2009 11:37 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



O diretor Wise não deu quase toda sua atenção para o novo professor que lecionaria feitiços no lugar do professor Rutherford.

- Olá, Senhor Strauss! Espero que esteja gostando da festa! Veja, esta é minha filha, Bella - ele mostra Bella em seu colo. - Ela é uma graça, não?



Bella estava chupando seu biscoito e olha para o novo professor, dando um sorrisinho tímido, e piscando os olhinhos, virando o rostinho para o lado e sorrindo, toda envergonhadinha. Enquanto isso, a mãe de Wise se levanta e cumprimenta o novo professor.

- Ah, Strauss? Berenice, muito prazer. Poderia juntar-se a nós? Meu marido ainda não chegou, entretanto deve estar à caminho, você iria adorar conhecê-lo. Bernard também, não é? Ele gosta de acompanhar as decisões de Fred bem de perto, certo Bernard? Bernard? Bernard!

- Hein? - disse o Ministro, ele estava catatonicamente olhando na direção de Aretha, percebendo a discussão que estava se instalando ali e olhando para aquele sujeitinho insolente que havia lhe dado um olhar ameaçador no casamento de seu meio irmão. Ele olha para a mãe, completamente atordoado.

- Este é o Sr Strauss, ele lecionará Feitiços em Hogwarts! Seria uma boa oportunidade para se conhecerem! - exclama, nervosa, tomando realmente a posição de uma mãe, cobrando do filho que cumprimentasse adequadamente seus amiguinhos. Bernard, por sua vez, se levanta, saindo do “transe” em que estava, cumprimentando o professor com um aperto de mão firme.

- Senhor Strauss? Frederic me disse muito sobre o senhor. Já conheço toda sua formação, portanto podemos dispensar essa parte chata da conversa, certo? - o Ministro sorri. Agora que parara de se distrair, sua postura e reações eram extremamente cativantes. Ele ri de sua própria piada, Berenice também ri, mas não parecia tão à vontade. Algo estava indo errado com o Ministro... E Berenice podia apostar sua fábrica de jóias inteirinha se aquilo tinha a ver com uma daquelas três mulheres que estavam discutindo em meio à lotada festa.


_________________

27 Re: Castelo Vivaldi em Dom Jul 26, 2009 6:29 pm

Alexis Hitendover Strauss

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
O diretor parecia um pouco disperso, mas cumprimentou o futuro docente e apresentou sua filha. Era uma menina linda, ela sorriu e piscou o olho, depois se envergonhou e sorriu com sua bela e alva face de bebê para o lado. Era muito bonita, Bella, seu nome. Possivelmente provém das línguas neolatinas como o italiano onde “bella” de fato, significa bela. O sorriso era cativante e contagiante até para um homem frio e carrancudo como Alexis. Ele não pode esconder o sorriso que brotou em seu rosto em resposta ao da menininha.

- Sim, ela é muito linda. E viverá sempre muito bem em meio ao carinho daqueles que a amam.

Então veio a mãe do Wise diretor e do Wise ministro. Ela o cumprimentou e lhe falou do marido, apresentando-o também ao Ministro. Quando Alexis ouviu o nome “Berenice” foi como se uma luz iluminasse sua mente.

- Ah! Sim, sim, Berenice Wise. Ah, perdoe-me senhorita Wise, não me recordava, não é a senhorita a joalheira e ourives famosa? Ah, sabia que conhecia seu rosto de jornais. Claro, claro que eu adoraria conhecer o senhor Wise, Marcus Wise, sim? – exclamou o mestre em feitiçaria, sem muita emoção na voz. Então Berenice chamou o filho mais velho para lhe apresentar à Alexis, porém ele parecia mergulhado em algum pensamento. Sua mãe deve de chamá-lo três vezes, o que deixou-a um pouco nervosa e Alexis desconfortado pela situação.

Então o Ministro pareceu sair de seus pensamentos e cumprimentou o feiticeiro com um aperto de mão forte, Alexis respondeu com a mesma força. O Ministro de fato era uma pessoa desembaraçada, sabia conversar muito bem. Alexis riu de sua piada apesar de não ter sido uma risada muito verdadeira, mas dava para enganar.

- De fato, podemos passar por essa parte enfadonha. Mas como vai no Ministério? Faz cerca de oito anos que não vejo à Inglaterra.



Última edição por Alexis Hitendover Strauss em Ter Jul 28, 2009 11:14 am, editado 2 vez(es)

28 Re: Castelo Vivaldi em Seg Jul 27, 2009 12:53 pm

Amadeo Giaccorin


Amadeo escutava em silêncio o que as três falavam ali. Agatha e Aretha quase como se quisessem se atracar ali, e não de um jeito bom, e Kaileena moderando a situação juntamente de Amadeo.

Aretha, no entanto, não quer mais discutir e volta a ficar tonta, mas é logo amparada, mais uma vez, por seu namorado. Com um olhar preocupado, ele a responde.

- Claro... Vamos. - ele então volta-se rapidamente para Agatha e Kaileena. - Conversamos depois, ok?

E então, o italiano vai saindo com sua namorada, ajudando-a a caminhar.

29 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 28, 2009 7:32 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



Frederic sorriu com os bons agouros de Alexis e já sabia que iria se dar bem com aquele professor tão educado. Depois que ele começa a conversar com Berenice, Frederic põe-se a fitar Agatha com seus amigos de infância... Todos professores de Hogwarts. Mera coincidência? Agora que ele parara para pensar nisso. Mas, também, um foi chamando o outro para trabalhar em Hogwarts, tinha que acabar assim mesmo.

O Ministro responde à Alexis:

- O Ministério está ótimo, nunca esteve tão sadio. Mas, porque passou tanto tempo fora do país?

Não fosse o fato de Alexis e Bernard estarem em uma conversa, Berenice iria apresentar Alexis a Marcus, que se vangloriava com a novidade das novas ligas em Hogwarts, quando um auror, que estava envolvido nas investigações acerca do sumiço do chapéu seletor, lhe lembrou das buscas, e ele respondeu nos seguintes termos despreocupados:


- Sim, sim... E como vão as investigações? - perguntou, sem dar tanta atenção assim à resposta, afinal, já tinha seu conceito previamente formado em sua mente.

OFF

Alguém que tiver um pai ou mãe auror, pode conversar com o Marcus Wise, por favor? Pode sr mais de um. Se não puder, criarei um npc à parte Wink


_________________

30 Re: Castelo Vivaldi em Ter Jul 28, 2009 9:15 pm

Marina Angela

avatar
A vontade de vir a essa festa era praticamente nenhuma. Ainda não aceitava a decisão de a mãe ter voltado a trabalhar no Ministério da Magia. - Não podia ter continuado como estava? Apenas uma terceirizada? - Não fosse o gentil convite do jovem e mais charmoso Vivaldi, ainda na casa de Charlotte, estaria em casa agora, namorando. Pois se tinha coisa que /Sibytus detestava, eram festas.

Mesmo tendo que ir de livre e espontânea pressão da mãe, decidiu caprichar e escolheu um modelo leve, já que o evento era diurno e valorizava os volumes e contornos recém adquiridos pelo seu corpo. Arriscou a permitir que a mãe usasse nela um de seus novos produtos e o resultado foi que o cabelo ficou vermelho e danificado, exigindo um corte radical.


Avistou os colegas ao longe, pareciam entretidos uns com os outros e aproveitou para dar uma olhada com mais calma no lugar. Não bastasse ser vigiada pela mãe e pelo pai, ainda os avós maternos estavam presentes. Era o que dava pertencer a uma família com tradição em servir ao Ministério. Se duvidasse e a metade dos primos estariam ali.






Entrou abraçada ao avô Leonardo Ângela, só assim se sentia mais segura. Mas não demorou muito para a avó a viesse em sua direção. Era incrível como Luisa, mesmo depois de tanto tempo separada de Leo, ainda deixava seus olhos brilharem quando o via. O romantismo era uma característica forte nas mulheres da família. E Marina suspeitava que apesar de tudo, eles ainda se amassem. Assim o avô deixou-se raptar pela avó e ela ficou ali sozinha.





Tentou andar entre os presentes sem chamar atenção. A vantagem de estar com a mãe era que ela sempre se tornava o centro das atenções. A beleza de Sarah chamava a atenção. Mas talvez não tanto quanto o fato dela parecer mais jovem do que realmente era. E disso vinha todo o sucesso de suas poções de beleza.



Os braços carinhosos que a envolveram não eram outros senão os do seu pai. A semelhança com o pai dele ainda causava espanto a algumas pessoas. Mas ele fingia não notar.





-Wellinton, você poderia desgrudar de minha neta um momento e me emprestar ela?

O sorriso nos lábios da avó mostrava uma sagacidade que fizera sua fama nos seus gloriosos dias como Auror. E o pai, beijando a testa de Marina, saiu a procura de Sarah.

- Venha filha, que lhe apresentar um antigo amigo meu e de seu avo - e a conduziu com ternura até o outro canto da sala onde a família Wise se encontrava.


- Marcus, faz tempo que quero te apresentar minha neta, Marina - a formalidade era estranha, mas necessária e havia orgulho no tom de voz de Luisa.

Marina se segurou para não rir. Esquecera de contar pára a avó sobre a visita ao ministério no ano anterior. Fazendo cara de paisagem cumprimentou o pai do ministro, sem tirar os olhos de Bellinha que jogava os braçinhos para ela.


_________________

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum