Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Twilight Zone (quarto de Ctaaciug Xyeetnuut e Robert de Boro

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ao chegarem no dormitório Robert vai até o cofre e o abre, lá de dentro ele tira uma pequena caixa contendo algo dentro, ele vai até Ctaaciug e mostra a pequena caixa a ele.


-Cada face que tem nessa caixa é de um antepassado meu por isso quero que você tome conta não só do que esta dentro da caixa mas também da caixa, aqui dentro tem três frascos de poção Veritasserum, não se preocupe não são da escola são do meu pai ele possui um arsenal inteiro dessas coisas, eu peguei quando aida estava como o Deron e ficou guardado desde então pra mim eles não terão utilidade por isso quero que fique com você, só não pode deixar com que caiam em mãos erradas acredite em mim quando falo que essas poções são bem perigosas em mãos erradas e então você aceita ser o "guardião delas.

Robert entrega a caixa a Ctaaciug

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Grato Robert, eu vou tomar conta delas e com certeza, elas serão como o limbo para as mãos erradas, elas não existirão para eles.

-Mas você sabe o risco que é você ter trazido elas para aqui, sendo elas controladas, é contra os regulamentos da escola.

-Ou seja, foi uma atitude super legal, Very Happy se conseguir um vira tempo, me avise tenho de reconstruir a história e me deslocar para realidades alternativas. Wink

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert solta um leve riso do que o amigo havia dito e se põe a falar.

-Olha Ctaaciug eu não sei se eu conseguiria um vira tempo eles são objetos um tanto raros meu pai tem um mas deixa guardado a sete chaves quando ele não quiser mais e me der o vira tempo eu dou ele pra você combinado?

-Agora vamos temos que chamar a Marina pra ir com a gente em Hogsmade.



Última edição por Robert de Boron em Qua Jul 22, 2009 9:03 am, editado 1 vez(es)

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ctaaciug vai até uma gaveta onde estavam algumas coisas de poções e pega uma lâmina de laborátorio, daquelas que se guardam amostras.

Chega perto de Robert e diz:

Robert, você confia em mim?

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert estranhou o comportamento e a pergunta do amigo

-Claro Ctaaciug e porque eu diria não, você confiou em mim tantas vezes

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Ótimo, então eu vou te pedir ajuda, para algo importante.

Ele aponta sua varinha para seu dedo indicador e diz:

-Diffindo.

E um pequeno filete de sangue, que se torna uma gota, e cai na lâmina é lacrada logo depois.

-Este é meu dna, talvez seja preciso algum dia que um dê cobertura para o outro, então já tem material genético suficiente para uma morfose completa, ou clonagem, dependendo do caso.

-Mas isto não é a única coisa.


E olha nos olhos de Robert.

-Robert, você sabe como a nossa sociedade preza símbolos, e com a total mudança dos fluxos de energia, que a escola sofreu com esta reestruturação, eu temo que velhas trancas que funcionavam, não mais funcionem, pois Hogwarts foi construída em cima de um poderoso nodo de magia, um lugar de forte influência mágica, o que os japoneses chamam de ninhos de dragões, ele foi construído em harmonia com esta energia, mas agora está tudo bagunçado.

-Por isto nossas percepções, são tão afetadas dentro dos muros deste castelo alquímico. Mas o ponto que eu quero chegar, é que esta mudança pode possibilitar que nós encontremos os itens dos fundadores, as peças que tem a magia original, dos magos que fundaram este lugar. O atame de Gryffindor é o que tem a maior chance de ter a maior magia, pois é historicamente o único inteiro. Por isto eu preciso de sua ajuda Robert, eu vou falar com alguns professores sobre onde eles suporiam que estivesse, se começassem uma busca, mas eu preciso de um herdeiro da casa dos magos do fogo, para que ele se manifeste e com sua percepção extra-tempôrea vai ser mais simples ainda achar este artefato.

O que me diz?

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert escutava acada palavra e observava cada gesto de Ctaaciug.
Ele já ouvira histórias desse tipo mas nunca achou que pudesse ser verdade apos escutar o que seu amigo diz Robert fica andando de um lado para o outro.
Ele vai em direção a janela e olha todo o terreno de Hogwarts atentamente e se põe a falar


-Espero que você saiba o que esta fazendo, esse artefato ou esses artefatos podem estar em qualquer lugar, mas pode contar comigo não deixaria um amigo na mão se eu o fize-se não me perdoaria nunca.

Robert se vira e vai em direção a Ctaaciug com e o comprimenta e aida segurando a mão do mesmo ele diz

-Pode contar comigo para o que der e vier meu amigo

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Tem razão Robert, mas já jogou um jogo trouxa chamado RPG?

-Você é um divine avenger e eu um warlock (vestigial pact), esta escola é nossa primeira dungeon, então vamos começar a explorá-la com nossa totalmente não otimizada, mas muito radical dupla, mas precisamos de mais gente para nossa equipe, com o tempo.

-Principalmente garotas. Cool

-Aliás isto também me faz lembrar de uma coisa, regra nova no quarto, que vou colocar em votação agora, toda vez que alguém trouxer uma garota para o quarto, para “jogar xadrez”, ou “ler Hamlet”, quem chegar primeiro acompanhado fica com o quarto, o outro vai dormir na sala principal e arruma desculpa para os monitores.

-Feito? Cool

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Aliás, isto também me faz lembrar de uma coisa, regra nova no quarto, que vou colocar em votação agora, toda vez que alguém trouxer uma garota para o quarto, para “jogar xadrez”, ou “ler Hamlet”, quem chegar primeiro acompanhado fica com o quarto, o outro vai dormir na sala principal e arruma desculpa para os monitores

Robert da uma leve risada ao combinado de Ctaaciug, mas não achava uma má idéia


-Feito, alias podemos integrar a Marina na nossa equipe o que acha? Ela é amiga de vários bruxos influentes aqui na escola e pode nos ajudar caso precisemos de ajuda o que provavelmente tem chance de acontecer. Você por acaso conhece a Lidily ela é ou era da Grifinória, ela também tem uma grande influencia sobre algumas pessoas da escola poderia ser uma grande opção de escolha para integrar a equipe temos o Jack, mas não tenho certeza se ele iria aceitar o resto vemos depois por hora vamos falar com a Marina o que acha?


- Temos também que explorar a escola sem que os professores desconfiem e sem levantar suspeitas dos outros alunos sobre o que vamos fazer ou isso pode causar um alvoroço na escola e fazer com que eles comecem a fazer o mesmo.



Última edição por Robert de Boron em Qui Jul 23, 2009 9:21 am, editado 2 vez(es)

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Boa colocação, a Marina será uma aquisição importante para nossa empreitada.

-Os outros também, mas principalmente concordo com os elementos de descrição necessário a esta busca.

-Vamos falar com ela.

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Agora mesmo, pelo horario a Marina deve estar na enfermaria.

-Vamos ter que achar uma boa desculpa para que o Deacon a deixe sair de lá.

-Assim que falarmos com a Marina vamos ter que traçar um plano de por onde vamos começar as investigações ou podemos cobrir um grande território no separando mas por hora vamos falar com a Marina depois pensamos nisso.

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Certo, mas primeiro vou conversar com alguns professores, me encontre daqui algum tempo nos corredores.

Avaliando o nosso grupo, temos um clarividente, você, alguém estranho que no caso sou eu, conhece algum ofidioglota? Temos de cobrir possibilidades. Cool

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Certo, mas primeiro vou conversar com alguns professores, me encontre daqui algum tempo nos corredores
-Conhece algum ofidioglota? Temos de cobrir possibilidades.



-Pode deixar eu encontro com você lá, eu vou ver se consigo captar alguma vibração que sea mais intença que o normal

-Agora ofidioglota eu não conheço nenhum, pelo menos não a nenhum na casa da Grifinória agora se tiver vai ser da casa de Sonserina mas eu vejo o que consigo descobrir mãos a obra

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Off:[Vindo da sala principal]

On:

Vindo da reunião da sala principal, Ctaaciug, gostaria de refletir sobre o que está ocorrendo, as coisas estão tão caóticas, quanto no ano anterior, mas pelo menos este ano uma oposição de uma forma mais coerente começa a se estruturar.

Este vai ser um ano de mudanças, mas sendo magia a arte da mudança, talvez seja um bom ano enfim.

Ele toma um banho, frio para despertar na manhã e saia enrolado na toalha, senta-se na cama e fica em posição de lótus, para esvasiar sua mente e encontrar um caminho, ele não sabe se deixou a porta aberta ou não.

Qual sua verdadeira vontade? Porque ele se colocou neste conflito? Por quem ou pelo que ele luta? E principalmente qual seu objetivo no futuro?

Uma imagem, aparece em sua frente.

Spoiler:

-Bom dia, Hefesto.

Marina Angela

avatar
Vinha da sala e ao passar pelo estranho quarto de Robert e Ctaaciug viu a porta entreaberta. A curiosidade sobre o conteúdo do quarto a fez parar de chofre. Mas nada podia prepará-la para a cena que viu assim que seus olhos se acomodaram no pequeno espaço entre a porta e o batente.

Não podia ver exatamente quem estava no quarto, mas havia uma pessoa sentada na cama e outra em pé a sua frente. Tentou ver melhor, mas para isso teria que abrir mais a porta e isso a denunciaria ali. Sabia que era errado espiar os outros, mas se a curiosidade já matou o gato, no caso dela poderia ser pior do que a morte,
porque o que ela via ali não parecia ser duas pessoas, mas uma pessoa e uma divindade. Esfregou os olhos, a noite sem dormir estava afetando seu cérebro. Já ia sair dali quando ouviu a voz de Ctaaciug dando boa dia a ... Hefesto???


-Hefesto. - Aquele nome a atingiu como um raio. - O deus grego também chamado de Vulcano. Senhor do fogo e dos metais. Mas o que ele fazia ali no meio do quarto dos rapazes?
-Parou de respirar, mas não sabia porque ainda se surpreendia em se tratando daqueles dois.

Paralisou, encostando sem querer o corpo no marco da porta, e gelou quando esta se abrindo um pouco, ofereceu uma visão mais clara do interior do quarto. No entanto os dois estavam tão entretidos na conversa, que não perceberam ela ali.


_________________

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Bom dia garoto e não, eu não vou dar aquela versão da sandália de Hermes que você pediu, para correr com aquele outro garoto mortal.

Ctaaciug olha para seus olhos flamejantes e diz:

-Porque vocês me negaram, a ampulheta de Cronus? Tudo seria tão mais fácil.

-Porque não é assim que funciona, cada ação é uma responsabilidade que você deve assumir, cada escolha é sua para moldar sua vida e não poderíamos permitir que tu enquanto mortal interfiresse de tal maneira no livre arbittrio de tantos outros.

-Mas não é justo, pessoas estão se ferindo.

-Sim, mas quem fez isto será detido e não é este o real motivo pelo qual você deseja isto, não é?

-Não...

-Eu gostaria de fazer ela sorrir, recuperando alguém perdido...


-Não é pertinente lhe concedermos o item sem esforço, garoto, mas nada impede de você forjá-lo, como da vez da caixa de pandora, que você fez uma versão temporária.

-Convide seu professor de feitiços para esta empreitada, e se ele não aceitar, começe por si só, vai demorar, mas é possível.

-A escolha e o desafio são seus, depois é só você conversar com Hades.


-Sim, realmente são.

-Grato Hefestos.


E a imagem desaparece, e ele novamente se encontra sozinho no quarto.

Ele se lembra de algo interessante hoje, as Perseídeas se encontram nos céus esta noite, talvez elas possam realizar seu desejo.

Com a uma daqueles impressões que gostamos de ignorar, como se tivesse alguém próximo, ele continua setado no cama.

-Se alguém deseja falar comigo sede bem vindo.

Diz sem se virar e sem saber se seria respondido.

Marina Angela

avatar
O que ele estava aprontando ela não fazia idéia, mas pelo tom de voz da conversa não parecia nada fácil aquela barbanha. Era obvio que ele buscava algo importante. Assim como ficou claro que não era para ele. O desprendimento de Ctaaciug em buscar algo para outra pessoa a comoveu. Esperava apenas que essa pessoa soubesse do que ele estava prestes a fazer e reconhecesse isso. Com certeza era alguém muito especial para ele. - Quem seria? - sua curiosidade foi interrompida pelo som das palavras do garoto, que mesmo sem se virar, proferiu:

-Se alguém deseja falar comigo sede bem vindo.


Não tinha mais como se manter oculta. A vergonha rosando suas bochechas e os olhos brilhando de vergonha por ter sido pega em flagrante delito de espionagem. Pior ainda, na verdade foi uma clara invasão de privacidade.

Receiosa de entrar nos dominios masculinos e pelo que ela podia ver , ele estava em vestes de banho ainda, apenas empurrou a porta como dedo para que ela se abrisse de vez e ficou escorada no batente, os braços cruzados ao peito, uma perna cruzada sobre a outra. Um postura típica de defesa e arraigamento.


- Culpada. Qual o castigo?

A risadinha foi de puro nervossismo e por mais que estivesse em apuros, uma palavra que havia sido dita anteirormente não saia de sua cabeça.

HADES

O que quer que ele estivesse imaginado relativo ao Deus do mundo inferior, com com certeza ele pagaria caro. - O que poderia ser tão importante a ponto de valer esse preço?


_________________

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Marina Angela escreveu:[size=16]- Culpada. Qual o castigo?

-A companhia deste deviante pensador, será teu castigo nobre dama, venha sente-se, pois meus domínios são também os teus, meu santuário também o teu.

E depois que ela se acomoda, ele diz para ela.

-Agradável sincronicidade ter te encontrado aqui, nobre musa, precisava lhe entregar uma coisa.

E sinaliza como se chamasse algo e então uma pequena estátua de um ser não-euclidiano que serve como chave para seu cofre, caminha/rasteja/flutua para ele e o tocando e proferindo uma palavra de ativação musical em acadiano, ele coloca a mão no que poderia ser confundindo com o ar e retira um pingente que mostra para ela.



-Para você, musa.

-Isto é uma chave de portal, feita especialmente com uma carga única, programada em caminho de ida e volta para a sala principal.

-Musa, com o perpetrador andando por aqui, eu acredito que tu és um dos potenciais alvos dele, não digo isto para lhe assustar, mas para alertar e como não posso estar sempre a teu lado, e os outros que também te querem bem, igualmente não, eu encomendei este artefato, baseando-me em um fato do modus operandi do perpetrador.

-Ele droga suas vitimas, e mesmo o mais poderoso tranqüilizante, em doses não letais deixa uma lacuna de quatro a seis segundos, de ação para a pessoa antes da inconsciência. Se você carregar este artefato em seus robes, e se sentir algo estranho ou se ver em uma situação de perigo, basta tocá-lo e estará na segurança de nossa sala principal.


Ele funciona uma vez para ir e outra vez para voltar. Ele vai de qualquer lugar para a sala comunal. Para ativá-lo, basta que o portador coloque o objeto na palma de sua mão e bata a varinha na chave de portal duas vezes, rapidamente, e pronuncie "iam asporto", que será levado imediatamente ao local programado. Para voltar ao lugar anterior, basta que toque novamente no objeto, sem pronunciar nada. Já está carregado nesta opção, basta então o toque de sua pele para a ativação.


E enrola em um pano e entrega a ela.

-Tu és preciosa demais para muitos, não posso negar que eu também me incluo nesta vasta lista, então gostaria que aceitasse este meu dom de ação pró-ativa para te proteger, pois tu não podes ser arriscada, mesmo eu sabendo que tu és uma poderosa guerreira.

-Mas se lembre outros também eram e foram capturados...


E aguarda a ação dela.

Marina Angela

avatar
Entrou entre confusa e encabulada e sentou na cama logo a frente dele, provalvmente a cama de Robert. Ainda como uma forma de defesa, e ela nem sabia exatamento do que, apanhou o grande e fofo travesseiro da cama e o colou em seu colo, abraçando-se a ele. Impregnando-o assim, com seu perfume e deixando a denuncía explicita da apropriação indevida do objeto.

A medida que ele falava ela ia se enternecendo. Sabia que ele era sempre galante com todas as moças do castelo. E que essa sua tendência - pelo que parecia nata - de seduzir a todas e encantar, a tornava imune a ele.

Porém naquele momento a sua preocupação pareceu original, o que fez lágrimas de pura gratidão surgirem em seus olhos.

- A peça é de extremo bom gosto, e eu não sei como agradecer - verdes fixos em azuis - preciso te confessar que ando cada dia mais apavorada e que não paro de pensar em como me livrar disso tudo - baixa agora os ohos dos dele, reduzindo o tom de voz quase a um sussurro - mas você foi a única pessoa que se preocupou comigo, e olha que nós mal nos conhecemos. Não deve ter sido fácil conseguir isso. Então isso vai ser muito especial para mim. Obrigado - a voz quase não saia , tamanha a emoção que ela sentia agora.

Ouviu atentamente tudo o que ele explicou sobre como o portal funcionava. Deixou de lado o travesseiro, levantando e se sentando na cama que ele estava, de costas para ele. Com uma das mão esgueu os longos cabelos, expondo a nuca alvissima, onde algumas pequenas mechas do cabelo ainda brincavam. - Você poderia fazer a gentileza de colocar essa preciosidade em mim? - a mão esquerda relaxada ao colo, evitou tocar o pinjente e ativar o portal por engano.

Sentia a mistura de sabonete , xampú e loçao pos banho que vinha dele. Era capaz de reconhecer cada nota que estava ali presente. Os dedos com a corrente entre eles, ao tocarem a pele de sua nuca a deixaram momentaneamente arrepiada.

- O que acontece se outra pessoa tocar neste colar enquanto eu estiver usando Ctaaciug? - perguntou para disfarçar que estava embaraçada.

Logo que sentiu a pedra gelar em seu colo, afastou-se da cama e voltou a sentar na outra. Agradeçeu mais uma vez e por fim outra. No final abraçou o colega e beijou sua bochecha, saindo sem olhar para trás. Se ele pudesse ve-la agora, não entenderia porque as faces dela ardiam tanto.


(off: Ct é incrivel, mas eu tenho um colar idêntico a esse, de verdade)


_________________

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Marina Angela escreveu: - mas você foi a única pessoa que se preocupou comigo, e olha que nós mal nos conhecemos. Não deve ter sido fácil conseguir isso. Então isso vai ser muito especial para mim. Obrigado


-Talvez nos conheçamos, a mais tempo que nossa memória material possa recordar bela musa.

Marina Angela escreveu: - Você poderia fazer a gentileza de colocar essa preciosidade em mim? - a mão esquerda relaxada ao colo, evitou tocar o pinjente e ativar o portal por engano.

-Claro.

Diz ele colocando, na bela torre de marfim que era o pescoço dela, tocando levemente sua pele.

Marina Angela escreveu:- O que acontece se outra pessoa tocar neste colar enquanto eu estiver usando Ctaaciug? - perguntou para disfarçar que estava embaraçada.

-Ambos serão transportados, para o local programado, junto com todos os outros que também o estiverem tocando.

Porque seu coração batia descompassado? Porque sua consciência, não conseguia entender o que ele sentia? Em sua mente ele só estava ajudando uma amiga, mas então porque sua face se aquecia tanto? Seu coração e mente que geralmente falavam a mesma língua agora pareciam destoantes.

E ela partiu, como um sonho bom que vai levado pelo sol que começa a invadir o quarto com sua luz, lembrando que mais um dia começa...

Em uma sempre surpreendente vida.

Off: Wink

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert entra no quarto de sopetão e mais pálido do que de costume, ele respira fundo antes de falar.

-Ctaaciug... Ctaaciug, eu tive uma visão, estranha mais foi uma visão, tinha tres pessoas na floresta proibida uma eu consegui ver nitidamente era o Vingador Mascarado, mas os outros dois eu não vi, o vingador estava atacando alguém cruelmente sem dó nem piedade enquanto o outro que estava preso via a cena, logo depois o vingador levou a garota para o lago negro e a deixou lá caída toda ensanguentada quem quer que seja essa pessoa esta muito machucada e eu temo pelo pior.

Robert sentiu um grande arrepio ao lembras das cenas que havia visto em meio às brasas, logo uma imagem de duas outras pessoas perto da garota deixam Robert um pouco mais tranqüilo, mas mesmo assim ele temia pelo pior.

-A garota já foi encontrada e parece que foi pelo Lucian e a professora Agatha.

O garoto começou a lacrimejar, mas de raiva, pois viu o que aconteceu, mas não podia fazer nada para ter impedir, pois ainda não era forte o bastante para controlar as visões e nem os seus sentidos de pressentir a morte se aproximando ou que o pior esta para acontecer.

-Então era isso, como eu fui idiota eu podia ter impedido, mas não consegui decifrar o que eu estava sentindo e o que eu havia visto.

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
-Calma, Robert, respire se concentre apenas na imagem.

-Desde a nossa aula de TREMIM e antes desde a aula na aula de Hdm, eu tenho sentido algo diferente, uma sensação empática que se manifesta talvez em um zumbido.

-Vou tentar me concentrar também.


E Ctaaciug se concentra de olhos fechados em nada mais que seu respirar esvaziando sua mente, libertando seu eu de conceitos, de pensamentos e preocupações.

Sua mente então vê algo surgindo algo na absoluta e pacífica escuridão, e caindo como um raio de sol no meio de uma tempestade ele vê, um símbolo.

Spoiler:

E suas pernas falham em sustentá-lo e ele cai sentado em sua cama.

-Eu vi sinistros, simbolos de entropia, uma face sem sentido, sem coerência e uma garota, eu pude sentir parte do horror dela, eu via a agonia em seu corpo Rober.

E ele abraça suas pernas e diz:

-Robert, isto não vai mais ficar assim, isto não deve ficar assim , eu achava que nós não deveríamos nos meter nisto, mas no fim se não agirmos, não haverá oposição, temos de dete-lo.

-E não se culpe meu amigo, nós vamos dete-lo. Só temo uma coisa.

-Que na verdade ele seja um arauto de uma sombra ainda maior que está por vir...

-A primeira coisa que faremos Robert, se concordar é ir visitá-la na enfermaria, assim que ela estiver consciente, e depois começar a agir. Mas também não podemos permitir que nossos colegas alunos, fiquem marcados como animais marcados por um predador.

-Seu pai conhece alguém no Saint Mungus? Precisamos do parecer de alguns medibruxos, os mehores que conseguirmos, que não seja o Doutor Deacon, para avaliar se seria possível retirar as cicatrizes feitas com artes das trevas.

-E como os egipicios fariam, não vamos nos reder até que nosso inimigo, seja apenas um nome e então apaga-lo como um simbolo na areia.

-Afinal ninguém desafia os herdeiros de nossas casas e sai sem oposição.

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts

Com todo o esforço Robert tentava se concentrar na imagem mas seu nervosismo era tão grande que o impedia de ver qualquer coisa.

-Vou tentar me concentrar também.


Robert olhava para Ctaaciug enquanto o mesmo se consentrava, quando o garoto sentou na cama Robert logo se aproximou dele e o mesmo foi logo dizendo o que havia visto e sentido.

-Eu vi sinistros, simbolos de entropia, uma face sem sentido, sem coerência e uma garota, eu pude sentir parte do horror dela, eu via a agonia em seu corpo Rober.



Robert sentiu mais raiva ainda podia ele ter evitado aquilo? ele fica andando de um lado para o outro enquanto Ctaaciug continuava a falar

-A primeira coisa que faremos Robert, se concordar é ir visitá-la na enfermaria, assim que ela estiver consciente, e depois começar a agir. Mas também não podemos permitir que nossos colegas alunos, fiquem marcados como animais marcados por um predador.

-Seu pai conhece alguém no Saint Mungus? Precisamos do parecer de alguns medibruxos, os mehores que conseguirmos, que não seja o Doutor Deacon, para avaliar se seria possível retirar as cicatrizes feitas com artes das trevas.

-Claro vamos sim visita-la eu mesmo preciso ver essa garota, eu não sei se meu pai conhece alguém do Saint Mungus mas posso ver com ele, mas acho complicado curar cicatrizes feitas com artes das trevas mas posso ver com ele.

-O pior Ctaaciug é eu ter um dom e não saber usa-lo ou entende-lo, não sou um bruxo completo, pelo menos não me sinto, você controla suas emoções, sensações e tudo mais, melhor do que eu você sim é um bruxo completo eu não, o pior é que de alguma forma eu sabia que isso iria acontecer não sei como explicar a um bom tempo eu sinto que algo de ruin iria acontecer mas não fiz nada, fora que eu sinto de que tem alguém aqui na escola que eu estou preste a conhecer.

-Mas não é hora de ficar se lamentando o pior já aconteceu por sorte a garota já foi encontrada, vamos pega-lo Ctaaciug custe o que custar vamos pega-lo e fazer ele pagar por tudo o que fez.

-Não podemos perder mais tempo

Robert da à volta na cama de Ctaaciug e se dirige a sua própria ele se abaixa, pega a mochila e começa a revira-la caderno por caderno livro por livro até que ele acha uma tabela com as aulas que ia ter durante toda a semana.

-Eu só vou ter aula a tarde, meu pai vai trabalhar lá pelas 15h00minhs, dá tempo o suficiente para falara com ele.

Robert guarda a tabela dentro da mochila e joga a mesma dentro do guarda roupa, logo se dirige ao seu cofre do lado de sua cama e o abre de dentro dele ele tira um saco feito com couro de dragão marrom envelhecido.

-Isso deve ajudar e muito meu pai me deu um pouco de pó de flu caso eu precisa-se, eu vou falar com meu pai e ver se ele pode nos ajudar não poço deixar que se passe mais tempo e que esse psicopata continue aterreorizando os alunos.

Assim que Robert disse isso era como se ele tive-se ativado alguma parte do seu cérebro que ativou sua clarividência uma imagem ainda da floresta passou diante de seus olhos a imagem se movia rapidamente, Robert conseguia ver detalhe por detalhe tudo o que o Vingador havia feito com a garota e a imagem de um garoto fez com que suas pernas caíssem e seu corpo fosse ao chão de joelhos Robert pos se a falar.

-Ctaaciug eu vi tudo o que você viu só que também vi o Sibytus Stravius na floresta ele estava preso e diante do Vingador, ele viu o bruxo torturar a garota

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert de Boron escreveu:-O pior Ctaaciug é eu ter um dom e não saber usa-lo ou entende-lo, não sou um bruxo completo, pelo menos não me sinto, você controla suas emoções, sensações e tudo mais, melhor do que eu você sim é um bruxo completo eu não, o pior é que de alguma forma eu sabia que isso iria acontecer não sei como explicar a um bom tempo eu sinto que algo de ruin iria acontecer mas não fiz nada, fora que eu sinto de que tem alguém aqui na escola que eu estou preste a conhecer.

-Não meu nobre amigo, eu sou apenas um tolo devaneante, acreditei que esta situação não fosse tão prioritária, até agora e alguém pagou com um preço de carne e sangue.

-Alguém inocente.

-E isto é um pesar que me envergonha diante de minha casa.


E diante da ação e visão de Robert, Ctaaciug o amanpara e o ajuda a se sentar na cama.

-Sim, nobre amigo, a cada visão tua noto que a trama do destino está nos usando como agentes de mudança, então temos de nos preparar para isto.

-Isto é uma questão de honra e necessidade. E vamos conseguir Robert.

-Os horários estão ótimos, Robert assim que ela se recuperar, vamos mais tarde, temos ainda muitos planos, para colocar em prática.

-Obrigado, amigo.

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert é amparado por Ctaaciug que o ajuda a coloca-lo na cama

-Sim, nobre amigo, a cada visão tua noto que a trama do destino está nos usando como agentes de mudança, então temos de nos preparar para isto.

-Isto é uma questão de honra e necessidade. E vamos conseguir Robert.

-Os horários estão ótimos, Robert assim que ela se recuperar, vamos mais tarde, temos ainda muitos planos, para colocar em prática.

-Obrigado, amigo.


Robert olha para Ctaaciug e aperta a mão do garoto

-Não eu é que tenho que agradeçer meu amigo você me ajudou no momento que eu mais precisei e eu devo isso a você, agora eu tenho que ir em casa antes que os outros alunos começem a acordar, assim não corro risco de ninguém me ver me da cobertura prometo que não demoro.

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Rob, Rei e Remy chegaram ao quarto com o amigo e o deitaram na cama. Remy ainda estava curioso pra saber o fim da emocionante história de Rob, mas estava mais ansioso ainda por outra coisa, e aquela era a hora do 'ponto final':

- Olha, Rob, olha pra mim. Me desculpa pelo que aconteceu nos jardins, é que eu queria duelar por você. Você não pode se encrencar mais do que já está. Imagina se você desmaia enquanto duela... Ia ser trágico... O Ross é um bruto... Você me desculpa?

Remy aguarda a resposta do amigo enquanto se senta aos pés dele na cama e olha para Rei, que devia estar tão curioso quanto ele...

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert sentiu seu corpo sendo carregado até seu quarto e posto na cama sua cabeça rodava sem ter foco para onder olhar mas ainda sim conseguia escutar o que Remy dizia

- Olha, Rob, olha pra mim. Me desculpa pelo que aconteceu nos jardins, é que eu queria duelar por você. Você não pode se encrencar mais do que já está. Imagina se você desmaia enquanto duela... Ia ser trágico... O Ross é um bruto... Você me desculpa?


Robert da um leve sorriso a Remy que o olhava

-Pode ficar tranquilo eu entendo os seus motivos e quer saber eu te agradeço não só a você mas a também ao Rei e a todos que me ajudaram

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Remy ouvia cada palavra dita por seu amigo. Cada palavra de agradecimentolhe soava como uma carga que era retira de seu peito... Ninguém sabia como havia sido difícil para ele fazer aquilo...
- Ah, obrigado Rob, muito obrigado mesmo... Mas... Me diz uma coisa... Porque você parou de contar a história de repente?

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
- Remy eu prefiro não falar sobre isso pelo menos por enquanto, mudando de assunto o meu pai vai dar uma festa de boas vindas ao meu irmão Derick vai volta de viagem e meu pai quer dar uma festa de boas vindas a ele e pediu pra que eu chama-se alguns amigos meus praparticipar da festa, por isso eu estou te convidando para essa festa, pode levar quem você quiser, Rei e Lidily também estão convidados, também tenho que avisar o Ctaaciug e a Marina, quer saber vou colocar uma mensagem lá no mural de avisos todos da liga ministerial estão convidados e vou chamar algumas pessoas da liga comunal também o que acha? É uma ótima forma de todos se conhecerem melhor e se entenderem

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Remy agradeceu a Rob o convite e respeitou a vontade de Rob de não querer falar sobre o assunto e, quando ele falou que Lidily também estava convidada, ele lembrou-se de sua amada que o aguardava no seu quarto.

- Você me dá um minutinho... É que eu me esqueci completamente da Gaby. Ela tá me esperandono meu quarto... Eu tenho que ir lá... Tchau, depois eu venho aqui...

E saiu apressadamente do quarto.

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum