Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Sala Principal

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 4]

61 Re: Sala Principal em Qui Jul 30, 2009 2:46 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
O silêncio dela.

Seria este o proverbial silêncio antes da tempestade? Seria o silêncio ritual antes da vingança?

Ou estaria ela, apenas ouvindo a voz de seu coração?

O silencio gritava como um coro de almas desesperadas em seu interior.

Mas seu exterior estava impassível.

Ele iria esperar o tempo dela, até que algum som, até que uma palavra como a melodia das estrelas viesse até ele, para colocar fim ao silêncio.

62 Re: Sala Principal em Sex Jul 31, 2009 4:46 am

Marina Angela

avatar
Voltou e uma decisão era visivel em seu rosto.

- Estou sendo injusta com você. Cobrando uma lealdade que você não cobrou de mim. Que motivos tem para confiar afinal? Nunca me arrisquei, nunca fui submetida a nenhuma pressão na cova do leão. Sou tão humana e falível como qualquer um. E no entanto fico aqui pedindo o que não ofereci.

Aquelas palavras poderiam parecer loucura para quem as ouvisse fora do seu contexto, mas algo dentro dela pedia que confiasse nele, e o principal, que não fosse ela a traí-lo.

- Para encerrar essa agradável conversa, pois já e tarde e a Deusa em seu corso pela abobada celeste denuncia, sugiro uma outra espécie de trato. O que passou, passou. Eu não lhe conheço e nem você pode dizer que me conhece.

- Muito prazer, Marina angela - estendeu a mão para que uma nova etapa ali começasse, caso ele aceitasse.



_________________

63 Re: Sala Principal em Sex Jul 31, 2009 6:56 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Marina Angela escreveu:- Muito prazer, Marina angela - estendeu a mão para que uma nova etapa ali começasse, caso ele aceitasse.[/size]

Ele pega a mão dela e a beija em reverência.

-Ctaaciug Nuit Ma Ahathoor Sappho Re de Umajusoj e Xyeetnuut, herdeiro de patriarcado da ancestral e nobre casa dos Xyeetnuut, ao seu dispor senhorita Marina Angela, e acrescento o prazer de lhe conhecer é todo meu.

64 Re: Sala Principal em Dom Ago 02, 2009 2:44 am

Alice B. Romanoff

avatar
Ansiedade. Raiva. Felicidade. Envergonhada. Muitos sentimentos em poucos minutos. Talvez a sua chegada em Hogwarts a deixara afetada. Não pensaria que esta mudança de ambiente iria afetá-la emocionalmente.

Hogwarts era grande, magnífica, impotente, iluminada e cheia. Essam eram seus pensamentos sobre uma das três escolas bruxas mais famosas da Europa. Um delas, obviamente, era a Durmstrang.

Durmstrang era completamente o oposto de Hogwarts. Era escura, misteriosa e sombria. Alunos do primeiro ano era humilhados se não tivessem um dom chamativo como um pai rico e do ministério ou a clarividência. Bem, neste ponto, Alice nascera com ambos e ela escapou deste pequeno problema que assombra os novatos.

Alice tinha uma beleza clássica. Era mais comparada com um busto perdido esculpido à Cahara por um escultor renascentista habilidoso. Era nova, mas nunca precisara usar roupas chamativas para atraìr olhares. Porém, Hogwarts tinha belezas maiores que Alice poderia imaginar e isto foi o que aconteceu quando entrou na bela sala principal da LM, também chamada de Liga ministerial.

Vestia um simples vestido de seda amarelo gema-de-ovo e um Nike. Era exatamente o modo que gostava de se vestir. Era fanática por vestidos, e tênis. Por que não vestido mais o tênis?

Ela, para não interromper um casal que estava próximo, somente diz um tímido " Oi " e se senta em um dos sofás, calmamente, e começa a ficar olhando o horizonte. Fitava o fogo da lareira.



---

Aberto para Interações.
> Precisa-se de Quarto.

65 Re: Sala Principal em Dom Ago 02, 2009 9:38 pm

Marina Angela

avatar
Achou exagerado ele beijar sua mão, mas ainda assim sentiu um arrepio. A noite quente agora era cortada por uma brisa que começava a entrar pela janela. Se ia começar algo novo, então os pré conceitos tinha de ficar fora disso. Ela precisava dar a ele o voto de confiança que ele havia lhe dado.

- Teremos muito trabalho daqui para frente sr. Xyeetnuut. Logo Apolo tomara a direção de sua carruagem e Aton brilhará nos céus. - apertou a mão que ainda mantinha presa na dele. Com um sorriso amistoso puxou-o em direção aos quartos - Vamos dormir, precisamos de toda energia que pudermos acumular para essa batalha.

Uma moça estranha estava nos sofas. A beleza chamava a atenção. Era muito tarde, o que ela faria ali? Como monitora era sua obrigação receber os alunos novos e Edward não parecia estar por ali.

- Olá senhorita ...? - esperou que a moça dissesse o seu nome - já esta quase amanhecendo, chegou agora? Não fui comunicada da sua chegada.

Aquilo era bizarro, uma criatura que no meio da noite praticamente se materializava em pleno sala principal.

- Quanta indelicadeza a minha, meu nome é Marina Angela e sou uma das monitoras da Liga Ministerial. Esse é nosso colega Ctaaciug - soltou a mão que balançava a dele para indicar a sua pessoa. - Seja bem vinda, espero que goste daqui. Temos alguns quartos vagos, então venha que vou lhe mostrar um. - completou com um gentil sorriso, enquanto flutuava com a varinha a bagagem da moça.


_________________

66 Re: Sala Principal em Seg Ago 03, 2009 12:43 am

Alice B. Romanoff

avatar
O fogo parecia estar se movimentando em um ritmo acelerado e delirante. Estava completamente concentrada. Após se dar conta que a lareira se movera anormalmente, Alice notara que a noite quente agora era cortada por uma brisa que começava a entrar pela janela e, como acabara de chegar de viagem, estava vestida com um vestido trouxa amarelo, muito aberto para se usar em um vento que começara a mudar. Sua pele instantâneamente se esfriou, e pôde-se ver os poucos pelos do corpo da garota se arrepiarem.

Logo, uma das meninas, a mais bonita, viera ao seu encontro. Vestia uma espécie de emblema. Seria uma monitora, talvez. Ela perguntou, de forma sutil, seu nome.

- Alice Blanchefleur Romanoff - disse Alice, com seu sotaque russo. A garota, em seguida, lhe faz um comentário com sua chegada. Claro, a russa chegara no meio da noite, depois do banquete. Ela nem teve tempo de responder e a garota se apresentou. Era nobre, provavelmente, pois era da Liga ministerial e era educada como uma dama. O garoto em seu lado era Ctaaciug. Era bonito e parecia ser inteligente. Devia ser uma previsão.

- Olá Marina, olá Ctaaciug. Na verdade, eu vim da Durmstrang de última hora, saí ontem do castelo de lá e, aparentemente, cheguei atrasada.- Comentou Alice, risonha e envergonhada.- Sim, estou precisando de um quarto e somente conheço vocês. Obrigada.

E se calou, assim que viu que a prestativa garota flutuava sua bagagem com a varinha e com um gentil sorriso. Aparentemente, aquele feitiço era difícil, mas já conhecia a fórmula mágica. Depois de notar a bagagem flutuando, ela sorri para os dois, como um gesto amigável. Parecia que estava em um mundo novo, os russos não eram gentis como aqueles dois.

67 Re: Sala Principal em Seg Ago 03, 2009 6:42 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
E então a conversa entre eles estava finalizada por enquanto, foi quando ele foi conduzido e apresentado a uma bela moça de pela alva que estava no sofá, como já eram altas as horas sua presença indicava que deveria ter chagado a pouco.

Foi então que ela os presenteou com seu nome

Alice B. Romanoff escreveu: Alice Blanchefleur Romanoff

Ctaaciug então comenta.

-Romanoff? Da antiga e nobre casa dos Romanoff? Instigante, uma herdeira da casa dos czars e czarinas, de uma das casas mais nobres da Alta Europa, agracia Hogwarts com sua presença.

-O que é uma benção inesperada, uma vez que a educação dos Romanoff, tem sido sinônimo com Durmstrang a gerações, até o símbolo da escola se confunde um pouco com o símbolo desta nobre casa.

-Bem, Alice, bem vinda a Hogwarts, bem vinda a liga ministerial, bem vinda a matilha.


Diz ele em uma citação ao apelido da liga ministerial.

Nicolau I, disse ao ouvir a “Polonaise” de Chopin, que “esta música é perigosa. É como canhões ocultos atrás de rosas”, esta Romanoff tem a beleza desta proverbial flor, e pelo jeito que se veste com este antagonismo que desafia, é um primeiro indicio de uma atitude poderosa.

Quando Marina vai flutuando a bagagem, ele então complementa.

-Quando tuas energias estiverem recuperadas, depois de visitar Hypnos, poderia, se lhe for oportuno e se me der a honra de lhe mostrar a escola, com seus pontos a se evitar e de mérito para se apreciar.

68 Re: Sala Principal em Seg Ago 03, 2009 10:48 am

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
(VINDO DO JARDIN DE HOGWARTS)

Robert chegou de repente no sala Principal da LM com a varinha em punhos e dando um susto em qualquer um que estive-se na sala, com um olhar perdido e suando frio no primeiro momento mau falou com quem estava na sala e ficou andando de um lado para o outro finalmente se pos a sentar em um canto isolado de qualquer um que lhe resolve-se fazer perguntas, perguntas que ele mau sabia como responde-las, sentado em um canto ele ficou sentado e pensativo.

-Isso esta ficando cada vez mais estranho porque aquele vulto veio pra cá? Tenho certeza que vi ele entrando aqui, pra mim já chega não sei se quero continuar a ter esses tipos de visões, tenho que falar com alguém que possa “tirar esse maldito poder de dentro de mim, devia ter deixado a Samanta fazer isso, eu só quero ter uma vida normal mas parece que isso é impossível pra mim

Logo uma sensação de medo começa a consumir o espirito de Robert junto com essa sensação veio uma sensação de perigo algo que ele não conseguia explicar ele se levanta e vai até a janela sem olhar para os lado assim que se aproxima ele olha atentamente para o nada.

-Outra vez essa sensação, eu já havia sentido antes na aula de poções mas agora parece que esta mais forte, não sei por que isso mas vem perigo por ai e dos grandes eu não sei quem esta chegando a Hogwarts mas quem quer que seja é mais perigoso que a Samanta.

--------------------------------------------

NARRAÇÃO

PENSAMENTOS

--------------------------------------------

69 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 10:13 am

Marina Angela

avatar
- Puxa Robert, você quer me matar de susto? - Levou a mão ao peito onde o coração batia descompassado. A entrada do rapaz na sala da Liga, foi tão sorrateira que no envolvimento de receber a nova aluna nem o tinha notado. - Parece que ninguém dorme aqui hoje. Tudo bem contigo? - ele suava, e mesmo com o calor da noite, parecia pálido e abatido.

- Essa é Alice, nossa nova colega. Alice , esse é Robert - apresentou os dois, olhando para Ctaaciuug com um pedido mudo de que desse atenção a Robert. - Bom, só falta a Grazie acordar agora e podemos ter uma festinha no amanhecer. - A irônia era que durante o dia dificilmente se encontravam, mas ao que parecia, os hábitos noturnos era comum a todos.

- Se vocês perderam o sono como eu - e nesse instante uns dos elfos da cozinha apareceu sob o comando de sua mão - Ruitz, por favor, traga um bule de chá relaxante e cinco taças... - e vendo a estranheza de todos, explicou: - Uma das condições para que mamãe me deixasse voltar a esta escola foi trazer a Ruitz comigo. Ela foi nossa babá - suspirou entre vexada e indignada - mas até que tem suas vantagens.


_________________

70 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 10:36 am

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Desculpa é que eu....É que eu estava...esquece - Marina apresenta Robert a nova colega ele se aproxima da garota para comprimeinta-la

-Prazer - Robert respira bem fundo antes de voltar a falar - Eu peço desculpas a todos pelo o que acabou de acontecer e espero não ter lhe causado má impressão Alice, eu garanto que eu sou normal ou quase mas sou boa gente - ele da uma breve risada e se aproxima de Ctaaciug feito isso ele sussura no ouvido do amigo ficando de costas para as garotas.

-Olha só eu acho que sei como achar você-sabe-o que Ctaaciug depois eu te falo com mais detalhes - Robert se vira novamente para as garotas e ve um elfo perto de Marina.

- Uma das condições para que mamãe me deixasse voltar a esta escola foi trazer a Ruitz comigo. Ela foi nossa babá - suspirou entre vexada e indignada - mas até que tem suas vantagens.

-Que legal, eu queria que meus pais deixassem eu trazer o dino mas eles não deixam -
pensou o garoto olhando para o elfo.

--------------------------------------------------------------------
NARRAÇÃO
FALAS
PENSAMENTOS
---------------------------------------------------------------------

71 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 10:55 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ctaaciug, havia notado a chegada de Robert, mas ele notou que havia de errado, e resolveu ficar quieto para não alarmar ninguém.

Foi quando então Marina começou as apresentações.

E vendo depois o caso do aparecimento da elfa doméstica, ele escuta o sussurrar de Robert

Robert de Boron escreveu:-Olha só eu acho que sei como achar você-sabe-o que Ctaaciug depois eu te falo com mais detalhes

-Ótimo Robert, depois você me fala quem ou o que você estava perseguindo até chegar aqui, eu sei que você não quer alarmar ninguém, mas sabe que pode contar comigo.

Sussurra ele em retorno.

E ele diz para os presentes algo mais lúdico

-Eu imagino o potencial que os elfos, teriam se usassem varinhas, sendo o poder mágico deles, equivalente ou superior ao nosso, deve ter sido isto um dos motivos que levou a proibição de varinhas para qualquer ser não-humano consciente no Reino Unido.

-Parece que vai ser um amanhecer muito agradável hoje, ao lado de tão distintas companhias.

-Alguém quer que eu toque violino para iniciar o dia de uma maneira mais musical? Podemos usar um feitiço para que o som não atrapalhe os outros.

72 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 11:38 am

Alice B. Romanoff

avatar
Pensamento
Fala
Feitiço

Narrativa





Ctaaciug era realmente muito inteligente, como previsto. Isto não chegara a uma visão como as que Alice era habituada a ter quando morava na capital russa, mais aquilo foi um palpite e tanto. Parecia que foi o único que reconheceu o sobrenome de sua família. Era sim, descendestes de nobres Czares, seria uma das famílias mais ricas da Russia. Porém, seu pai, o membro mais ilustre dessa descendência, estava morto e esta não se preoculparia com meras formalidades antigas.

- Ah, sim, mas isto é passado. Hoje em dia, ninguém se importa com os Czares.- respondeu Alice, não queria lhe causar uma má impressão. E nem poderia, talvez seria a que menos usa o poder de seu nome a seu favor.- Mas adoraria que me apresentasse Hogwarts, ela parece ser bonita e cheia de mistérios. Falando em misté....

Alice não teve a oportunidade que acabar de falar. Um jovem de corpo escultural chegara na sala comunal com a varinha em punhos. Parecia estar cansado e correndo. Ele, então, menciona um vulto.

A escola está ficando cada vez mais interessante ... Vultos, isso é porque eles nem viram nada de Durmstrang - Meditou Alice. Logo após isto ele novamente menciona algo de extremo interesse dela, visões, seria esta a única capaz de prever o futuro ou ele possuía também este, no mínimo aterrorizante, poder ?

O clima ficara um pouco tenso e para lhe dar continuidade, uma bela garota continua. Era Marina e era extremamente educada, ou era sua obrigação. Alice somente esperava pela primeira opção. Marina apresenta o estranho garoto que chegou e Alice somente lhe disse um tímido " Olá " e abriu um sorriso sincero.

- Não ligue, eu sei muito bem como é ser anormal, então, eu não me importo com isso. - Disse Alice, com seu sotaque russo. Alice também não deixara de notar que ele sussurrou algo para Ctaaciug. Esta, não conseguira ouvir e nem conseguir ler seus lábios, mas desejara ter lido.

Ele se vira e olha para Marina, Alice, instantâneamente percegue seu olhar. Havia um elfo. Assim, Ct. menciona algo, porém a mente de Alice estava muito distante para saber o que era.



Última edição por Alice B. Romanoff em Ter Ago 04, 2009 3:08 pm, editado 1 vez(es)

73 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 11:48 am

Graziela Fernandes

avatar
Ainda de roupa de dormir, só com uma jaqueta para espantar o frio da madrugada e com cara inchada, Graziela aparece na sala principal da Lima Ministerial, onde os seus amigos estavam fazendo uma festinha, que acabou impedindo Graziela e dormir direito.

-Cheguei e não muito feliz...estou tentando dormi a muito tempo e por culpa de vocês não estou conseguindo!-Graziela bocejou e foi se sentar no sofá- Já que estou aqui e vocês não me deixaram dormir...vamos festejar...! Claro que sem fazer muito barulho se não estaremos fritos, e eu não estou nem um pouco afim de pegar alguma detenção ou coisa do tipo!

Graziela mal conseguia pensar de tanto sono que estava.

74 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 3:31 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts

-Anormal não sei se é a palavra eu diria diferente dos outros, mas não estendi o que você quis dizer com que você também sabe o que é se sentir assim, Alice por acaso você também tem...

Na mesma hora Grazi desce as escadas reclamando o que mal conseguia fazer por causa de tanto sono que estava após reclamar a garota fala algo que Robert sabia muito bem o que queria dizer "Detenção" uma palavra que ele já escutou algumas vezes,
·.
-Depois a gente fala melhor sobre isso, não sei por que, mas temos uma coisa muito em comum.

Robert novamente se aproxima de Ctaaciug e sussurra no ouvido do rapaz

--Eu posso estar enganado, mas essa garota também tem visões, eu só não sei se ela sabe as controlar, se ela souber eu vou pedir umas lições pelo o que aconteceu eu vou precisar meu caro amigo.

Assim que se vira Robert olha para Alice por alguns minutos logo depois se poe a falar

-Concordo com a Graziela eu também não quero levar detenção, já me meti em muita confusão por uma noite não quero maisRobert se dirige até o sofá e se senta ao lado de Graziela que a cada minuto bocejavaOlha se essa “festança” não começar a Graziela vai acabar dormindo – ele solta um leve sorriso para os demais colegas

-Marina já que seu elfo vai trazer chá que tal ele depois trazer alguns biscoitos, ai a gente conversa enquanto toma chá e come biscoitos um típico chá inglês, seria bom se o elfo participasse também não é justo é trazer um “monte de coisa” e não participar.

75 Re: Sala Principal em Ter Ago 04, 2009 6:05 pm

Graziela Fernandes

avatar
Graziela mal conseguiu ouvir o que Robert estava falando, só concordou fazendo um movimento com a cabeça.

Mas em questões de segundos, ao ouvir as palavras “chá” e “biscoitos” em uma só frase, Graziela desperta.

-Mari...aproveita pede para ele trazer um limão! Adoro chá com limão!Por favorzinho...-disse Graziela olhando com os olhos brilhando para a amiga seguido de um sorriso.

76 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 4:56 am

Marina Angela

avatar
Ruitz surgiu trazendo o chá e os biscoitos, bem como algumas guloseimas mais, inclusive o suco de limão já preparado em uma jarrinha de fina porcelana branca. Ela sempre fora assim. Antecipava os desejos dos donos da casa. Mas se tinha coisa que ela se ofendia mortalmente era ser tratada como um igual. Marina suspeitava que ela se achava superior a eles, e quem poderia dizer que não.








-Bom colegas, atacar.... - adorava viver no mundo bruxo e nas mordomias que ele oferecia. Pensou enquanto devorava um biscoito crocante e colocava chá na sua xícara.




Última edição por Marina Angela em Qua Ago 05, 2009 4:42 pm, editado 2 vez(es)


_________________

77 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 10:23 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Fui ignorado, vamos aproveitar então o chá. Rolling Eyes Pensa Ctaaciug.

E sentado pega uma xícara e o adocicado aroma lhe invade as narinas, quando pega a delicada peça de porcelana com o chá.

-Aproveitando que estamos todos juntos, eu gostaria de propor uma questão, o que faremos em relação ao perpetrador, que tem alarmado e atingido nossos colegas?

Ele não pode andar incólume por muito mais tempo, e afinal temos uma coisa, que parece estar em falta nos distintos procedimentos de busca.


Ele pega sua varinha, e a apontando para cima, diz:

-Serpensortia; Serpensortia.

Spoiler:

-Criatividade.

E enquanto as serpentes voam dançando, deviantes pela sala, ele continua.

-Eu ainda não consigo expressar toda a beleza e majestade delas, quem sabe em breve? Mas retornando ao assunto, muitas pistas foram ignoradas, ou proteladas, nesta investigação.

-Como, por exemplo, sabemos que o perpetrador, é um adulto desta escola, pois ele sabe muito do modus operandi de todos os alunos, e a escolha e captura de suas vítimas demonstram um conhecimento ímpar do comportamento e procedimento das vítimas e da escola, ele não está sob efeito de poção polissuco, ou transmutado, pois se fosse, não teria tanto cuidado em se disfarçar, em ocultar sua identidade de maneira primitiva.

-Mas uma coisa, que eu não entendo, é o porquê a memória dos atacados, foi ignorada, uma memória em uma penseira é uma sensação completa dos cinco sentidos, e eu estou pensando em som e cheiro, mais especificamente.

-Por exemplo, existem procedimentos, sejam transmutações ou poções, que podem ampliar nosso sentido olfativo ao ponto dele ser discriminatório, e o cheiro do nosso alvo é uma característica muito particular, que pode servir de ponto de falha em seu disfarce.

-O segundo ponto a se atentar seria a voz dele, que mesmo se for alterada, pode ser gravada, filtrada, e comparada, com a voz de nossos suspeitos, inclusive com equipamentos trouxas, o que indica que não é um procedimento tão complexo, uma vez que a lista dos mesmos não é tão extensa.

-Além de termos uma serpente no local, conforme o relato de algumas vítimas, e temos ofidioglotas aqui mesmo na Liga Ministerial, seria interessante, ela ouvir o sibilar, para ver se surge alguma informação importante, afinal nenhuma pista é insignificante o suficiente para ser descartada.

-Então novamente eu questiono, porque ele ainda não foi encontrado? E o que podemos fazer sobre isto.



Última edição por Ctaaciug Xyeetnuut em Qua Ago 05, 2009 3:30 pm, editado 1 vez(es)

78 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 2:27 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
NARRAÇÃO
PENSAMENTOS
FALAS

=----------------------------------------------------------------------

Robert continuava sentado ao lado de Grazi enquanto o chá era servido e Ctaaciug falava.

-Será que eu falo sobre o que aconteceu?pensou Robert que por alguns instantes volta na noite de Boas vindas e se recorda do sonho ou pesadelo que teve

Então novamente eu questiono, porque ele ainda não foi encontrado? E o que podemos fazer sobre isto.


Assim que Ctaaciug para de falar Robert devagar se levanta ainda com a xícara de chá em uma mão e um biscoito na outra ele termina de comer o biscoito e coloca a xícara na mesa e vai até a lareira, olhando o fogo atentamente Robert se poe a falar

-Tenho que te confessar Ctaaciug que eu não entendi quase nada do que você disse, mas sei por onde começar – Disse Robert em um tom mais sério, ele faz uma pequena pausa para respirar fundo e volta a falar Não estamos lhe dando com um inimigo qualquer, quem quer que ele ou ela seja é muito mais esperto do que pensamos, mas tem uma coisa que me entriga nisso tudo quem quer que seja essa pessoa o senhor Deacon a conhece pelo menos eu acho.

Robert se vira e vai em direção aos amigos e se senta novamente no sofá.

-Olha o que eu vou contar não pode sair daqui ok? Na noite de Boas vindas não sei se vocês se lembram do alvoroço que aconteceu eu passei mal e acabei desmaiando, só que não foi um desmaio qualquer provavelmente foi por causa da visão que eu tive provavelmente do futuro não sei, nessa visão eu estava jogado no chão imundo, estava em um lugar desconhecido, esse lugar era muito comprido e mal iluminado. Altas colunas de pedra entrelaçadas com cobras em relevo sustentavam um teto que se perdia na escuridão, projetando longas sombras negras na luz estranha e esverdeada que iluminava o lugar. Também tinha um homem ele estava de costas para mim, um pouco distante até. Ele usava uma capa negra e chapéu cônico na mesma tonalidade, olhava um pergaminho velho em suas mãos, um pergaminho que tinha manchas escuras e desconexas, ele parecia ler alguma coisa, mas eu não vi o que exatamente, quando contei ao Deacon ele me pareceu muito interessado nisso e quando o perguntei o porquê do interesse ele veio com uma conversa esquisita de que “Ele estava interessado em saber se eu estive lá, pois alguns poucos bruxos na puberdade geralmente têm acessos de visão futura... E que eu podia ser o objeto de estudo dele” então Alice se o que eu estou achando for verdade de que você também pode ver o futuro tome cuidado com ele, por falar nisso de manhã eu tenho que pegar mais poção com ele a minha acabou e eu sinto que vou precisar de mais.

Assim que Robert para de falar ele olha para os colegas por um momento um grande e longo silencio tomou conta da sala.



Última edição por Robert de Boron em Qua Ago 05, 2009 4:08 pm, editado 1 vez(es)

79 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 3:34 pm

Graziela Fernandes

avatar
Graziela se levando para servir o chá, mas olha com uma cara estranha para a jarra de porcelana que estava o suco de limão.

-Isso é suco de limão puro...ou tem, algo mais nele?-disse Graziela se servindo com o chá, colocando dentro da xícara uma metade de chá e outra metade de suco de limão, e em seguida vou para o seu lugar no sofá ao lado de Robert.

Graziela tomava com delicadeza o seu chá, para não queimar a boca, em quanto ouvia Ctaaciug falar, em seguida Robert toma a palavra.

-Olha gente...pode me chamar de louca...sei que não sou normal! Mas eu acho que quem esta dando a louca por ai na escola tem uma ajuda do outro planeta...- Graziela faz uma pausa para tomar mais um gole do chá-pode ser loura minha...mas isso não sai da minha cabeça por nada desse mundo...é aquele negocio que eu ja disse...

“...é aquele negocio...”, Graziela travou antes de termina a frase e antes de falar alguma besteira.

80 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 5:17 pm

Marina Angela

avatar
Marina olha de um para outro aturdida. Parecia estar lendo um conto onde algumas páginas haviam sido arrancadas aleatóriamente. Ou seja, não estava entendendo nada. O chá seguia esfriando na xícara. Olhou para Ctaaciuug, parece que o momento deles havia realmente terminado e o encanto se quebrado.

Mas bastou falarem no curandeiro que ela ja foi tomando as dores dele e ficando indignada. Só porque ele tinha um jeito retraido seria o culpado de tudo?

- Gente, não estou entendendo vocês. O que você conta Robert é muito , mas muito curioso. Você teria como desenhar para nós esse lugar? Poderiamos mostrar para algumas pessoas no Ministério ou até mesmo nesta escola. Eu gostaria de mostrar para alguns professores. Você acha isso possível? Alguém tem acesso a uma penseira? Poderiamos ver o sonho do Robert se ele nos permitissem.

Parou para pensar, achou estranho citarem uma cobra, não lembrava de nenhuma das vitimas terem falado em cobras.

- Vocês tem certeza sobre a cobra? Eu mesma falei com Britney, a primeira vitima e depois com Charlotte, e não lembro de ter sido relatado a presença de uma cobra. Vou verificar com a vitima mais recente se esse fato confere.
Sorriu ao ouvir a pergunta de Grazie. A querida amiga parecia realmente amuada por ter sido acordada.

- E sim, Grazie, é só suco de limão. Encantado para não oxidar e escurecer. Mas o que precisamente você quer dizer com " aquele negócio"?

Marina queria parecer forte, mas andava a cada dia mais apavorada. Não daria o braço a torcer, conhecia Isaac melhor do que ninguém que estava naquela sala. O modo protetor como ele se dedicava a ela não combinava com a pessoa brutal que atacava os colegas. No entanto muitas coisas apontavam para ele. Como as seringas com sangue na sua mesa no dia do Baile de Fantasias e o perfume embriagante que ele usava depois do banho. Seus cabelos ficaram impregnados com ele por dias e dias, mesmo lavando-os com frequência.

- Ctaaciuug, quando você fala em memórias olfativas, e eu considero a minha muito boa, tem idéia de como poderiamos comparar os odores e aromas sentidos pelas vitimas com os que existem aqui pelo castelo?


_________________

81 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 5:42 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Assim que Grazi coloca sua opinião na conversa Robert da um leve sorriso e se poe a falar

-Seria interessante se essa pessoa tive-se realmente ajuda de outro planeta, mas eu descarto essa hipótesi, mas que seria interessante seria

Logo depois Marina se poe a falar e Robert a escuta atentamente



- Gente, não estou entendendo vocês. O que você conta Robert é muito, mas muito curioso. Você teria como desenhar para nós esse lugar? Poderíamos mostrar para algumas pessoas no Ministério ou até mesmo nesta escola. Eu gostaria de mostrar para alguns professores. Você acha isso possível? Alguém tem acesso a uma penseira? Poderíamos ver o sonho do Robert se ele nos permitissem.


Por um momento Robert ficou sem saber o que falar, mas logo as palavras começaram a sair.

-Posso desenhar esse lugar sim Marina ou pelo menos acho, só espero que as pessoas no Ministério acreditem em nós ou num simples desenho, mostrar para os professores é quase possível temos que mostrar apenas para os professores que temos certeza ou quase de que vão fazer diferença e investigar se for o caso, já a penseira meu pai tem uma em casa ele a deixa escondida na biblioteca, eu só não sei se ele deixaria a gente usa-la, mas qualquer coisa a gente passa o fim de semana lá e ai aproveita para usar a penseira escondido, eu posso pedir ajuda para o meu pai como ele trabalha no ministério na parte de investigações fica mais fácil.

82 Re: Sala Principal em Qua Ago 05, 2009 6:11 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Após tudo, ele responde a colocação da Marina.

Marina Angela escreveu:- Ctaaciuug, quando você fala em memórias olfativas, e eu considero a minha muito boa, tem idéia de como poderíamos comparar os odores e aromas sentidos pelas vitimas com os que existem aqui pelo castelo?

-Eu esperava que você se manifestasse Marina, isto é uma característica de talentos e prodígios da área que você tem se demonstrado fluência, bela musa, o preparo de poções.

-A maneira mais simples seria conseguir a memória das vitimas, comparar o cheiro que elas sentiram através da penseira, ver se tem algo em comum, algum indicativo da função que o perpetrador tem na escola, como o cheiro de relva para um guarda caças, ou um misto de cheiros para alguém que trabalha com poções. Depois seria simplesmente se aproximar o suficiente para comparação e erro dos suspeitos, pois é a opção mais discreta que posso pensar no momento.


E diante da fala de Robert, ele diz:

Robert de Boron escreveu:-Posso desenhar esse lugar sim Marina ou pelo menos acho, só espero que as pessoas no Ministério acreditem em nós ou num simples desenho, mostrar para os professores é quase possível temos que mostrar apenas para os professores que temos certeza ou quase de que vão fazer diferença e investigar se for o caso, já a penseira meu pai tem uma em casa ele a deixa escondida na biblioteca, eu só não sei se ele deixaria a gente usa-la, mas qualquer coisa a gente passa o fim de semana lá e ai aproveita para usar a penseira escondido, eu posso pedir ajuda para o meu pai como ele trabalha no ministério na parte de investigações fica mais fácil.

-Bem, concordo que nossas opções de investigação são pequenas, mas as características do lugar que você citou, tem uma coisa nela que me evoca teoria de pacto ou evocação, algo que faça referência a uma força, ou a uma teoria, é uma pena que a maior especialista de pacto da escola, se recuse a falar conosco sobre este assunto, pois somos “jovens demais”, mas deve ter em algum registro, algo sobre uma sociedade ou culto que carregue este símbolo, pois esta construção, supondo que ela fique no Reino Unido, deve ser bem incomum, pois serpentes não são figuras simbólicas tão comuns, fora de alguns círculos específicos nesta nação.

-Mas só vamos ter mais pistas se começarmos a agir, por isto o tempo urge antes que os ataques façam vítimas definitivas, pois o último foi visualmente lesivo.


E bebe mais um pouco do chá, mas suas pupilas não conseguem deixar de se dilatar, mesmo sem a oscilação de luz, quando ele olha para a Marina. Embarassed

A biologia, algumas vezes diz o que a consciência não percebe.

83 Re: Sala Principal em Qui Ago 06, 2009 2:35 am

Alice B. Romanoff

avatar
O chá finalmente começara. Algumas pessoas iam chegando, mas como pareciam que não queriam ser encomodadas, Alice preferira não pertubá-las. Ctaaciug foi o primeiro a falar e enquanto isso, Alice ficava quieta. O Sr. Xyeetnutt falava sobre um perpretador e Alice o imaginava calmamente. Pelo o que saía da boca do garoto, este era sagaz, rápido, falso e sabia cada fraqueza de cada estudante. Este também dizia sobre este ser um provável adulto.

O próximo a ter a palavra era Robert. Este se levantara com a chícara ainda nas mãos. Este falava rápido, mas Alice tentara acompanhá-lo. A situação era clara: Ele desmaiara na Festa de Boas Vindas, e que a russa não estava. E que, devido às habilidades de clarividência, alguém chamado de " Deacon" poderia estar interessado.

Após o silêncio, Graziela fala sobre um "negócio". E Alice fica interessada. Sua meditação sobre o "negócio" foi interrompida quando Marina Angela recomeça a falar. Muitas coisas em sua fala a interessou como as vítimas, Britney e Charlotte, sua relação com Deacon, o homem que a jovem Romanoff deveria evitar e sobre a mémoria oufativa, assunto que havia começado pelo Cta.

Quando Marina acaba, Robert toma a palavra. Seria provável fazer um desenho. Mas ele somente esqueceu de um detalhe na clarividência: " A mente vê o que ela deseja ver". Não deveriam enviar um desenho para o ministério da magia, iria ser despachado em minutos. Depois disso, Xyeetnuut recomeça a falar e faz uma construtiva observação sobre o lugar, se este estiver correto. Assim que este acaba, Alice pôe um pouco de chá em sua xícara, mas ao invés de bebê-lo, ela começa a falar.

Sua voz saía rouca de ter ficado tanto tempo sem pronunciar uma palavra. Ela queria falar tudo que havia observado- e iria. Aquele assunto os preoculpava, e agora a preoculpava. Poderia ser apenas uma aluna novata do primeiro ano, mas tinha certeza em suas palavras.

- Bem gente, olha, eu estou aqui há pouco tempo, mas podem ter certeza que podem confiar em mim. Pelo o que vocês me disseram, noto um ótimo assassino. E provável ex-comensal da morte ou descendente de um. Sim, eles já foram extintos, mas seu ideal não. Ctaaciug acabou de nos contar que ele provavelmente não está usando nenhuma poção de transmutação, mas, e se ele quer que nós pensamos isso? E se ele não for adulto? Um Aluno, talvez? E se não, deve ser muito treinado e muito confiante. É nessa parte que entra a teoria de um comensal da morte. - Disse Alice, com seu habitual sotaque russo - Eu admito que fico intrigada sobre estas duas vítimas. Britney e Charlotte. Elas têm alguma característica em comum? Essa seria a primeira coisa que procuraria. Talvez ele esteja atacando somente um tipo de pessoas, ou está tentando nos fazer pensar isso.

E se calou. Bebeu um gole de seu chá e olhou para Robert antes de continuar.

- Sim, eu terei cuidado com Deacon. Mas também precisamos trabalhar nossas clarividências. Procurar na biblioteca sobre isso. Um desenho pouco comoverá os secretários. Mas um desenho e fatos, sim. Também devemos procurar um professor de poções confiável para saber todos os componentes da poção. Se ele for perigoso, ele pode estar te dando algue que possa lhe afetar e afetar sua clarividência. Acredite, amigo, isso só vai ficando pior contudo é extremamente útil e essa utilidade pode estar o assustando - Concluiu com um sorriu. Assim, esta continuou falando desta vez para Ctaaciug - Não todos os lugares, Ctaaciug, mas todos os lugares existem cobras e elas são temidas por todos os cantos do mundo. E devo lhes aconselhar que essa escola possui uma boa quantidade de alunos estrangeiros. Sem contar comigo.

E pegou um biscoito. Ela o fitava calmamente e cautelosamente. Talvez, antes de se aprofundar no oceano do futuro, se precise desvendar os mistérios do passado e para isso, Alice precisava saber quando esses ataques começaram a acontecer.

- Tenho uma dúvida e espero que me respondam. Quando isto tudo começou a acontecer? Teve algum acontecimento marcante que desencadeou isso? - Perguntou. Esta, então, espera pelas respostas de seus novos colegas. Isso tudo parecia ser um ótimo e interessante jogo de detetive, porém real.

------------------------------------------

Tá. Eu saí por MUITO tempo e não sei sobre quase nada. ENTÃO, vocês tem que ter paciência. Eu sou uma anta e não penso direito .^^.
Desculpa pela demora e talz. Tive que sair hoje.
Eu perguntei sobre as características similares entre a Britney e Charlotte e sobre quando isso tudo começou a acontecer. As outras questões são contestações. Vocês devem, por favor, desminti-las. Very Happy
Desculpem-me pela enorme quantidade de "E ...", havia muita coisa para ter que resumir. SORRY!

84 Re: Sala Principal em Qui Ago 06, 2009 7:36 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Alice B. Romanoff escreveu: Bem gente, olha, eu estou aqui há pouco tempo, mas podem ter certeza que podem confiar em mim. Pelo o que vocês me disseram, noto um ótimo assassino. E provável ex-comensal da morte ou descendente de um. Sim, eles já foram extintos, mas seu ideal não. Ctaaciug acabou de nos contar que ele provavelmente não está usando nenhuma poção de transmutação, mas, e se ele quer que nós pensamos isso? E se ele não for adulto? Um Aluno, talvez? E se não, deve ser muito treinado e muito confiante. É nessa parte que entra a teoria de um comensal da morte. - Disse Alice, com seu habitual sotaque russo - Eu admito que fico intrigada sobre estas duas vítimas. Britney e Charlotte. Elas têm alguma característica em comum? Essa seria a primeira coisa que procuraria. Talvez ele esteja atacando somente um tipo de pessoas, ou está tentando nos fazer pensar isso.

-Com certeza, jovem Romanoff, confio em ti, pois do contrário, não teria principiado esta conversa em sua frente. Sobre as vítimas a uma única característica que as une por um laço, é que todas pertenciam a casa do magos das folhas, os sonserinos e por isto tinham como pré-requisito seram de sangue-puro, ou seja geneticamente alinhados com uma linhagem completa de bruxos, sendo o símbolo desta casa a serpente, a associação com o sonho do Robert, se torna mais evidente

-A palavra comensal da morte, jovem dama, já não é usada a mais ou menos 60 anos, e ainda não temos motivos para ressucitá-la ainda, sobre a possibilidade de ser um aluno, acho dificil, pois os ferimentos, não foram coisa de amadores talentosos, ou de recém treinados, foram inflingidos com intenção, seja para causar dor ou medo, trabalho de um artista profano da carne experiente.

-E mais um detalhe, importante, na última vítima, um amigo nosso, ele foi particularmente violento com ele, quase que não seguia seu modus operandi, foi como se estivesse perdendo o controle, não houve propósito a não ser ferir, como se tivesse algo mais pessoal contra ele, mas isto é só impressão.

-Sobre ele estar tentando nos enganar ou dissuadir nosso pensamento, também acho improvável, mas isto é mais instinto, então podemos imaginar o seguinte, de posse da memória, podemos observar o tamanho da varinha, que é uma das características distintivas da empunhadura da mesma.

-Com esta informação, podemos pesquisar no fabricante de varinhas se algum dos adultos/supeitos, tem uma varinha com esta medida, pois a maioria deles é do Reino Unido, e se não tiver alguém com esta característica, também é uma pista, pois indica que o portador da varinha não a fez aqui.


Alice B. Romanoff escreveu: Tenho uma dúvida e espero que me respondam. Quando isto tudo começou a acontecer? Teve algum acontecimento marcante que desencadeou isso? - Perguntou. Esta, então, espera pelas respostas de seus novos colegas. Isso tudo parecia ser um ótimo e interessante jogo de detetive, porém real.

-Você é perspicaz ao querer trabalhar seu dom, Alice, mas a ausência de precognição de vocês, também é uma coisa que me alivia, pois se nosso adversário estivesse próximo de concluir seu ojetivo, grande seria a chance que a visão de vocês se manifestaria clara, pois algo me diz que ele tem um grande objetivo, por aqui.

-E não teve nada de marcante a não ser a oportunidade, o primeiro ataque foi durante um baile de máscaras no ano passado, não teve nenhum fenômeno no céu, na terra, ou no crepúsculo que eu tenha notado.

-Só mais um detalhe, temos excelentes divinadores na escola, mas nenhum vidente adulto que eu saiba, então o treinamento vai ter de ser mais auto-ditada, infelizemente.


Off: No problem, Alice. Cool

85 Re: Sala Principal em Qui Ago 06, 2009 10:11 am

Graziela Fernandes

avatar
Graziela se levanta para espreguiçar, mas se senta logo em seguida olhando para Marina.

-Não leva em consideração o que eu falei, estou com sono...e quando estou com sono falo coisas estranhas! Falo coisas mais estranhas que você Ctaaciug!-Graziela não resistiu e fez essa piadinha de mal gosto, sobre o colega que as vezes faz e fala coisas estranhas.

Todo mundo que estava na sala começou a falar sobre coisas que Graziela não estava prestando muita atenção, apesar de saber do que se tratava, continuava escorada, os seus olhos estavam pesados, mas não conseguia dormir.

86 Re: Sala Principal em Qui Ago 06, 2009 4:42 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Esta frase vindo de alguém tão bela e com uma voz tão musical, eu considero um agradável elogio, Grazi.

-Pena que seus olhos nunca miraram os meus, mas quem sabe um dia eu ainda consiga remediar isto? Wink


Diz, ele em um tom leve, mas olhando para os olhos dela.

87 Re: Sala Principal em Qui Ago 06, 2009 10:38 pm

Graziela Fernandes

avatar
Graziela olha para Ctaaciug e não contenta e solta uma das suas escandalosas gargalhadas sem dizer uma só palavras.

Sabia da fama de galanteador do colega.

88 Re: Sala Principal em Sex Ago 07, 2009 3:23 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert escuta atentamente o que Alice diz e fica atento a tudo o que os outros colegas dizem assim que o silencio volta a reinar na sala Robert se levanta bruscamente do sofá passando por Grazi rapidamente e se abaixa em frente a lareira.

-Ctaaciug tem razão vamos agir, sem demora, Robert pega seu relógio de bolso e olha as horas e o volta a guardar, pelo horário meu pai já estar acordado vou ver se consigo falar com ele usando a lareira, por favor, eu peço só um momento de silencio eu preciso estar bem concentrado pra que esse feitiço de certo.

Robert se cala por um tempo com os olhos fechados e com a varinhas em mãos ele recita um breve feitiço as chamas da lareira pereceu dançar suavemente e belamente logo o rapaz começa a falar com seu pai

-Ainda bem que eu consegui entrar em contato com você pai

Um rosto não muito contente, aparece em meio as chamas da lareira.

-Robert o que faz acordado a essa hora e porque você esta usando a lareira como meio de comunicação se alguém te pega você vai estar numa bela encrenca.
-Eu sei agora por favor me escuta com atenção pai, será que eu posso levar alguns amigos pra passar o fim de semana ai em casa
-Eu não acredito que você está quebrando uma regra pra perguntar isso, mas tudo bem pode sim eu vou enviar uma coruja ao diretor avisando e pede para seus amigos avisarem os pais deles também ok?
-Muito obrigado pai.
-Robert eu conheço você e não me chamou para perguntar só isso o que esta acontecendo?
-Não tenho tempo pra falar o que esta acontecendo mas assim que chegarmos a gente conta tudo e provavelmente vamos precisar da sua ajuda pai.
-Ve lá no que vai me meter Robert
-Não se preocupa pai, agora eu tenho que ir até o fim de semana.
-Até Robert

A imagem da lareira some Robert volta para seu lugar e se senta, enquanto colocava mais chá na xícara com um pouco de suco de limão e se poe a falar.

-Esta tudo resolvido com meu pai pra passarmos o fim de semana lá se vocês quiserem é claro, ótima idéia a sua Alice, amanhã de manhã não vou ter aula então se puder me encontra na biblioteca amanhã pra ver se conseguimos qualquer coisa que nos ajude a trabalhar essas clarividências tudo bem? Agora isso de que o Deacon poça estar me dando uma poção que afete as minhas visões pode ser verdade e vou seguir seu conselho vou levar uma dessas poções para que ela possa ser estudadas por um especialista e eu sei quem pode ver isso a professora Leila Briant é a nova professora de poções e é muito boa com as mesma.

Robert para de falar e toma seu chá



------------------------------------------


NARRAÇÃO
FALAS: ROBERT, PAI

89 Re: Sala Principal em Ter Ago 11, 2009 1:02 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Ótimo já temos um plano de ação então, com licença preciso meditar antes do amanhecer, para melhor me preparar para o dia que se aproxima, que como os outros parecerá tempestuoso, ou silencioso, o que pode ser pior pois isto é muitas vezes um proverbial prenuncio de uma tempestade ainda maior.

-Com licença, grato pelo chá Marina e grato pela companhia a todos.


Off:[Para a twilight zone]

90 Re: Sala Principal em Ter Ago 11, 2009 2:48 pm

Marina Angela

avatar
- Olha, o assunto esta realmente muito interessante, mas já está tarde - espreguiça o corpo como um gato malhado deitado ao sol - você pode ocupar qualquer um dos quartos vazios Alice, basta depois me dizer qual foi o seu escolhido, mas se por hoje a noite você quiser ficar no nosso quarto - olhou para Grazie pedindo sua autorização com os olhos - temos uma cama extra que já esta com suas devidas roupas de cama.

- Você podia acompanhá-la Grazie ? Ainda tenho um assunto pendende a resolver.

Retirou-se , cumprimentando a todos e abraçando a Robert, que tinha chegado por último. Sussurrou algo em seu ouvido e acenou para os demais antes de sair da sala em direção aos outros aposentos da Liga.


_________________

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 4]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum