Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Biblioteca

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1 Re: Biblioteca em Seg Jul 06, 2009 7:26 am

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
[justify]Ele está sentado a mesa, pensando no problema, resolver problemas, descobrir soluções é parte de sua natureza.

Os livros abertos em sua frente, com títulos como "Hogwarts Uma História", e outros dois, cujo nome estava oculto.

Uma coisa o preocupava, Hogwarts foi construida sobre principios mágicos bem especificos, ela é efetivamente um castelo alquimico gigante, a alteração das casas, vai afetar a proteção e a harmonia que ela sempre teve dos quatro elementos.

E a troca do numero quatro, que representa o simbolo de que para que se estabeleça uma relação, é necessário haver reciprocidade entre os opostos. Esta está condicionada à natureza de cada um dos opostos, onde se observa a eficácia do que está atuando, somada à eficácia daquele que é determinado, tendo-se em conta ainda a natureza da resistência por este empregada. Esta lei é a simbolizada pelo Yin-Yang (o primeiro predominantemente passivo-ativo, o segundo predominantemente ativo-passivo), para o numero dois...

Pode levar a corrupção de toda a estrutura.

-A primeira coisa a fazer, é trazer a magia dos fundadores de volta para Hogwarts, para começar a desestabilizar a necessidade desta separação.

-Os itens pessoais dos fundadores, quando portados pelos seus descendentes de casa se enquadram nesta categoria.

-O diadema de Ravenclaw; o Medalhão de Slytherin; a Taça de Hufflepuff e a Espada de Gryffindor, a excessão do ultimo todos os outros se encontram fragmentados, mas podem ser reparados.


Lê mais um pouco e conjectura.

-Faltando apenas o chápeu seletor, mas eu espero que o ladrão tenha tido pelo menos a dignidade de destrui-lo para tornar isto mais interessante.

-Mas na guerra de sessenta anos atrás ele também foi destruido, mas estava de volta logo depois, o que indica que também pode ser restaurado, pois não foi substituido.

-Vou precisar de alguém de cada casa, para isto, mas vou começar pela minha, os fragmentos do diadema de Raveclaw.

-Eles como os outros, estão em algum lugar de Hogwarts.


Off: Para os aposentos d aprofª Kaileena.[justify]

2 Re: Biblioteca em Qua Jul 08, 2009 2:38 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert vai para a biblioteca rapidamente, concluir seu dever de casa, ele se aproxima da bibliotecária Aurora Morgan


-Oi bom dia eu queria um livros sobro o Antigo Egito, ou qualquer livro que contenha os hábitos dos bruxos egípcios, templos egípcios, sacerdotes egípcios e maldições de tumbas e pirâmides egípcias, é que eu tenho que fazer um dever de casa. Você por acaso tem esses livros.


A bibliotecária faz um leve gesto com as mãos indicando o lugar que o livro estava Robert sem mais demoras se dirige a prateleira e começa a procurar o livro.

3 Re: Biblioteca em Qua Jul 08, 2009 6:45 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Aurora apontara para um livro curioso. Era novo e com capa ainda com cheirinho de recém adiquirido.

http://www.4shared.com/file/111981139/55b34345/HDM1ANOFINAL.html
(OFF: É só fazer o download do Arquivo. Link assegurado pela Administração)

4 Re: Biblioteca em Qua Jul 08, 2009 7:51 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Ctaaciug estava decidido a pesquisar sobre os fenômenos paranormais que poderiam ser gerados na escola com a mudança das casas de Hogwarts. Ele sempre foi um garoto muito inteligente e esperto, portanto já sabia exatamente onde procurar: na pilha velha de livros "Hogwarts, uma história", que sempre era deixado de lado pelos alunos que não costumavam venerar a história de Hogwarts.

Ele pegou mais alguns livros, dentro de um deles, encontrou um fascículo d'O Pasquim marcando uma página que falava um resumo geral sobre as quatro casas de Hogwarts. Havia uma enorme manchete na capa d'O Pasquim:

Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts irá ruir - estudiosos confirmam que a mudança da estrutura da escola comprometerá todo o andamento psicoespiritual do castelo
por Briam Edens


Quem não se lembra da famosa canção do chapéu seletor que, como bem disse o profeta diário, já passou pela grande maioria das cabeças bruxas de todo o Reino Unido? Quem não se lembra das 4 casas de Hogwarts? Grifinória, Corvinal, Sonserina e Lufa-lufa? E os fundadores da escola, das quatro casas, o valente Gryffindor das Charnecas, a refinada mente aguçada de Ravenclaw, Astuto Slytherin dos Brejais e a sempre meiga Hufflepuff das Planícies?

Não estamos aqui para discutir o aspecto político da mudança ou para apontar o dedo para alguém sobre o sumiço do nosso querido chapéu seletor - Jamais! -, estamos aqui por uma ótica diversa: o aspecto isonômico das forças cósmicas mágicas do castelo.

Já perceberam como as características das quatro casas são contrapostas? E as cores? A localização física das antigas casas? A separação entre meninos e meninas nos dormitórios? A escolha de quais casas participarão de determinadas aulas em duplas?


Características: Casas, Cores e Fundadores

Cada casa tem uma característica própria, o que se pode encontrar com facilidade à partir da página 14 de "Hogwarts: Uma História", onde é explicada cada característica dos fundadores.

Coragem - Vermelho - Fogo. Para aqueles que já conhecem o simbolismo destas palavras, dispensamos mais comentários. Gryffindor sabia muito bem o que estava planejando, como líder da idéia de criar Hogwarts. Era um sujeito de muitas influências e, até onde sabemos, a história só tem nos demonstrado que ele era o "cabeça" de toda a equipe. A coragem de liderar uma escola veio dele, tanto é que a relíquea da casa dele é uma espada, que simboliza força e poder de ataque. O vermelho e dourado significam grandes vitórias, grandes feitos. E realmente: Hogwarts é um grande feito.

Inteligência - Azul - Água. A simbologia para a Corvinal é um pouco mais delicada e sutil. Inteligência não se confunde com astúcia, que é a característica da Sonserina. Uma pessoa inteligente tem a calma que o azul simboliza. O cobre vem para quebrar a tranquilidade e demonstrar que eles não são tontos, apesar de calmos. Uma grande quantidade de batedores dos times mais famosos de quadribol foram corvinianos, o que demonstra como armar a estratégia sempre é serviço deles, e Rowena sabe muito bem disso. Não se sabe se é verdade, mas a história que é contada apenas de boca em boca diz que Rowena tinha muito ciúme de uma mulher que era apaixonada por Gryffindor. Esta mulher nunca foi citada em escritos sobre Hogwarts, que nunca abordam o lado romântico da coisa, apesar de o romance ser o surgimento e a resolução de grande parte, senão todas, as desavenças e decisões tomadas por bruxos por todos os séculos. Fato é que Rowena sempre foi inteligentíssima e muito bela, o que causou desvenças entre Slytherin e Gryffindor.

Astúcia - Verde - Folhas (ou elementos naturais). Astúcia diferencia os sonserinos dos demais alunos. Verde é uma cor que, em combinação com prata, traz o melhor dos agouros: um agouro tão bom que chega a abençoar grandes feitos, mesmo que cobertos de más intenções. Astúcia é ser esperto, batalhar pelo que se quer, nem sempre sendo justo para isso. Sonserinos sempre estão em busca de satisfazer suas ambições visionárias. Estão sempre no alto, como folhas na copa de uma árvore sempre tentando alcançar o céu. Mas folhas sempre caem por terra. Slytherin queria apenas bruxos sangues-puro estudando no castelo, o que foi rechassado por todos os outros fundadores da escola, e, como é sabido, Slytherin escavou as profundezas do castelo e plantou uma grande vingança para seus herdeiros no futuro honrarem sua idéia visionária. Tudo foi descoberto por Harry Potter (Leia nosso Fascículo especial sobre a verdade da história) e resolvido, entretanto, um sonserino nunca planta apenas uma semente.

Diversas Qualidades - Amarelo - Sol. Helga, grande amiga de Rowena, sempre aceitou todos em sua casa, assim como o sol, que nasce para todos. O amarelo é uma cor mágica que possui vibrações boas. É uma cor que pode se assemelhar ao branco, que significa a pureza e, misturado ao preto, que significa ausência de cor, torna-se cinza, uma cor neutra. Uma característica que foi detectada com o passar dos anos é que a Lufa-Lufa abriga aqueles que têm o pensamento voltado para o grupo, os que são honestos, justos, trabalhadores e leais.

E aqui está o primeiro ponto em questão na contraposição das casas: Os Lufanos são leais, o que dá um equilíbrio com os sonserinos, que são astutos e dispostos a fazer quaisquer coisas para chegarem onde desejam. Aqui o Yin e Yang foi completo, enquanto as outras casas, Corvinal e Grifinória, se complementam ao passo que a coragem nem sempre é inteligente, age por instinto, portanto a interação entre estas casas causa uma neutralização harmônica para segurar os atos impulsivos e instintivos dos espíritos jovens e corajosos dos grifinórios.


Localização das Casas

A localização física das casas no castelo dizem muita coisa sobre a criação da estrutura do castelo. Atualmente, quase todos os aposentos de professores são criados por magia, pois os mesmos costumam dormir em pomposos “apartamentos” e fazem feitiços para o melhor de seus confortos, entretanto alguns lugares da escola existem sem alteração do ambiente por feitiços, o que seguramente é o caso das casas dos alunos.

Em algum lugar das masmorras do castelo encontra-se a sala comunal e os dormitórios da Sonserina, enquanto que, perto da cozinha de Hogwarts, fica a casa Lufa-lufa. Por sua vez, nas torres, no último e mais alto andar do castelo, fica a torre da Corvinal, enquanto que a torre da Grifinória se encontra em algum lugar dos corredores do sétimo andar.

Nota-se que as casas estão dispostas, novamente, de forma separada, para equilibrar as energias cósmicas ditas anteriormente: Corvinal e Grifinória encontram-se nos andares superiores da escola, enquanto Lufa-Lufa e Sonserina concentram-se nos andares inferiores.

Porque dessa divisão? Não poderiam todas as casas simplesmente ficarem umas ao lado das outras?

Hogwarts uma história omite várias informações, entretanto, muitos dizem que a divisão é feita desta forma porque, numa emergência, os lufanos jamais negariam comida aos necessitados, enquanto a situação estivesse crítica, os corvinianos estariam aptos a planejar uma fuga por cima do castelo, enquanto os grifinórios, que estão à meio caminho da torre da Corvinal, sendo destemidos, buscariam os demais alunos lá embaixo e levariam para uma fuga segura na torre da Corvinal. A localização da Sonserina explica-se, pois, para agir com astúcia, precisa-se de segredo, e há um lugar mais privado e escondido do que as masmorras no subsolo do castelo? Essa teoria se comprova pela ação de Slytherin ao esconder seu basilisco no subsolo de Hogwarts, na afamada câmara secreta.


Separação dos Dormitórios

Meninos e meninas são separados por dormitórios distintos. Existe o conteúdo sexual de que os opostos se atraem, da mesma forma que a interação entre os elementos e cores, percebemos que o Yin e Yang das casas, mostrado no tópico acima, demonstra claramente as duplas formadas: Slytherin e Hufflepuff versus Gryffindor e Ravenclaw. Todos os nossos estudos até hoje, que só neste momento são revelados aos leitores d’O Pasquim, com muitíssima exclusividade, indicam que o sexo oposto sempre traz estabilidade no ambiente. Não que estejamos negando a eterna guerra de sexos, mas nos remetemos aqui à representatividade da coisa. A divisão dos dormitórios foi feita dessa forma para que toda a energia de ambos os sexos esvaíssem para a sala comunal, onde estão os corações das casas, que ficavam sempre em harmonia, por isso sentíamos aquela sensação gostosa de “volta ao lar” quando adentrávamos em nossos aconchegantes salões comunais.


Aulas

Os alunos poderiam todos juntos participar das aulas, mas porque não fazem isso? Porque as aulas sempre são casadas entre as casas, de duas em duas?

A administração da escola dá a bazófia desculpa de que seria uma solução “administrativa” da escola, entretanto, escritos antigos assinados por uma pessoa desconhecida revelam que a divisão de aulas foi feita dessa forma para a melhor interação entre as casas, mais uma comprovação de que há a necessidade de uma harmonia entre todos os alunos da escola.


Conclusão

A lógica e o misticismo explicam tudo, inclusive a harmonia de Hogwarts. Mas tudo mudou. Agora, segundo informantes confiabilíssimos, alunos da própria escola, os alunos estão divididos em quartos duplos, o que destrói completamente o fluxo natural das divindades sexuais. Os alunos “especiais” estão recebendo aulas a mais, o que desestabiliza o complexo quadro de horários criado especialmente para a escola. As casas estão desativadas e novas casas foram construídas por magia, o que não é nada natural, pois se o bruxo que as construiu morrer, elas desaparecerão, e o Ministério nega qualquer envolvimento com a obra, inclusive negando que a mudança é mágica.

Tudo está errado, mas nos resta uma pergunta... Porque a escola ainda não está destruída depois dessa drástica mudança no equilíbrio místico do ambiente? Já reportamos coisas desastrosas n’O Pasquim, onde moradias e edifícios hospitalares ruíram completamente quando o equilíbrio foi quebrado, e isso não aconteceu com Hogwarts. Temos uma simples conclusão: com certeza há alguma coisa segurando a destruição da escola, o que estamos investigando.

Onde será que está a linha que separa o Yin do Yiang? No salão principal? Na sala do diretor? Em outros lugares únicos do castelo, como o corujal ou os jardins? Estas perguntas que fazemos, caros leitores, e informaremos assim que fizermos novas descobertas sobre a pesquisa.

Os outros livros, falavam sobre as relíqueas de Hogwarts – o medalhão de slytherin, a taça de hufflepuff, a espada de Gryffindor e o diadema de Ravenclaw.

No momento, todos os livros biográficos sobre a história de Harry Potter estavam locados, informou a bibliotecária: afinal, havia poucos volumes.

5 Re: Biblioteca em Sab Jul 11, 2009 3:42 pm

Gabrielle Stevan Orion

avatar
Sonserina
Sonserina
Narração
-Pensamentos
falas

Gabrielle chega a bibliaoteca sozinha e sem nada pra fazer quer pensar um pouco na vida dela e ler alguns livros..
Ao chegar láh Gabrielle procura algum livro interesante para ler..

ao ver um livro super interesante pega ele e se senta em uma pontrona!

------------------------------

6 Re: Biblioteca em Seg Jul 13, 2009 7:46 am

Ricardo Vitoria

avatar
Corvinal
Corvinal
Ricardo chega a biblioteca com uma grande duvida pois não estava achando os livros para as aulas

-Oi eu gostaria de um livro para meus estudo,Feitiçaria Elementar(ou qualquer livro que contenha essa matéria).

A blibiotecaria faz um leve gesto com sua varinha indicando a sessão que eu deveria procurar.

-Muito obrigado.

Ela da um leve sorriso e então ricardo sai andando para a sessão

7 Re: Biblioteca em Seg Jul 27, 2009 12:51 pm

Wendy Rachelwood

avatar
Corvinal
Corvinal
Após a aula de Vôo do primeiro ano, Chega meio que na correira a menina Wendy, com as bochechas coradas, logo avista Ricardo Vitória seguindo para uma das sessões da biblioteca, mas por não conhecer muito bem o ambiente ali, logo chega ao balcão e pedindo licença, pede ajuda para achar um livro...

-Senhora? - Diz Wendy com a mão direita levantada, indicando que esta queria perguntar algo, mas a atendente da biblioteca parece não escutá-la...

Novamente e com mais firmeza, o tom de vóz de Wendy ergue-se um pouco, mas a educação continua presente ali...

- Senhora por favor! - Logo a senhora se dá conta da presença daquela menina gentil e presta atenção a sua duvida.

- Gostaria de saber se têm algum livro destinado a matéria de Vôo, que fale sobre bruxos importantes dessa modalidade... Poderia me ajudar?

Logo, Wendy espera no balcão anciosa para a resposta da gentil atendente.

______________________________

Off: Favor, gostaria que a ajuda fosse enviada via mp!

^^

8 Re: Biblioteca em Seg Jul 27, 2009 3:19 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Aurora Morgan olhou para Wendy, sorrindo e dizendo:

-Sim, querida. Bruxos Famosos relacionados a quadribol... Quadribol Através dos Séculos é muito bom, mas tem um livro só de personalidades e nomes com relação a Quadribol. Mas como sei que toda esta pesquisa é muito cansativa para você, querida, a Seção de Quadribol do livro Bruxos Famosos Pelo Mundo ajudaria muito.

Ela indicou o livro e voltou-se para os outros alunos.

9 Re: Biblioteca em Sex Ago 07, 2009 3:30 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
O dia era calmo e belo mas Robert não estava tão calmo assim algo o deixa-va muito pensativo então ele vai até a biblioteca onde havia marcado de se encontrar com Alice para tentarem achar algo que os ajuda-sem com seus dons as clarevidencias que os dois tinham, assim que chega Robert vai até a Bibliotecaria Aurora Morgan.

-Bom dia Sta. Morgan por acaso você tem algum livro sobre clarevidencias e como controla-las?

Robert aguarda a resposta da bibliotecaria com um sorriso apreencivo no rosto.

10 Re: Biblioteca em Qua Ago 12, 2009 12:14 am

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
NARRAÇÃO
-FALA
-PENSAMENTO


Revinos sai de sua detenção e sobe as escadas, ele passa pela biblioteca da escola e decide entrar, seria a primeira vez, lá tinha vários livros, grossos, finos, alguns eram gigantes com mais de mil paginas, e outros eram fininhos com cinqüenta ou menos. Se apróxima de uma cadeira ao lado de uma gigantesca estante e se senta para aliviar um pouco o cansaço, a detenção nas cozinhas não tinha sido nada legal, ficaria sem escrever por mais ou menos uma semana.

-droga, os ossos da minha mão estão doloridos.

Ele olha para a mesa ao seu lado e vê variados livros, um estava falando sobre azarações, como a azaração da perna presa, ele ficou ali lendo enquanto descansava as mãos no colo.

11 Re: Biblioteca em Qua Ago 12, 2009 10:40 am

Aurora Morgan

avatar
NPC
NPC
oFF: desculpe a demora, Robert.
Quando quiserem interação com Aurora Morgan comuniquem por MP à Satrissa Lautrec, ok?

ON:

-Senhor de Boron, - diz, olhando para Robert. - Temos muitos livros sobre Clarividência como Esclarescendo o Futuro, da renomada Cassandra Vlabatsky. Você vai encontrar mais livros naquela seção ali. Por que o interesse, não me diga que você é clarividente?? - aponta ela, sorrindo, mas ela não espera a resposta do menino e vira-se para um outro menino.

O menino estava entre vários livros de azarações, o que deixou Aurora um pouco preocupada, portanto ela perguntou à Revinos:

-Posso ajudá-lo, Senhor Treng? Procura algum livro em especial?

OFF:
Robert, especifique o que você está procurando sobre a clarividência, ok?

12 Re: Biblioteca em Qua Ago 12, 2009 12:24 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Desde a reunião do três vassouras, Charlotte estava com a cabeça a mil, a vontade de cometer um assassinato em massa era grande, sem falar na decepção que tinha sofrido, mais ia ter troco, até porque ela sempre tinha sido auto-suficiente e inteligente o bastante para agir sozinha... Foi um erro confundir amizade com seus interesses.

Ela entrou na biblioteca e pediu o exemplar de Hogwarts: Uma História para bibliotecária, e em seguida sentou-se a mesa... Seus olhos passaram rapidamente pelas pessoas que liam seus livros e terminavam deveres, e entre os desconhecidos notou um rosto não tão estranho... Um garoto que estava na tal reunião. Não se lembrava do seu nome nem ao menos se ele tinha dito, mais não pensou das vezes antes de se juntar a ele, apenas para uma conversa, ou sei lá.

–Olá, se incomoda se eu sentar aqui? Disse já se acomodando. –Sou Charlotte Smith, Prazer! Em um cumprimento leve com as mãos e um sorriso cordial, apenas abriu seu livro e começou a folheá-lo.

13 Re: Biblioteca em Qua Ago 12, 2009 1:58 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert ficou branco quando a bibliotecaria o indagou em uma breve pergunta sem mesmo esperar a resposta

Por que o interesse, não me diga que você é clarividente??

A bibliotecaria se dirigiu ao Sr. Treng quando o viu olhando os livros de Azarações Robert logo sentiu um alivio pela bibliotecaria ter se destraido com o outro rapaz

-Ainda bem que o Sr. Treng apareceu, mas quem sabe ela poderia não me ajudar? Assim que ela voltar eu falo com ela

Robert deu um longo suspiro e ficou esperando a Sra. Morgan voltar

-----------------------

NARRAÇÃO
PENSAMENTO

14 Re: Biblioteca em Qua Ago 12, 2009 4:13 pm

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
NARRAÇÃO
-FALA
PENSAMENRTO

Depois de alguns minutos lendo, a bibliotecária, Aurora Morgan, se dirige até ele para ver se precisava de ajuda a procura de algum livro.

Citação
-Posso ajudá-lo, Senhor Treng? Procura algum livro em especial?

-não, não, obrigado, estou lendo qualquer um e achei que esse seria mais interessante que os outros.

Depois de responde-la continua lendo o livro, até uma garota que virá na reunião no cabeça-de-javali, que agora estava lhe pedindo para se sentar ao lado.

Citação:
–Olá, se incomoda se eu sentar aqui?

-Não, fique a vontade.

Citação:
–Sou Charlotte Smith, Prazer!

-Revinos Treng, você estava na... Ai! Droga. Um livro cairá em sua mão, fazendo a dor aumentar ainda mais. –filho da... Ah! Desculpe, eu ia perguntar se você não era uma das pessoas que estavam na reunião lá no cabeça-de-javali. Diz ele massageando as mãos doloridas.

15 Re: Biblioteca em Sex Ago 14, 2009 12:44 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Ela parou de folhear o livro para escutar Revinos, com certeza o encontro no Cabeça de Javali renderia algum comentário depois do seu discurso fatídico. – A própria... A do discurso de duas horas. Disse pausadamente. –Você era um dos que estavam pegando no sono? Um sorriso malicioso brotou nos seus lábios, o rapaz deveria estar com uma péssima impressão dela.

– Na verdade eu ando uma pilha de nervos desde que aconteceu essa separação ridícula.

– Alias, como vai a casa dos alunos privilegiados?

16 Re: Biblioteca em Sex Ago 14, 2009 2:23 pm

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
NARRAÇÃO
-FALA
-PENSAMENTO
___________________________________________________________________

Citação:
– A própria... A do discurso de duas horas.
Você era um dos que estavam pegando no sono?

A palavra certa seria: surpreso, pois a reação da menina no cabeça-de-javali foi bem agitada.

Citação:
– Na verdade eu ando uma pilha de nervos desde que aconteceu essa separação ridícula.
– Alias, como vai a casa dos alunos privilegiados?

Sim ele também achava as separações ridículas, ficava com raiva só de pensar que evilin estava sendo tratada como lixo na Liga comunal.

- Somos dois então eu também ando nervoso com isso, e digamos que não estou tendo muitos privilégios. Diz mostrando as mãos doloridas para a garota.

-acho que isso não é privilégio, o que você acha?

17 Re: Biblioteca em Sab Ago 15, 2009 4:07 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Dessa vez ela teria que admitir que ficou com uma leve pena do rapaz ao encarar suas mãos, mais tudo bem que isso não era o fim do mundo... Tava parecendo um saco de batatas mostrando as mãos contorcidas, sorte dele não ter encontrado o vingador mascarado por ai, ou ia clamar pela mamãezinha.

– Posso perguntar o porquê disso?

18 Re: Biblioteca em Sab Ago 15, 2009 5:17 pm

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Citação
– Posso perguntar o porquê disso?

-hum... Digamos que eu andei destruindo alguns patrimônios da escola em um simples duelo com o Edward, ele também é da sonserina, estávamos só aperfeiçoando os feitiços e acabamos nos empolgando um pouco. O zelador nos levou para a diretoria e a professora Lambert avisou a satrissa, e você deve saber como é o dragão, mais confesso que fiquei surpreendido, eu pensei que ela nos torturaria ou nos prenderia em algum lugar, mais ao em vez disso nos mandou limpar tachos, acho que a velha está doente.Diz numa pequena risada.

Ele já tinha esquecido do elfo arrogante, mais com esse assunto voltará a lembrar do elfo, não sabia se era da satrissa, mais se fosse, tal patroa, tal elfo.

19 Re: Biblioteca em Dom Ago 16, 2009 6:52 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Charlotte escutava atentamente tudo que Revinos dizia, realmente estava certa, se ele tivesse que lavar tachos todos os dias a mãozinha do filhinho da mamãe estaria acostumada, mais relevando esse fato, ele usava sábias palavras quando escolheu um adjetivo para Satrisa... Dragão era bom, como nunca havia pensando nesse apelido?

–A Chatrissa te colocou pra faxinar? Tudo bem que olhando pelo ângulo dramático era uma coisa, mais não pode deixar de gargalhar... Aurora Morgan pediu silencio no recinto, e ela tentava prender o riso com os lábios. – Essa mulher é a pior coisa que já existiu... Não posso deixar de admirá-la.

– Sabe de uma coisa, esses imbecis estão precisando de uma lição, não acha? Pronto! Essa era a hora que o lado ruim e sonserino de Charlotte aflorava, só precisava de um empurrão para jogar fogo no palheiro... E olha só, o grilo da consciência dela estava em sono profundo nesse momento, só tinha um problema... Ela odiava Corvinais.

–Esse Edward... É seu amigo?

20 Re: Biblioteca em Dom Ago 16, 2009 7:21 pm

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Narração
-Fala
-Pensamento


Citação:
–A Chatrissa te colocou pra faxinar?

Ela deu uma gargalhada alta o suficiente para Aurora Morgan pedir mais silencio.

Citação:
– Essa mulher é a pior coisa que já existiu... Não posso deixar de admirá-la.
– Sabe de uma coisa, esses imbecis estão precisando de uma lição, não acha?

Com certeza era sonserina, não tinha duvida, mas dar uma lição nos imbecis não era lá má idéia.

Citação:
–Esse Edward... É seu amigo?

-sim esses imbecis incluindo o ministro estão mesmo precisando de umas lições, bom, meu pai trabalha no ministério, e ele também não gostou nada dessa idéia do ministro. Sim Edward é meu amigo, dividimos o mesmo quarto na Liga.

Aproveitando que Aurora Morgan estava por perto, ele a chamou.

-senhora Morgan. Enquanto a aguardava voltou a falar com Charlotte.

-é rapidinho só preciso de uma coisa para a tarefa de História da magia e já voltamos ao assunto.

Ele se vira para a bibliotecária.

por acaso a senhora tem algo sobre a Revolta Germãnica 1328?

21 Re: Biblioteca em Dom Ago 16, 2009 7:29 pm

Aurora Morgan

avatar
NPC
NPC
Aurora se aproximou para ouvir o aluno dfa Liga Ministerial.

-Claro, tenho sim, vou pegar alguns dos livros que você com certeza gostará, pois tem bastantes informações sobre a Revolta Germânica.

A Sr. Morgan continuou andando, e 2 minutos depois com apenas um livro em suas mãos e entregou para Revinos.

-Só tenho este livro, parece que muitos alunos pegaram livros sobre esta matéria recentemente. Mas este livro também é bom, pode lê-lo!

Aurora deixou o livro A Alemanha Bruxa com o Revinos Treng, que logo olhou no sumário procurando o capítulo sobre a Revolta Germânica de 1328.

OFF:
Continuação do post por MP.

22 Re: Biblioteca em Dom Ago 16, 2009 8:01 pm

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Revolta Germânica? Isso muito lhe interessava, que nome mais sugestivo... Agora vamos ver se esse tal não vai dar pra trás, mais dessa vez ela ia se precaver.

–Eu tive um a idéia... Uma péssima idéia Revinos, me encontra hoje nos corredores e você vai se vingar da Satrissa... Ela o fitou seriamente enquanto guardava seu material. –Você vai estar lá?

23 Re: Biblioteca em Dom Ago 16, 2009 10:26 pm

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Narração
-Fala
-Pensamento



–Eu tive um a idéia... Uma péssima idéia Revinos, me encontra hoje nos corredores e você vai se vingar da Satrissa...

Se vingar da satrissa? Se vingar não seria a palavra certa, pois pagou a detenção por ter feito o que não devia.


–Você vai estar lá?

Ele pensou um pouco, não queria se vingar, mas, queria aprontar, ele não era santinho que nem alguns pensavam.

-não quero vingança, acho que mereci o castigo por destruir patrimônios da escola, mais seja lá o que você esta pensando eu estou dentro, essa escola precisa de um pouco de divertimento, e acho que aprontar um pouco é um ótimo remédio para levantar o animo se é isso que você quer fazer, vou estar lá.

24 Re: Biblioteca em Seg Ago 17, 2009 12:32 am

Charlotte Smith

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
Charlotte apenas sorriu para o garoto, até que ele não era tão bobo quanto ela imaginava, mais ainda sim tinha aquela violência sem sentido, de duelar em lugares abertos e depredar a escola... Ninguém no seu normal faria isso... Mas enfim, tirando isso até que Revinos era racional.

–Certo... Se divirta com a Revolta dos germânicos... Disse pausadamente. –E só pra garantir... Vou deixar um elfo doméstico te vigiando até nosso próximo encontro, mais não se incomode... É só por preocaução. Ela deu seu melhor sorriso, uma mistura de mel e veneno, aqueles típicos dela.

–Te vejo mais tarde, e se quiser... Traga uma amiga! Charlotte se levantou com seus livros nos braços e saiu.

25 Re: Biblioteca em Seg Ago 17, 2009 10:51 am

Petrick Stamberlee

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Narração
-Fala
-Pensamento

–Certo... Se divirta com a Revolta dos germânicos... –E só pra garantir... Vou deixar um elfo doméstico te vigiando até nosso próximo encontro, mais não se incomode... É só por preocaução.

Era só o que faltava, um elfo na sua cola, só esperava que não fosse o Dumbsley, pois já não agüentava mais sua arrogância.

–Te vejo mais tarde, e se quiser... Traga uma amiga!

Trazer uma amiga? Será que precisaria de três pessoas para fazer a encrenca? Tanto faz, se alguém interessante que tivesse espírito bagunceiro aparecer, ele até chamaria, Charlotte pega suas coisas e sai da biblioteca, logo depois revinos tambem sai.

26 Re: Biblioteca em Qua Ago 19, 2009 2:35 am

Marina Angela

avatar
- Boa tarde Aurora - a voz de Marina denotava o prazer de encontrar a bibliotecaria outra vez - antes que me xingue - sorriu como se pedisse desculpas - eu sei que mal coloquei os pés aqui esse ano. Culpa do vovô que me encheu de livros nas férias.

O lugar favorito de Marina, quando queria pensar na vida era a biblioteca. A srta. Morgan era uma excelente profissional e conhecia cada tomo que ali se encontrava. Quantas vezes indicou obras que aplacaram o anseio da garota.

- Depois do ataque a Charlotte - confidenciou enquanto indicava a moça com a cabeça - como esta a segurança da biblioteca? A srta. se sente segura aqui? Sabemos que até agora os ataques foram a alunos, mas como saber quando isso poder mudar? Alias, nunca lhe perguntei: Qual foi sua casa Aurora? - apostaria que a moça fora uma Corvinal, pelo modo como ela era amigável e estudiosa.

- Antes que eu me esqueça. Tem ai alguma coisa mais avançada sobre a Revolta Germânica de 1328? - Olhou curiosa e a srta. Morgan sabia que aquele olhar não se contentaria com pouca coisa sobre o assunto.

Enquanto os livros eram providenciados, não pode deixar de notar que Charlotte se retirava da biblioteca sem ao menos olhar me sua direção. Uma pena tudo o que aconteceu e como sua amizade ficou abalada. O mais curioso foi a cara que o rapaz que ela conheceu no jantar inaugural fez ao passar por ela. - O que ele estaria aprontando?


_________________

27 Re: Biblioteca em Qua Ago 19, 2009 6:17 pm

Aurora Morgan

avatar
NPC
NPC
-Boa tarde, Srta. Ângela. Não há problema em seu sumiço: sei que ainda preza o gosto pela leitura, só espero que não o perca.- falou, a funcionária. - Me sinto segura sim. Se não posso me sentir segura em minha biblioteca, não me sentirei segura em lugar nenhum. E eu prefiro pensar que eles vão encontrar o culpado. A propósito, fui da Corvinal, e tem apenas um livro aqui na biblioteca sobre a Revolta. Por sorte, o último aluno o deixou ali em cima da mesa, pode pegá-lo. - apontou.

O livro estava praticamente largado, e Aurora voltou ao seu trabalho.

OFF:COntinuação por MP

28 Re: Biblioteca em Qui Ago 20, 2009 3:21 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert olhava os livros que a senhorita Morgan sitou mas não consegui encontrar nada no livro que o ajuda-se então olhou para os lados procurando a bibliotecaria que no momento falava com Marina, assim que a aurora terminou de falar com a garota ela voltou a seus afazeres.

-Vou falar com a senhorita Morgan depois vou falar com a Marina.

Robert vai até a bibliotecaria e logo se pos a falar

-Oi de novo, senhorita Morgan eu não achei o que estava procurando nos livros que você me sugeriu, eu vou explicar o tipo de livro que eu quero, eu tenho o dom da clarevidencia mas não sei como controla-lo, eu preciso de um livro de talvez alto-ajuda o que pode ser o caso ou que explique como se faz para controlar a clarevidencia entendi, como eu posso ter controle sobre ela a qualquer momento que eu queira.

29 Re: Biblioteca em Sex Ago 21, 2009 11:39 am

Aurora Morgan

avatar
NPC
NPC
Aurora se aproxima de Robert.
-Sim sim, tem uns livros aqui sobre isto. Mas acho que você deveria falar com seu professor de Adivinhações...err...quero dizer, Artes Vocacionais....- fala ela, dando um livro na mão de Robert e indo atender outro aluno.

Robert poderia perceber na introdução informações valiosas sobre a clarividência.

A Clarividência Hoje:

A clarividência é o fenômeno parapsicológico que permite a percepção visual de objetos por meios paranormais. Difere da telepatia pelo meio através do qual é adquirida a informação: enquanto na telepatia a informação provém da mente de outra pessoa, a clarividência provém de objetos. Este nome também é dado, em certas escolas de ocultismo, à chamada "visão espiritual", que permite enxergar objetos e pessoas fora do meio físico.

Definições

Faculdade de ver nos mundos suprafísicos (invisíveis para a visão física). Acredita-se que é uma faculdade existente em cada ser humano, mas em estado latente (adormecida) na maioria das pessoas e que é ativada por meio de exercícios que colocam em vibração a glândula pineal e a hipófise; e será eventualmente possuída por todo ser humano no desenvolvimento futuro da humanidade, a par com o desenvolvimento espiritual de cada indivíduo.
Ao adquirir esta visão espiritual, cada indivíduo poderá, por si próprio, investigar assuntos como o estado do Espírito humano antes do nascimento, depois da morte, e a vida nos mundos invisíveis.

Clarividência Premonitória e Livre-arbítrio

Alguns estudiosos da Parapsicologia afirmam que objetos não guardam informação, cousa esta, que contraria conceitos do instituto "Espiritismo", pois tais estudiosos acreditam que o inconsciente é portador de conhecimento além das possibilidades de tempo e espaço e dele pode-se obter informações; a parapsicologia estudada pelos orgãos oficiais não concorda com a teoria de objetos portarem informações como a memória humana que tem sua existência no Cérebro, em parte determinada, e que guardando certa energia em forma de informação, armazena acontecimentos e outras diversas informações.
A possibilidade de clarividência premonitória, como a demonstrada por Edgar Cayce e Emanuel Swedenborg, aparenta entrar em conflito com a idéia de que o ser humano seja dotado de livre-arbítrio, pois, aceitando-se que um evento possa ser descrito por antecipação, isso parecerá implicar em que o futuro esteja pré-determinado.
Existem técnicas de desenvolvimento desta habilidade, pois como as pesquisas nos mostram, todos temos capacidades paranormais só que não desenvolvemos o bastante para se tornarem perceptíveis.
Uma explicação, segundo o Espiritismo, de como a possibilidade de clarividência premonitória não implica, obrigatoriamente, no determinismo.
Outra explicação é que os fenômenos premonitórios nada mais são que a atuação da psicocinésia de forma a fazer com que os acontecimentos futuros correspondam à nossa vontade.

Domínio sobre a Clarividência

O controle da clarividência é muito discutido. A maioria dos raros casos clarividentes não tem qualquer domínio sobre a habilidade. Poucos bruxos clarividentes se aprofundam e dedicam-se no estudo desta arte e passam a interpretar melhor, assim como obter um certo controle mais avançado. Tendo controle ou não, é um dom a ser estudado.

30 Re: Biblioteca em Ter Ago 25, 2009 8:29 pm

Shiba Takeru

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Takeru chegou na biblioteca com animo venho correndo para a biblioteca quando chegou voltou a seu estado normal, deu sorte de não ser pego correndo nos corredores por ninguem de poder na escola.

o jovem caminhou até a responsável do lugar e mostrou o pergaminho - olá tenho permissão para entrar na sala privada de livros, a senhora poderia me levar até lá? disse o jovem com muita calma.


apesar de tudo Takeru estava animado com a ideia de conseguir algo na escola, seu andar era rápido sua respiração era funda e na sua barriga estava aquele friozinho.

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum