Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Casa dos Gritos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Re: Casa dos Gritos em Sex Jul 10, 2009 7:34 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
*POST ATEMPORAL REFERENTE À REUNIÃO PROPOSTA POR KAILEENA HARUMO*
(Por falta de um nome melhor)

Charlotte e Marina seguiram a professora montadas nas vassouras emprestadas por ela... O destino era simplesmente a casa dos gritos, pra aguçar ainda mais sua curiosidade. Aparentemente não havia ninguém por ali, estavam só as três... Mesmo sabendo que em Hogsmeade sempre havia um numero considerável de pessoas passeando e aproveitando o comércio, a casa dos gritos intimidava as pessoas, pois suas lendas eram ouvidas nos quatro cantos de Hogwarts.

Charlotte desceu da vassoura agora que voava razoavelmente bem depois das técnicas que Carlson tinha lhe ensinado, seus pés tocaram a grama mal cuidada do terreno e ela ajeitou as vestes negras, batendo a mão na gola na intenção de se livrar da poeira.

–Professora... O que exatamente estamos fazendo aqui?

2 Re: Casa dos Gritos em Sex Jul 10, 2009 8:06 pm

Marina Angela

avatar
Toda aquela situação estava ficando curiosa demais. O que era que a professora precisava falar com elas, que não podia ter acontecido nos aposentos da mestra.

Mas uma coisa Marina tinha que concordar com Charlotte. Ver lidylli com aquela cara de cachorro colocado para fora da festa não teve preço. Um calor bom se apossou do seu coração. Já se sentia parcialmente vingada, e como seu pai sempre dizia: a vingança é um prato que se saboreia frio, para quem não sabe um feitiço de aquecimento. E ela sabia...

Seguiu Kaileena sem perguntas e montou na vassoura, rumo ao destino programado pela primeira. Estava tão nervosa que mal tinha forças de segurar o cabo do transporte.

Tonteou quando percebeu que o destino era a casa dos gritos. Nunca tinha entrado ali, apenas a visualizado de longe, quando andava por Hogsmeade. Aquele lugar era muito importante na sua história pessoal, afinal fora ali que o avô caira, e poderia ter assim encerrado a sua chance de vir ao mundo. Arrepiou. Odiava a avó, mas pelo menos para isso ela tinha servido. Ela, do seu modo doentio, realmente o amava e fez o impossível para salvar a sua vida.

Aterrisou com as pernas bambas, como se a cena la dentro ainda estivesse acontecendo. Sentiu o gosto do medo em sua boca. Mas era o seu coração que batia ali. Acompanhou a colega e a professora até o interior da passagem. A aparência do lugar deprimente.

–Professora... O que exatamente estamos fazendo aqui?


A frase da colega deteve seus passos, e ela então esperou a resposta de Kai.


_________________

3 Re: Casa dos Gritos em Sex Jul 10, 2009 11:32 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Kaileena voava como uma pluma em sua vassoura por não mais que cinco minutos. Ela pousava com leveza descendo da vassoura e a segurando firme com a mão direita enquanto se dirigia pisando na grama seca da casa dos gritos e então parando logo na porta de entrada da casa e com um aceno de varinha abrindo a porta antes trancada e entrando.

A professora aproximava-se de um móvel o limpando com magia e o deixando como novo para se sentar ali e oferecer lugar para as meninas. A casa estava acabada, as paredes nuas de quadros, tudo muito velho e sujo como deveria ser numa casa abandonada. Ela estava mais séria e suspirava um pouco com a pergunta de Charlotte. Sua voz soou calma e paciente como sempre.

-Saímos do castelo porque as paredes sempre tem ouvidos, e as do meu quarto pelo que percebi ouvidos de uma loirinha chamada Lidily.- Kai a olhou no fundo dos olhos quando disse aquilo e abriu seu lindo leque se abanando um pouco, parecia cansada.- Agora o porque dessa reunião quem vai dizer não sou eu.

Ela sorriu quando disse aquilo e se virou para traz. De um dos corredores da casa dos gritos elas viram um vulto branco dar a forma de uma mulher linda. Ela vestia um vestido longo de tecido finíssimo e esvoaçante e sorria doce. Era quem todos menos podiam esperar: Agatha Wise.

-Olá meninas, fui eu quem pedi para Kai as chamarem, preciso tratar de um assunto sério que não poderia ser dito na escola, afinal creio que metade dela deve me odiar por causa da divisão das casas e por ser esposa de um Wise.-ela falava e se sentava ao lado de Kai segurando sua mão como amigas e cúmplices que eram nesse momento, Agatha tinha a postura altiva e falava com eloqüência.- Sou totalmente contra esse plano maluco do Ministério e esse acordo que Fred fez com o irmão para a escola, porem não tenho capacidades legais de reverter isso e não quero que meus alunos se prejudiquem. Meninas vou ser direta no assunto. Quero pedir a ajuda de vocês pois nem eu nem Kaileena podemos tomar a frente em algo grandioso para ajudá-los, porem eu gostaria de montar com os alunos da liga Comunal, e auxilio de alguns monitores da Liga Ministerial – ela olhou bem nos olhos de Marina e ela pode ver um brilho astucioso nos olhos de Agatha- um “grupo complementar de estudos”, já que so podemos ajudá-los com o conhecimento. Faríamos algumas reuniões e orientaríamos vocês em “estudos complementares” aos da escola, assim teriam a chance de se encontrarem com segurança e legalidade dentro da escola na busca por uma melhor situação quanto aos estudos.

Agatha falava nas entrelinhas, mas era claro o que ela ofereceria ali. Um bom local onde poderiam se reunir “estudando para novas perspectivas”. Ela se levantava e dava uma volta ficando atrás das duas e falando mais baixo para elas.

-A excelência de Hogwarts sempre foi feita pelos nossos alunos, pois professores não seriam nada sem eles. O equilíbrio da escola depende de qual bons são aqueles que vivem dentro da escola . São vocês alunos que fazem Hogwarts grande, alunos e suas qualidades e união. Não queremos perder essa qualidade não é meninas, me ajudariam a montar esse grupo? Esse grupo que preza por uma educação digna e de qualidade a todo custo. Queremos ajudar vocês a terem a excelência de sempre em nossa escola, que ela brilhe como brilha a séculos, queremos que vocês construam uma educação como vocês desejam, com qualidade e pra isso ofereço esse pequeno grupo de estudos, para que sacrifiquem um pouco do tempo livre pra alcançarem os objetivos de serem grandes.

Não era preciso detalhes na frases de Agatha, ela dizia o que sentia e o que queria naquela escola com suas palavras. Kaileena sorria sentada e se olhava as meninas falando com calma enquanto Agatha, sua melhor amiga, sentava-se ao seu lado.


-Então meninas, estão disposta a selecionarem um bom grupo de pessoas que querem o melhor de nossa escola e uma excelência de ensino. Nos os ajudaremos nesse “período de adaptação” as novas regras e as “mudanças que Hogwarts sofreu e necessita sofrer ainda” Porem queremos discrição nisso, pois uma boa e tão generosa idéia a olhos invejoso podem parecer como tempestuosas e errôneas e nos so queremos o melhor de nosso alunos prejudicados com uma adaptação tão brusca a novos parametros.


Elas olhavam curiosas esperando uma resposta.

4 Re: Casa dos Gritos em Sab Jul 11, 2009 8:08 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
O cheiro do lugar fechado penetrou nas narinas de Charlotte, e ela começou espirrar sem parar... Por qual motivo ela tinha entrado naquele muquifo ainda era um mistério, mais para sua alegria a professora lhe deu uma bela resposta que a deixaria com um sorriso de orelha a orelha por uma semana. Aquela cabeça loira da Lidily então tinha tentado escutar as conversa? Realmente dava uma imensa satisfação em saber que a única coisa que ela escutaria era o cantar do grilo.

Elas sentaram-se em um móvel empoeirado junto a professora que aparentemente estava a espera de alguém... Então como um vulto, ninguém mais ninguém menos do que Agatha Wise apareceu ali na sua frente, com aquele sorriso enjoado de sempre, se achando a última bolacha do pacote.

“Tava demorando mesmo...” Seus olhos encontraram-se com os da amiga que aparentemente detestava aquele lugar mais do que ela.

-Olá meninas, fui eu quem pedi para Kai as chamarem, preciso tratar de um assunto sério que não poderia ser dito na escola, afinal creio que metade dela deve me odiar por causa da divisão das casas e por ser esposa de um Wise.

”Imagina, Claro que não!

Ela ouviu tudo que a professora tinha pra falar, agora que Charlotte tinha se livrado da Armada lhe jogaram um novo abacaxi nas mãos... E o pior, não para uma vingança e sim para algo útil que seria egoísta negar aos outros alunos que se prejudicavam com as novas regras de Hogwarts, por ironia do destino... Parece que ela realmente estava considerando a idéia de se juntar a Agatha Lambert, vulgo: “Pamonha com pernas”

Kai segurava sua mão mais isso lhe dava segurança... Não o suficiente pra sair aceitando sem fazer as perguntas necessárias, mais a idéia da senhora Wise seria útil de diversas formas.

–Que eu saiba só os alunos da liga Comunal precisa de aulas complementares... Então porque a Marina ta aqui? Tá bom... Só ela acha isso estranho?

5 Re: Casa dos Gritos em Dom Jul 12, 2009 6:23 am

Marina Angela

avatar
O brilho nos olhos de Agatha falavam mais que mil palavras, e a cada palavra pronunciada, Marina mais pasma ia ficando. E vice diretora estava realmente propondo aquilo a elas...

Envaidecida pela proposta, ouviu atentamente tudo o que a sra.Wise tinha a dizer e quanto Chalotte perguntou o que ela fazia ali, não sabia se explicava ou se aguardava Agatha fornecer a devida explicação.


_________________

6 Re: Casa dos Gritos em Dom Jul 12, 2009 7:46 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Agatha sentada somente sorria e quando Charlotte lhe lançou aquela pergunta ela não se moveu em nada. Ela somente olhou para Kaileena que fitava o chão e depois seu corpo se inclinou lentamente para frente. Agatha apoiou um pouco os braços nas penas para encarar bem os olhos da garota. Os olhos da vice-diretora brilhavam com um astucia monstruosa e davam um pouco de medo.

-Você acha mesmo que eu não sabia da Armada e do que faziam meninas? Ainda me pergunta por que Marina esta aqui?- Agatha sorria daquele seu jeitinho doce com leve tom de malicia e todo seu lado materno parecia ter desaparecido. –Você é da Sonserina assim como eu sou minha querida, não me diga que não entende o que digo. Marina só é da Liga Ministerial porque isso não depende dela e para que seu grupo tenha forças é melhor não terem um traidor no grupo e sim um aliado que os ajude- ela se recostava novamente na poltrona e sorria ainda com aquilo - Marina sabe muito bem o que se passa dentro da Liga Ministerial, ela é uma ótima auxiliar a todos vocês e ela no grupo, assim como pessoas que ela selecionar e confiar, podem usar o belo álibi de estar ajudando e assim adquirindo mais experiência com o trabalho com vocês. Estamos qeurendo apenas dar uma oportunidade de construírem algo bom Charlotte. Eu e Kaileena conversamos muito sobre tudo isso, mas como disse, esta escola não é feita apenas de professores.

Ela se mantinha sentada ao lado de Kaileena sem se abalar. A professora de DCAT parecia cansada mas se mantinha firme ao lado da amiga como se a apoiasse.

7 Re: Casa dos Gritos em Qua Jul 15, 2009 2:44 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Ela não estava surpresa com o fato da professora saber da armada, nessas alturas já era do seu conhecimento que até o Wise sabia da Armada e não fez nada para mudar isso... Nem ameaça ele sentiu, e já dizia alguém que se é segredo, todos já sabem! O que na verdade a fez cair das pernas é saber que ela era da Sonserina, e agora aos seus olhos Agatha era um pouco mais simpática.

–E digamos que eu aceite... E que a Marina aceite... Quem serão esses alunos? Ela estava curiosa e gostando da idéia, afinal tudo que não presta sempre lhe interessou muito. –Uma união entre as casas? Quer que esqueçamos essa separação idiota? Seu olhar era apreensivo, não tinha tido uma boa experiência no quesito “circulo de amizades confiáveis” –Mais professoras... Vocês já consideraram o risco de alguém descobrir isso? E o que vai acontecer com vocês se alguém der com a língua nos dentes? Porque eu meio que não confio em quase ninguém nessa escola pra ser realista... Isso é colocar a mão no fogo e se preparar pra ser queimada!

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum