Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Dormitorio de Evilin Stenny e Wendy Rachelwood

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Wendy Rachelwood

avatar
Corvinal
Corvinal
Desde quando chegou em Hogwarts, Wendy só tinha conseguido conversar com a Senhorita Evilin Stenny, que mesmo sendo do segundo ano, fora bem gentil com a menina Wendy, e esta também se sentiu bem em sua companhia.

Não havendo ainda muitas amizades nesse novo ano, Wendy fica meio que desnorteada ao saber que teria que conseguir uma colega para compartilhar o dormitório, ou o seu novo quarto. A menina regala um baita olho, mas com sorriso, logo Evilin a convida a compartilhar o quarto.

A surpresa é grande, estava tudo muito lindo, Wendy se surpreende, porém, aquela organização toda, parecia instável, a menina sempre gostava de brincadeiras ou travessuras, o que em poucos dias, faria o dormitório se desorganizar...

- Evi, darei meus toques pro quarto ter alguns detalhes meus, você não se importaria né?

Enquanto aguardava a resposta de Evi, Wendy coloca ao pé da cama, suas malas, e organizando suas roupas, logo, as prendem em um cabide, e um pequeno quadrinho, de pintura opaca, singela, porém de cores neutras, destacam a harmonia dos traços e os movimentos que este nos faz perderem o olhar ao observá-lo, a menina tinha um gosto um pouco refinado para arte, talento este demonstrado por sua bela mãe.



O quadro é pendurado ao lado da cama de Wendy, e essa não se contém em se jogar na cama, pular e pular, era muito legal...

- Evi... Já que seremos colegas de quarto, gostaria de saber o que te incomoda, o que você não suporta que façam, por que assim, eu me contenho e não a irrito, quanto a mim... Eu adoro tudo, desde bagunça até organização... Mas sabe como é, meu lado mocinha pedirá um pouco de silêncio nos momentos de estudo, e meu lado menina, implorará por bagunça durante as tardes... Espero sermos boas amigas aqui!

Num breve silêncio, lá vem Wendy com mais perguntas referindo-se agora para a Evi:

- Evi, a quanto tempo namora o Revinos? Ohhhh, mais não querendo ser intrometida ta!!! – sorri Wendy com uma carinha de curiosa...

Enquanto aguardava respostas, Wendy continua com suas arrumações...



Última edição por Wendy Rachelwood em Ter Jul 14, 2009 10:12 am, editado 1 vez(es)

Evilin Stenny

avatar
Monitora
Monitora
“Perfeito!” Foi à primeira coisa que se passou na cabeça de Evilin quando entrou no quarto. Deparava-se com o ar puro e fresco, sem falar na decoração fantástica do lugar. Ela entra arrastando a mala e reparando em tudo ao redor, ela coloca a mala do lado direito da cama da esquerda que ficava bem ao lado da janela. Ela se joga na cama macia se deixando adormecer, quando ouve uma voz animada vindo da outra cama.

Evilin havia convidado a pequenina Wendy para ser sua colega de quarto, já que Evilin não tinha muitas amigas na nova casa e as que tinham já haviam feito pares entre si. Como Evilin não gostava de ficar sozinha e tinha adorado a companhia da pequena não resistiu a convidá-la que aceitou com um sorriso de orelha a orelha.

“Como pode ter tanta energia?” Se perguntava olhando a menina falar e arrumar suas coisas.

Evilin estava morrendo, a noite tinha sido cansativa e ela não estava muito bem após a queda do amigo no salão. Como fim de toda festa Evi estava completamente morta e quase sem vida ou sem vontade de se mexer mesmo, a preguiça era tanta que ela nem se quer abriu a mala, apenas a jogou ali no pé da cama e ela ali ficou.

Citação:
- Evi, darei meus toques pro quarto ter alguns detalhes meus, você não se importaria né?

Evilin se senta na cama virando-se para olhar a colega – Tudo bem querida, sem problemas, fique a vontade! – Diz reparando no lindo quadro que a menina encaixava ao lado da cama.

- Belo quadro Wendy! – diz apreciando a obra.

A pequena não se agüenta e começa a pular na cama rindo sem parar. Evilin fica olhando aquela cena sem se importar nem um pouco.

Citação:
- Evi... Já que seremos colegas de quarto, gostaria de saber o que te incomoda, o que você não suporta que façam, por que assim, eu me contenho e não a irrito, quanto a mim... Eu adoro tudo, desde bagunça até organização... Mas sabe como é, meu lado mocinha pedirá um pouco de silêncio nos momentos de estudo, e meu lado menina, implorará por bagunça durante as tardes... Espero sermos boas amigas aqui!

Evilin tenta prestar atenção no que a menina ia dizendo enquanto pulava a sua voz ia se gastando e ficando fraca assim pausando de vez em quando, Evilin abre um sorriso encantador e lhe responde num tom maternal.

- Oh minha pequena não se preocupe comigo... Eu posso parecer chata, mas eu não sou não... Pra falar a verdade eu adoro uma bagunça também rsrsrs... Eu realmente espero sermos boas amigas! – Evilin sem esconder seus sentimentos sobe na sua cama com um olhar de pivete e começa a pular e rir enquanto respondia as perguntas da menina – Bom, é melhor começar pelo começo rsrsrs. Olha eu não gosto de mentiras isso é uma coisa que eu odeio! Quando estou estudando gosto de ouvir musica, mas não se preocupe eu tenho fones eu não irei te incomodar, ok? Eu não gosto que puxem a cortina da janela quando estou dormindo, o sol sempre me cega e isso me deixa louca rsrsrs, por favor, se não quiser me ver virar um bicho papão é só não abrir a janela quando estiver dormindo. – Evilin para de pular e faz um rugido imitando um leão fazendo gestos com as mãos também, a pequena cai na risada e as duas voltam a pular uma em cada da cama. - Eu adoro comer, não sei como não engordo, mas eu sempre roubo uns quitutes da cozinha e trago pra comer a noite, hoje mesmo eu trouxe jujubas, depois se você quiser é só pedir ta. Ah vamos ver o que mais eu não gosto? – Evilin para de pular e faz a famosa pose do pensador Rodin, fazendo a linda loirinha cair na risada novamente.





-Eu? Bom, no momento eu não estou me lembrando rsrsrs, mas vamos fazer assim, se você fizer algo que eu não goste eu te falo na hora e então você não faz mais, assim vamos ter a paz Dormitorial! Já que infelizmente não podemos ter a mundial então ficamos com a Dormitorial mesmo – Mais uma vez as duas rolavam de rir sem parar.

Evilin já cansada não entendia como havia conseguido arranjar tanta energia pra pular tanto, ela cai na cama sem se mexer apenas rindo ainda das bobagens ali feitas. Sua respiração super ofegante e cansada, sua garganta arranhando e implorando por um copo d’água. As duas já não agüentavam mais e enfim o silencio reinava no quarto. Evilin se senta na cama e pega o copo que estava em cima da mesa de cabeceira ela pega sua varinha que havia caído no chão e diz ofegante apontando a varinha para o copo.

> ~~Aqua Eructo ~~<

Sai um jato fino de água que cai no copo ate encher, ao chegar perto da boca do copo Evilin faz um giro e a água para de sair de sua varinha. Ela olha a pequena que fascinada estava de boca aberta.
Voltando a orbita Evi após beber a água ouve a voz da pequena novamente.

Citação:
- Evi, a quanto tempo namora o Revinos? Ohhhh, mais não querendo ser intrometida ta!!!

-Rsrsrs tudo bem você não esta sendo minha querida. Sempre que quiser pergunte! Olha nos estamos juntos a quatro messes e algumas semanas, na verdade parece que já estamos há quase um ano... Bem estamos juntos desde o baile de primavera do ano passado! Nos conhecemos na aula de herbologia, ele é um amor! – Termina a frase com um suspiro apaixonado fitando o nada.

Evilin sente seu coração bater bem mais forte ela então do nada ai ate sua mala e a abre mostrando seus pertences que não eram muitos, ela vasculha a mala e pega um pacote grande de jujubas, ela vai ate a cama de Wendy se sentando ao seu lado e abre o pacote.

-Pega! – Ordena suavemente. – Fique a vontade pode comer o quanto quiser, ate porque é muito e eu não vou conseguir comer tudo sozinha neh rsrsrs.Evilin se sentia muitíssimo bem ao lado da pequena Wendy, e por incrível que pareça ela parecia lhe dar forças, provavelmente pela sua energia positiva de pivete brincalhona.

Wendy Rachelwood

avatar
Corvinal
Corvinal
Após ter suas férias numa gigantesca conturbação, Wendy estava tão feliz em Hogwarts, era uma menina que estava vivendo sua vida de menina, esquecendo de problemas e tristeza a qual ela tinha trago junto ao seu pequeno coração quando chegava perto dos portões da escola de bruxos.

Ao compartilhar o quarto com Evi, ela pensava que por ser mais nova, uma pequena do primeiro ano, seria meio que um estorvo na vida de Evi, e esta delicadamente, mostra o quão menina ela ainda é por dentro, desde brincalhona a desastrada, Wendy tinha alguém a quem se espelhar e uma amiga a qual poderia contar sempre.

- Evi, sempre sabemos de festas e encontros de membros importantes do ministério, os quais, apresentam seus filhos como os brilhantes de Hogwarts, queria que tivesse uma festa só para membros que não tem nada a ver com o ministério... Minha mãe tinha idéia revolucionária que, aos poucos são tiradas de sua mente a base de sofrimento... Mas como uma Rachelwood autentica como sou não deixarei que os sonhos dela se percam, tanto o qual que eu também sonho coisas como ela...

Wendy estava se abrindo ali para Evi, era uma menina sensível e de um enorme coração...

- Bem deixe-me ir tomar um banho pra apagar essa minha ânsia de travessuras e descansar como todo ser cansado faz!!! – sorrindo Wendy organiza suas coisas de higiene pessoal, e então se dirige ao banheiro.

Depois de um belo banho, trajando seu pijaminha de ursinho de cor vermelha, o predileto de sua mãe, Wendy se joga na cama, e enfim, se despede de Evi...

- Evi, to exausta vou capotar, amanhã a gente conversa mais, boa noite Evi...

Assim, termina a noite de Wendy agarrada a um pesado sono tranqüilo no seu novo dormitório.

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum