Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Sala do Diretor

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

31 Re: Sala do Diretor em Dom Ago 16, 2009 5:02 pm

Lidily Salúm Luise Orion

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Falas
- “Pensamentos”


-Lidily! Belo no o seu, devo confessar que você é uma pirralha... Quero dizer uma garota de muita coragem é claro que eu não esperava outra coisa vinda da senhorita.


Lidily fez uma cara de brava e logo em seguida ficou calma. Ficou observando o homem fixamente, como se quisesse a carne dele pro jantar.


-Senhorita Lidily sei que você conhece meu irmão, então não vejo problema em esconder algo de você o problema é se você não o conhece-se ai sim teria que sair desse local mas não será necessário eu vou direto ao assunto não sairia do fim do mundo só pra falar com o Robert o que eu quero fazer é tirar o meu irmão dessa escola, eu me preocupo com o bem estar dele e creio que se ele continuar aqui pode acabar sofrendo graves atentados principalmente de morte.


Lidily ainda encarava o homem e fez cara de quem acabara de lembrar-se de Robert, mas ela lembrava muito bem dele. O garoto a ajudou e iria continuar ajudando se não fossem as férias de fim de ano. Ela não disse nada, apenas ficou observando o homem com o olhar fixo. O homem começa a se aproximar, e a garota aperta sua mão, como se estivesse impedindo ela mesma de fazer algo.


-Peço desculpas se fui rude com você senhorita é que estou preocupado com meu irmão, soube que ele teve uma espécie de ataque no banquete de boas vindas o que não foi o que aconteceu o que ele teve foi uma visão e se ele continuar aqui pode acabar sendo alvo de algum bruxo das trevas.


- Não precisa pedir desculpas senhor De Boron. Eu não gostei e você e você não gostou de mim, e isso ficou bem claro aqui, não foi? Eu não sabia que o Robert foi atacado. Eu não participei do banquete, mas mesmo assim sinto muito pelo seu irmão. - Disse a garota olhando fixamente para Adrian, mas antes que terminasse ela deu um leve balanço com a cabeça e continuou, ainda olhando fixamente para ele. - Desculpe-me falar, mas antes de ir fazendo ações idiotas, como tirar o seu irmão de Hogwarts, por que o senhor não procura saber de que forma ele foi atacado? Ele pode ter muito bem se metido em uma briga com algum aluno e por isso foi atacado. Acho que... Ele pode ficar bem melhor aqui do que com o se... - Lidily para de falar e dá uma leve tosse. - Bem melhor aqui do que na casa dele. Aqui ele está estudando e também tem os amigos... Mas.. Antes de mais nada a decisão cabe a ele também, o senhor não acha? - Diz ela ainda fitando o homem.


_________________
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_feiti%C3%A7os_em_Har

32 Re: Sala do Diretor em Seg Ago 17, 2009 10:12 am

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
NARRAÇÃO
FALAS
PENSAMENTOS
---------------------------------------

Adrian escutava atentamente cada coisa que a garota ia dizendo mas a mesma não parecia ter o entendido em algumas palavras, mas assim que escutou.

-Não precisa pedir desculpas senhor De Boron.

Uma raiva o invadiu mas ele não deixou que transparece-se para Lidily e o diretor e logo se pos a falar

-Gostaria que me chama-se de Adrian ou Mursten senhorita Lidily, o nome De Boron não pertence a minha familia legitima e nem pertence a Robert, ele foi adotado aos dois anos nossos pais foram assassinados pela minha tia Samanta que foi morta no ano passado, o Robert não sabe que eu sou irmão dele e nem que ele é adotado.

Ele fez uma breve pausa para respirar enquanto Lidily falava

-Eu não gostei e você e você não gostou de mim, e isso ficou bem claro aqui, não foi? Eu não sabia que o Robert foi atacado. Eu não participei do banquete, mas mesmo assim sinto muito pelo seu irmão.
- Desculpe-me falar, mas antes de ir fazendo ações idiotas, como tirar o seu irmão de Hogwarts, por que o senhor não procura saber de que forma ele foi atacado? Ele pode ter muito bem se metido em uma briga com algum aluno e por isso foi atacado. Acho que... Ele pode ficar bem melhor aqui do que com o se... - Lidily para de falar e dá uma leve tosse. - Bem melhor aqui do que na casa dele. Aqui ele está estudando e também tem os amigos... Mas.. Antes de mais nada a decisão cabe a ele também, o senhor não acha?

Adrian fez uma cara de que já não estava entendedo o que a garota dizia mas uma coisa estava certa Adrian não havia gostado nada nada de Lidily e ela tão pouco dele após respirar bem fundo e parecer que estava pensando antes de falar ele olha fixamente para o garota e finalmente retruca o que ela havia dito



-a senhorita esta totalmente certa a respeito de eu não ter gostado nenhum pouco de você senhorita. O Robert não foi atacado e sim teve um ataque, é como quando uma pessoa tem um infarto, então falamos que ela teve um ataque do coração, o Robert teve um ataque mas no cerebro por causa das visões que ele anda tendo, só que dessa vez a visão foi mais forte do que as outras que ele já teve, os poderes do Robert estão se desenvolvendo rapido demais e se continuarem ele não puder controlar esse desenvolvimento seu querido amigo que te ajudou pode morrer


--Como se es estive-se preocupado com isso, espero que eles acreditem nessa história do irmão preocupado

Adrian olhava para Lidily fixamente mau tirava os olhos dela.


Adrian se vira bruscamente para WIse


-Senhor Wise o Robert possui um poder que tem que ser controlado e pra isso ele não pode continuar em Hogwarts, ele terá que vir comigo

33 Re: Sala do Diretor em Seg Ago 17, 2009 12:15 pm

Agatha L. Wise

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Agatha Saia devagar do banheiro enorme do quarto na sala da direção. Um banho demorado e quente era a melhor coisa que se podia fazer. Usava um vestido longo negro e sabia que estava na hora de levar Belinha para passear, mas antes teve que tirar a terra do corpo depois de muito tempo trancada na estufa cuidado das plantas que usaria em suas aulas.

A pequena Bela já estava em pe no bercinho segurando a grade de proteção como apoio e rindo para a mãe. Era lindinha e já sabia que estava na hora das duas passarem seus momentos a SOS. A professora podia ouvir as vozes vindas da sala do marido, mas não fez nada, Wise era grandinho e o diretor que se virasse com a situação, era sua folga agora. Com carinho ela pegou a menininha nos braços já arrumadinha pela baba e começou a sair do quarto com a bolsa que tinha as coisinhas da menina. Era uma bolsa pequenina, mas graças à magia ela carregava muitas coisas ali. Agatha então ganhava a sala da direção. Observava os presentes ali e ignorava o que acontecia apenas os cumprimentando gentilmente e depois voltando ao marido.

-Já vou levar Belinha pro passeio, os deixarei, com licença.

A professora passava por eles e então ganhava as escadarias para a gárgula e os corredores.

[corredores do castelo]

34 Re: Sala do Diretor em Qui Ago 20, 2009 6:30 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



Wise abraçou Lidily de volta e, à medida que ela sussurrava aquelas coisas em seus ouvidos, ele foi apertando mais e mais seu abraço. Ao se afastar, Lidily viu o rosto de Wise ficar vermelho, mas não vermelho de quem tem vergonha, vermelho de quem estava prestes a chorar. Ele segurou a respiração e, em momentos normais, se ele fosse solteiro e desimpedido, ele teria beijado aquela garota, instantaneamente, mesmo que fosse contra as leis beijar garotinhas tão novas, mas ele se sentia agradecido pelo ato da garota e, na cabeça de Wise, para se agradecer algum sentimento bom que demonstrassem para ele, o melhor era agradecer com atos de cunho sexual.

As mãos de Wise vagarosamente serpearam pelas costas de Lidily, ele olhou fixamente para o pescoço dela, onde via os pêlos dela em pé, possivelmente ela nunca havia beijado alguém, ou tinha poucas experiências e ele se aproximou de Lidily, dando um beijo longo em sua testa, abraçando-a novamente.

Lidily então se afasta e abre a porta, um sujeito estava chamando. Frederic olhou-o, inexpressivamente. A sala estava uma bagunça, toda molhada do temporal que Lidily e Frederic criaram sem querer.

O garoto se apresenta como Adrian, e Wise estava preparado para defender Lidily daquele mal educado. Ele viu como os dois reagiam um com o outro e, após terminarem, ele movimentou a mão para Lidily, de modo a pedir que ela aguardasse sua ação.


- Obrigado por se apresentar, Senhor Adrian, entretanto só iremos conversar depois que o Senhor pedir as devidas desculpas à Srta Lidily. Você está em minha escola e, em minha escola, eu não admito que haja esse tipo de tratamento para com meus alunos, espero que estejamos entendidos. Além do mais, em minha sala eu atendo as pessoas por fila, e você deve aguardar sua vez, portanto não venha me dizer quanto tempo devem demorar minhas entrevistas.

Wise esperou a reação de Adrian.

- Estou esperando - disse, e olhou para ele esperando que ele se desculpasse com Lidily, para depois falar do que o sujeito tinha ido falar realmente.

Wise não estava em um bom dia, e acabara de achar um candidato perfeito para descontar toda sua raiva. Ele se desculpou de Lidily, mal e porcamente, então Wise olhou sua esposa passar por ali, não lhe dispensou um sorriso, aliás, nem sabia porque ela estava lhe cumprimentando, já que estavam brigados e toda aquela sala estava destruída por um acesso que ele tivera, de uma raiva causada por ela. Depois que ela saiu, pôs-se a dizer:


- Bom, senhor Mursten, se tem uma coisa que eu sou é observador, e pelo que eu estou vendo, o Senhor Robert De Boron tem um sobrenome diferente do seu. Como são irmãos?

Wise olha para o sujeito com um rosto, ao mesmo tempo, indagador e que demonstrava petulância. Wise adorava irritar os outros, e tinha todo o tempo do mundo para irritar aquele sujeitinho metido a besta.


_________________

35 Re: Sala do Diretor em Sex Ago 21, 2009 10:45 am

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
NARRAÇÃO
PENSAMENTO

FALA
-----------------------------------------------------
Assim que Agatha passou por ele Adrian fez um leve asceno de cabeça mas mal olhou para a moça. Logo que a mesma saiu Wise o questionou do fato dos sobre nomes de Robert e Adrian serem diferentes, Adrian balança a cabeça e da um leve sorriso de raiva para Wise que o olhava de uma maneira que deixava Adrian mais irritado.

-Calma Adrian se você perder a paciencia nunca conseguira fazer com que esse diretorzinho assine a transferencia do Robert - pensou ele seguido de um longo suspiro Adrian olhou para Wise e logo se pos a responder a pergunta de Wise da forma mais possivel e direta possivel.

-Senhor Wise como eu já havia falado Robert não sabe que sou irmão dele, quando eu tinha seis anos eu estava indo para uma excursão dda escola a carrujem que eu estava junto com mais outros amigos sofreu um acidente grave quando passavamos pelo triangulo das bermudas, muitos morreram, meu nome estava na lista das pessoas que estavam mortas por que nunca acharam meu corpo então eu fui dado como morto, eu acordei duas semanas depois no hospital sem memória, então fui adotado por uma familia de bruxos bem humilde os anos foram passando a magia no lugar onde eu morava foi se aprimorando até que conseguiram fazer um encantamento para que minha memória volta-se, quando me lembrei de quem eu resolvi voltar para encontrar meu irmão só que descobri que ele foi adotado pela familia Boron e o resto é resto isso responde a sua pergunta ou quer que eu desenhe senhor Wise?

Adrian tentava manter a todo o custo a sua falsa história sobre o que realemente havia acontecido com ele, seu olhar estava voltado para Wise tentando a todo custo manter a seriedade e a verdade no que dizia o que era dificil para alguém que tinha o coração cheio de ódio e rancor.

36 Re: Sala do Diretor em Sab Ago 22, 2009 10:59 am

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



- Comovente. O senhor De Boron não vai a lugar algum, ele está sob a responsabilidade desta escola, somente os familiares dele podem autorizar sua saída. Pode se retirar, senhor Mursten, ou então farei com que saia - Wise era eloquente, certo e resoluto em suas palavras. - Você pode ver que tenho mais o que fazer aqui, portanto não gaste meu tempo. - ele movimenta o braço, indicando a sala, onde parecia que passara um furacão jutamente com uma chuva fortíssima. Wise caminha até o quadro mais próximo. - Por favor, chamem o Digby para que ele encaminhe o Senhor Mursten até a saída, se ele não for bonzinho.

A mulher do quadro assentiu com a cabeça e saiu. Wise vira-se para Mursten com um sorriso cínico.

- Tenha um bom dia.


_________________

37 Re: Sala do Diretor em Sab Ago 22, 2009 2:13 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Adrian engulia furiosamente cada palavra de Wise, para que seu plano não sai-se do controle, Adrian se retira da sala

-Não preciso que um mero servo me me mostre a saida senhor Wise, mas fique sabendo de uma coisa não pense que essa foi a ultima vez que me viu, outra coisa eu vou falar com o meu irmão ok, creio eu que isso você não pode me empedir de fazer passar bem senhor Wise e senhorita Orion.


Adrian sai da sala soltando fogo pelas ventas.

38 Re: Sala do Diretor em Dom Ago 23, 2009 6:54 pm

Lidily Salúm Luise Orion

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Falas
- "Pensamentos"


Enquanto Wise se pronunciava, Lidily soltava um sorriso malicioso para Andrian que estava virado para ele. Lidily não parava de sorrir, mas se conteve ao ver o olhar, até serio para Andrian, e defendor para Lidily, de Wise. Não demorou muito para que o homem saísse da sala. E antes que dele se retirar, Lidily lhe soltou um sorriso malicioso e maldoso, e com uma voz calma e ao mesmo tempo debochante lhe disse:


- Tenha um bom dia, senhor Andrian. - Lidily fechou a porta e olhou fixamente para Wise. Ela virou-se para a porta e voltou a olhar Wise.


- Bom... está ficando tarde, Wise. Tenho que ir. - Lidily olhou para a porta com um olhar triste, mas antes de sair, antes mesmo de abrir a porta, Lidily saiu correndo na direção do diretor e pulou em seus braços, e com um dilêncio repentino ela o beijou.


_________________
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_feiti%C3%A7os_em_Har

39 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 6:25 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Post atemporal (desta vez autorizado), na sala do diretor.

Ctaaciug avança lento, toda a miríade de fatos que ocorreram e ocorrem demandam uma atenção dispendiosa, plena, muito focada, já faz um tempo que ele não escreve para casa que seus pensamentos passeiam sobre o mar de Parsec das probabilidades.

Tanto o que fazer...

Talvez ele esteja esquecendo de crescer no processo.

Ele está com o uniforme normal, apenas sua coroa de Sibila, adorna seus cabelos, com uma esmeralda na altura de sua fronte, e a prata da coroa em seus cabelos, sua capa silenciosa, pois não há vento.

A gárgula está a sua frente, está imóvel, até ele dizer.

-Party every day.

A gárgula abre seu caminho e ele avança a passos firmes porém decididos sutis, como o silvo do vento na aurora fria de uma manhã de outono, a porta se encontrava aberta, ele bate e entra em seguida.

Um pouco imprudente talvez fosse sua atitude, mas ele é contaminado pela intempestiva natureza da idade, que ainda cobra teu preço.

O silencioso movimentar da porta, é seguido da presença do jovem na sala.

E ela se encontra vazia.

Provavelmente o diretor deveria ter saído com pressa, ou ter saído para algo rápido e trivial, pois ali estava a sala, em toda a sua magnífica beleza, a visão de seus olhos.

Ora então em silêncio, não verbalizando, inspiração a Toth, para que alguma coisa possa se desvelar as teus olhos.

Encosta ele a porta que se fecha silenciosa e em seguida ele retira sua varinha dizendo as cabalísticas palavras.

-Colloportus.

Ele não gostaria de ser incomodado neste momento.

Olha para a galeria dos antigos diretores de Hogwarts, sente a falta de alguns deles, que foram desecrados por suas atitudes, pois nem todos os frutos são perfeitos.

Vendo cada um deles ele diz:

-Nobres diretores de Hogwarts, vocês em vida lutaram para a continuidade desta escola e de seus ideais. E agora novamente ela está ameaçada, então abaixa os olhos em reverência e depois os levanta antes de continuar, eu um humilde aluno deste lugar, não posso aquietar meu espírito e permitir que a frondosa árvore que foi cultivada e floresceu sobre a mão de cada um de vocês morra, sem que eu me esforce o máximo para impedir isto.

Por isto eu pergunto a vocês neste momento, existe alguma coisa que vocês podem partilhar de sua grande sabedoria comigo? Qualquer informação que ajude a evoluir esta cruzada, um item, um lugar, um objetivo? Pois vocês são a memória contínua desta escola, e o espírito dela que vive, fala por vocês.

Por isto humildemente peço, se puderem me ajudar, me ajudem.

40 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 6:45 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



- Corujas sempre são bem vindas em Hogwarts, não tiramos a liberdade dos alunos de se comunicarem. Tenha um bom dia - Wise disse e colocou as mãos sobre a mesa. Arqueado, olhando para baixo, ficou pensando:

”Mas o que foi isso? Eu preciso avisar à família do aluno... É a regra. Mas eles vão pensar que a escola não é segura? Bom, com estes alunos sendo torturados não me é estranho eles pensarem que a escola não é mesmo seg...!”

E aconteceu: Lidily deu um beijo em Wise. Ele ficou sem saber o que fazer e arregalou os olhos. Não se afastou por mera falta de ação e movimentos musculares devido à surpresa mas, quando deu por si, sem querer respirou fundo e, querendo, se afastou do beijo.

- L... Lidily! - ele a observa, assustado, depois a abraça fervorosamente e a beija com muita vontade.

Há quanto tempo ele não beijava ninguém senão Agatha?

Enquanto estava grudado à Lidily, ele andou com ela até a porta, trancando-a com chave e apertando Lidily contra a porta. Ninguém poderia atrapalhá-los agora.

Frederic passava as mãos pelo rosto da loira secundanista, pescoço e nuca, beijava-a com vontade e a pressionava contra a porta. Ele estava louco, muito louco. Queria esquecer tudo de ruim que estava acontecendo com ele, tendo ao menos um bom momento com alguém... E era mais produtivo com alguém tão bonito, sexy e sorridente quanto Lidily. Era tudo o que ele precisava.


_________________

41 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 7:23 pm

Lidily Salúm Luise Orion

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Falas
- Pensamentos"


Lidily não esperava aquilo de Wise. Ela achou que como um homem mudado ele não responderia seu beijo, mas se enganou totalmente. Lidily não teve tempo nem de respirar quando Wise a colocou contra a porta e trancou a mesma, de modo que ninguém atrapalhace.


Lidily beijava Wise cariosamente, não conseguia pensar em nada. Seus beijos eram tão calorosos e quentes e a garota não conseguia nem respirar. Estava a ponto de ter um ataque cardiáco, mas antes que isso acontecesse, Lidily sentiu um calor, bem maior do que já estava sentindo. Era uma coisa na qual ela não conseguia controlar. E quantuanto beijava Wise calorosamente, e rapidamente, a garota tirou seu blusão, que estava fazendo ferver a sua pele.



Última edição por Lidily Salúm Luise Orion em Ter Ago 25, 2009 7:24 pm, editado 2 vez(es)


_________________
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_feiti%C3%A7os_em_Har

42 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 7:23 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Post atemporal onde está na cena Ctaaciug, apenas

Todos os quadros viram as costas para Ctaaciug. Todos os antigos diretores se recusavam a falar com ele, alguns começaram a conversar entre si sobre os encontros que os quadros fariam naquela semana... entretanto, um dos velhos dos quadros olhou para Ctaaciug.

Era um velhote de barbas longas amarradas por um fio dourado, cabelos também brancos, chapéu cônico púrpura e oclinhos em forma de meia lua sobre um nariz muito torto. Em sua plaquinha da moldura da tela, lia-se:

"Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore
Para Sempre Diretor"


Ctaaciug, se olhasse, poderia perceber que todos os outros quadros tinham datas em que os diretores atuaram em Hogwarts, apenas este quadro tinha esta pequena dedicatória. Dumbledore encara Ctaaciug com o olhar azul sob os oclinhos de meia lua e diz:

- Vejo que você tem determinação, jovenzinho. - ele sorri satisfeito.

43 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 7:30 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



Frederic estava de olhos fechados, mas como um bom galante que era, logo percebeu que Lidily estava se livrando de seu casaco. Frederic começou a tirar a a camisa, os lábios desesperadamente colados nos de Lidily, a língua invadia a boca dela com gosto, depois retornava, e um estalo se seguia de um giro com o rosto e outro beijo mais profundo nela. Ele se livra da parte superior de suas vestes, estavam ainda molhada devido à chuva que provocaram na sala, mas agora era uma tempestade que viria, e o calor também estava o invadindo.

Emanando do corpo dela, ele sentiu um perfume muito feminino... E como ela cheirava bem! Wise desceu os dentes pelo queixo e pescoço da garota, para sentir mais de perto aquele aroma delicioso que ela tinha.

Suas mãos? Não paravam de arranhar as costas dela.


_________________

44 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 7:44 pm

Lidily Salúm Luise Orion

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Falas


Lidily sentiu que Wise estaav tirando seu casaco e sua camisa, e a garota começou a ajuda-lo. Ela ainda o beijava. Era um beijo doce, e quente, mas ao mesmo tempo apressado, como se as almas, ou melhor, os labios e o corpo, gritavam por aquilo a muito tempo. Lidily não se sentia tão madura, mas estava madura o sulficiente para beijar Wise e....


Lidily não parava de beija-lo, e ao mesmo tempo que sentia as mãos, agora quentes, de Wise arranhando suas costas, Lidily o beijava, o mordia e algumas vezes se segurava para não puxar muito forte os cabelos de Wise. Ela foi descendo as suas mãos até chegar nas costas, de Wise, e começou o arranhar. Ela sussurrou algumas apalavras em seus ouvidos, palavras até então em um som de suspiro ou prazer. E o único som que pudera se ouvir na sala, até então, silênciosa era: - "Wise... Wise... Wisee!"


_________________
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_feiti%C3%A7os_em_Har

45 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 7:49 pm

Frederic Wise

avatar
NPC
NPC
Narração
- Fala.
- Fala de outros personagens.
”Pensamento”



Frederic estava se impregnando com o cheiro da garota, estava adorando aquilo, queria ficar com ela ainda por muito tempo, quando de repente sua aliança pesou forte em seu dedo.

"Merda!" - ele pensou, e cessou o beijo.

Ele a olhou com olhos melosos e disse:


- O... obrigado por ter me ajudado... Por tudo... - e ele a abraçou por longos segundos.

Após o abraço, sua mão escorregou para a chave da porta e a abriu.


- Nos vemos depois. Agora tenho que escrever uma carta para a família Boron... Te vejo por aí - disse, dando um aceno de mão casual.


_________________

46 Re: Sala do Diretor em Ter Ago 25, 2009 8:03 pm

Lidily Salúm Luise Orion

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Narração
- Falas
- "Pensamentos"


Lidily ficou indignada e não entendia o "porque?" que Wise parou, mas logo em seguida o olhou, dos pés a cabeça, e fitou sua aliança por alguns segundos. Seus olhos se encheram de lágrimas e ela rapidamente pegou seu casaco, que estava no chão, e aindatentava lutar contra lágrimas que queriam sair.


- Desculpa Wise. Que tipo de garota que eu sou? Desculpa, eu.. Só gosto muito de você, e.... Desculpa mesmo. - Lágrimas começaram a escorrer pelo rosto da garota e Lidily lhe mandou um beijo pelo ar e abriu a porta.


De repente algumas cenas surgiram em seu pensamento, e ela se lembrou que da primeira vez que beijara Wise, Ctaaciug foi o único que à ajudou. Começoua lembrar do dia em que eles foram passear e ela o beijou. Não entendia muito, mais só queria saber o "porque?" ela gostava tanto do garoto. Por mais que o beijo de Wise fosse prazeroso e quente o de Ctaaciug era com amor, pelo menos era isso que Lidily sentiu quando beijou o garoto.


Enquanto caminhava rapidamente pela escaria, seu único pensamento era Ctaaciug.


_________________
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_feiti%C3%A7os_em_Har

47 Re: Sala do Diretor em Qua Ago 26, 2009 7:59 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Post atemporal onde está na cena Ctaaciug, apenas

Narrador escreveu:"Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore
Para Sempre Diretor"


- Vejo que você tem determinação, jovenzinho. - ele sorri satisfeito.

-Obrigado, Diretor. responde Ctaaciug, contemplando os olhos que demonstram grande sabedoria, e mistério como o profundo do oceano.

Refere-se ele a figura ao quadro pelo titulo, que pela designação é perpétua, que por seus feitos, descobertas e vida merece figurar nas lendas da história bruxa.

Ele olha também com olhos profundos para ele, com uma intensidade que no império romano, poderia ser lida como castistas, a silenciosa e profunda relação que conecta, um mestre, a um discípulo.

Então diz, com as mãos cruzadas em repouso, em uma posição que denota o respeitoso silêncio para ouvir, e então diz:

-Eu quero ajudar Hogwarts, Diretor, o senhor pode me dizer algo para me ajudar neste intento?

E aguarda a manifesta estruturação de palavras que contém a chave de muitos mistérios, ditos e pensados.

48 Re: Sala do Diretor em Qui Ago 27, 2009 5:25 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts


A detenção, algumas vezes ele odeia ficar de detenção, outras vezes é interessante, seus sentimentos sobre isto são paradoxais e intimamente conectados, crescer é algo complexo.

Ele vem lendo um livro, ele tem pensado muito sobre mudança, sobre metamorfose, sobre a inevitável ação do tempo, que muda as pessoas, que muda a própria realidade.

Imaginando o futuro ele pensa, no que vai fazer, pelo que vai lutar, pelo que vai viver e no fim ele conjectura e só tem certeza de uma coisa. Sua mente é um fértil rio de mil imaginações e isto vai ajudar a moldar e definir sua vida.

E que venha o futuro, com suas sombras e luzes, com suas belezas e descobertas, mas que venha como tiver de vir, pois a coragem está no enfrentar.

Deixando o livro, ele bate a porta da professora se lembrando da primeira vez, que a viu, como ele a achou bonita, ele se lembra muito bem disto, lembra até da face corar, e se lembra do escarlate do vestido dela.

Muito ocorreu desde então, ela se casou, sua criança nasceu e ele também mudou, mas ele ainda é uma criança que acha a professora linda. Eles não se falaram muito neste tempo, o que é um defeito, pois ele passa mais tempo com seus professores que com seus pais.

E ela é um dos modelos, que vão influenciar sua atitude no futuro, mesmo que no silêncio que transmite sabedoria como ela já tem feito.

Bate então a porta, depois da gárgula se mexer pois a senha já havia sido proferida.

-Com licença, professora Agatha? Vim me apresentar para a detenção.

49 Re: Sala do Diretor em Sex Ago 28, 2009 1:17 am

Agatha L. Wise

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts



Quando ele entrava na sala da direção já estava no entardecer. A sala do Diretor estava totalmente vazia e os ex-diretores dormindo em seus quadros. A única iluminação vinha de uma porta no canto de onde também vinha um delicado som. Moonlight Sonata tocava baixinho, linda como so aquela obra de arte era capaz de ser. Ctaaciug podia ver Agatha la dentro, distraída sentada.


-Pode entrar querido...


Ela estava la sentada com uma pequena caixinha de musica. O garoto podia ver uma linda bailarina bailar girando dentro da redoma de vidro, era ali que vinha o tão belo som. A professora a olhava com carinho e uma expressão linda em seus olhos que brilhavam como nunca.



- Eu quando era criança gostava de imitar essa bailarina, ficava ouvindo essa musica e dançando de um lado para outro. Essa época é tão boa meu caro, se aceitar um conselho, aproveite a idade que tem, é muito bom ter lembranças quando adulto da época em que éramos tão inocentes

Ela sorriu se levantando. Um so toque da varinha e pequenas cortinas fecharam-se no palco de vidro escondendo a bailarina e findando com a belíssima musica. Devagar ela seguiu ate o garoto, estava linda como no primeiro dia que ele a viu e com uma barriga enorme de nove meses de gestação. Usava um longo vestido negro e ela resplandecia felicidade a cada toque no grande ventre. Agatha transmitia uma energia materna única, amava seus dois filhos e os defenderia como uma mãe ursa se um dia fosse preciso e todo esse amor exalava em sua alma de forma única.




- Sua detenção vai ser na estufa, vou aproveitar e deixar algumas coisas prontas para quando Lex nascer os professores substitutos já terem material de trabalho, pra isso preciso de você. Vamos, espero que esteja aquecido la fora deve esta gelado.

Ela sorria pegando uma pesada capa com detalhes em pelúcia totalmente branca e de capuz a vestindo e esticando a mão ao garoto para seguirem para a estufa, seria um agradável inicio de noite e quem sabe a detenção não fosse tão chata e sim uma boa conversa entre mestre e aluno enquanto trabalhavam juntos. Agatha daria uma lição sobre importância da vida aquela noite para ele.

[off: só poste suas impressões e siga direto pra estufa nos terrenos da escola em seguida, completarei o post la.]

50 Re: Sala do Diretor em Sex Ago 28, 2009 7:00 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ela ainda continua linda.

O final da gestação apenas aumenta o misterioso brilho que dela emana. E a aparente fragilidade dela, na verdade é força.

Isto é um dos sagrados mistérios do feminino, ele então se coloca a ouvir a música e pensa.

-Sonata para piano nº 14 em C-menor de Beethoven, terceiro movimento, a Moonlight Sonata, belíssima música.

Ele ouve o sábio conselho dela, e meaneia positivamente com a cabeça de maneira sutil, concordando.

Pega ela o capuz, e então oferece a mão dela. Ele a pega e se deixa conduzir, a pele é tão macia, tão delicada, que a mais fina seda, não poderia comparar.

Lembrou a mão da Marina, ele nunca entende muito bem porque, mas tem pensado na amiga, muito nestes últimos tempos, talvez seja só porque a amizade deles esteja ficando mais forte.

Ou talvez porque simplesmente as coisas estão mudando, como tudo ao redor.

Off:[Para a estufa]

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum