Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Estufa de Herbologia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Estufa de Herbologia em Sex Ago 28, 2009 12:27 am

Narrador

avatar
Narrador
Narrador

2 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 1:28 am

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
A noite reservava ao rapaz mais do que simples e mero descanso. Badwolf aproveita a hora para andar pelos corredores, volta a área onde residia a estufa e de modo discreto vaga pelo lugar. Buscava alguns ingredientes para uma poção sua, nada raro, mas que não era encontrado facilmente. Seus ouvidos não anunciam presença alguma, então era o momento ideal.

“só um pouquinho disto e disto...”

Corta daqui, pega dali, agora menos atento ao redor e mais concentrado nas quantidades e no que faltava, Marcus estava muito ansioso, os resultados poderiam ser muito satisfatórios.


3 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 1:42 am

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
as aulas de herbologia eram um desastre, janão bastava ter que decorar o nome de cada folha em especifico, combinações, sabores e efeitos para um tradicional chá ritualistios, teria que também aprender a usa-los para fazer poções, de fato, este não era o seu forte, ja não bastava o titulo de menina estudiosa, teria que ser a melhor, com um caderno de anotações em punhos se vestiu om um delicado kimono, tão negro quanto a noite, seus olhos refletiam a escuridão que vagava dentro de seu sorriso cheio de malicia, não era a primeira vez que quebrava as regras, provavelmente não seria esta a ultima, seus poucos momentos de liberdade, ser de fato quem era, com movimento felinos se esgueirou por entre os corredores de hogwarts ate chegar na estufa de herbologia....

olhou ao redor para verificar se nenhum professor ou monitor haviam a seguido ate ali, ou ate mesmo se alguem havia percebido sua presença, quando então sacou sua varinhae apontando para a porta disse sussurrando:

~Aloho....

a porta estava aberta? havia algo de estranho, não acreditava em nenhum professor acordado aquela hora, cada celula de seu corpo gritava , tremendo para que voltasse para seu quarto, mas a adrenalina funcionava como uma droga, e a endorfina aliviava a tensão, a menina então empurrou lentamente para que a porta não fizesse nenhum barulho, e lentamente se esgueirou para dentro, prourando a presença de alguem, ou ate mesmo que alguem estivesse em sua caçada...

quando de fato entra na sala parecia não ter ninguem, na ponta dos pés , meio agaichada, caminha por entre as folhas, a procura de algumas amostras

4 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 2:02 am

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
Sua atenção estava voltada para o material adquirido de forma irrelevante, quando o som de uma folha sendo amassada perturba o silencio da noite. Rapidamente Badwolf se abaixa obtendo cobertura nos pedaços de madeira, fosse quem fosse estaria encrencado se o pegassem. Então, abaixado o rapaz segue ainda sobre cobertura se aproximando da saída que também era a entrada. Quando consegue observar melhor quem havia adentrado o cômodo, nota que não era um professor e sim uma aluna.

“ah? A essa hora uma aluna por aqui... Ela está transgredindo as regras... droga... maldita hora, se ela me colocar em problemas... aaaarg.”

Badwolf furtivamente pega na mesa próxima a ele uma semente qualquer, arremessa a mesma do lado oposto em que estava para chamar a atenção da menina e no exato instante deste vacilo, ele atacaria rumo a presa. Marcus avança contra a menina, a pressiona contra a parede com seu corpo enquanto uma mão segura firme a boca dela e a outra se certificava de manter a varinha da garota numa distancia segura.

- Se gritar eu e você estamos ferrados...

Ele mantinha a mão sobre os lábios dela, encarava os olhos da menina de modo mais indiscreto possível, o olhar de Badwolf era sempre selvagem, um bicho do mato vestindo roupas de gente. O rapaz cheira a menina, grava o aroma e julga o que pode, se ela se tranqüilizar o rapaz iria começar a tirar a mão da boca dela e ir para o cabelo, não deixaria ela livre de cara. Uma menina com aquele olhar não era presa fácil.

“droga, ela cheira a problemas...”

- Então, posso confiar em você para resolvermos isso?


5 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 2:15 am

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
makie caminhava de maneira furtiva, seus passos imitando a de um gato vasculhavam na escuridão as folhas de sua preferencai, mas ali esta um pouco escuro demais, sua varinha chamaria atençãod emais, enão teria que contar com seu tato e sua visão praticamente nula naquele momento, sabia que ap rofessora de herbologia naõ permitiria que retirasse amostras, mas, era uma experiencia, para seus estudos, teria que funcionar, quando o barulho de algo fez seus pequenos e redondos olhos se arregalaremenquanto ela corripa para se esconder em algum canto, mas era tarde demais, havia se transformado na presa naquele momento, sua mão esquerda presa, seu scorpo presionado por outro corpo, uma mão sbre sua boca, sentiu então o suor lhe acumular em sua testa e escorrer pela lateral de sua tempora equanto engolia com dificuldade a saliva em sua gargantaquase fechada pelo temor, seus olhor ainda arregalados fitavam a figura que a prendia, sua respitação acelirada, fazia seu peito saltitar como se porventura estivesse sofrendo taquecardia, talvez estivesse, e então um aviso..


- Se gritar eu e você estamos ferrados...

a menina fechou os olhos e respirou fundoquanto então sentiu algo como um farejar do garotao a sua frente

" isso é um homem?"

um arrepio lhe passou por sua espinha enquanto se tranquilizava, e olho encarava os olhos selvagens com um ar de iponencia e friesa, respirou funto e então murmurou alguma coisa, revirando os olhos, como se aborrecida pelo o que estava acontecendo

" bah.. quem é esse idiota fedorento?"

6 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 2:30 am

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
Aquela sensação de medo dela, a respiração, Badwolf ficava empolgado com aquilo, era um predador e como tal adorava a emoção da caçada. Só que se render a isto poderia trazer mais problemas, menos mal sendo uma aluna, muito melhor do que se fosse um professor ou um coordenador. Marcus então retira a mão da boca da menina e segue ruma a nuca dela e por fim a raiz dos cabelos a outra mão continuava mantendo a varinha dela em outra direção. Não iria vacilar com a menina, seu olhar lhe trazia um pressentimento não muito agradável. Depois de reconhecer a casa dela o rapaz comenta de modo malicioso.

- Corvinal, que coisa feia... pegaria mal pros seus se você fosse vista aqui a esta hora, com um grifindorio a sós na estufa tarde da noite e num clima tão romantico, já quase posso ouvir os boatos pelo castelo inteiro. Pra mim eu perco os mesmos pontos que voce, mas os boatos não me afetam. O que veio fazer aqui menina ?

Perguntava já meio ríspido, Badwolf não poderia por seu estudo e nem seu objetivo em risco e faria o que fosse necessário para isso. Dependendo da resposta de menina tomaria um ou outro caminho, enquanto ela responde o rapaz calculava mais ou menos o peso do corpo dela apenas de olhar, só pra ter uma base.


7 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 2:40 am

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
os olhos de makie o fitavam com um pouco de temor ao ouvir aquelas palavras, mas logo o teomor cedeu seu lugar a raiva, e seus olhos flamejantes fuzilavam o garotao a sua frente

- grifinorio, como era de se imaginar, suas atitudes de coragem beiram a estupidez, o que faço aqui não lhe diz respeito, da mesma forma que não me interessa o motivo pelo qual estás aqui, pode deixar que de meus labios não sairão palavras que destruam minha reputação sobre este dia, eu não te conheço, e nem mesmo faço questão disso, agora me largue, se quer me forçar a me esconder, deveria me prender no chão e não contra a parede, isso é uma estufa.. parees de vidro, qualquer um do lado de fora poderia nos ver ahoo

makie balançou a cabeça negativamente

- vai me soltar ou serei obrigada a morrer intoxicada pelo seu fedor?

8 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 8:43 am

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
- Muito pelo contrario, sua vinda me revelou ser uma coisa ainda mais útil do que aquilo que vim buscar.

Ela comenta sobre a idéia de irem para o chão, realmente num comodo com paredes de vidro seria difícil não ser pego. Badwolf não tinha conseguido chegar ali pela sua genialidade e isso fora comprovado, mas compensava em determinação e esperteza, alem de um pouco de malicia. O sorriso cínico é desenhado nos lábios do rapaz que segura a menina com mais força, a mão na raiz do cabelo dela rouba um mecha sem cuidado algum, dando alguma dor aquela menina que na mente de Badwolf não passava de mais uma garota mimada.

- Já quer se deitar comigo no chão? Hummmm assanhadinha você...

Badwolf provoca a menina com gosto, estava se divertindo muito com tudo aquilo.

- Vamos fazer assim, tive uma idéia aqui...

Badwolf puxa a varinha da mão da menina, pegando-a para si a força.

- Pode fazer o que veio fazer, eu to de saída, mas vou levar sua varinha para que não faça nenhuma bobagem contra mim. Me encontre amanha pela manha, bem cedo, antes de começar as aulas, estarei na biblioteca lhe esperando com sua varinha. Assim que chegar eu a devolvo e daí em diante não precisa mais me ver...

O sorriso nos lábios do grifinório deixavam os caninos a mostra, pela feição do rapaz com certeza era de se imaginar que Badwolf tinha alguma coisa já pensada. O rapaz cheira a mecha de cabelo conferindo o aroma, depois guarda e vai saindo discretamente, mas antes se despede da corvinal.

- Nosso encontro foi muito agradável, te espero amanha para um pouco mais.

Ele da uma piscada de olho pra ela, o olhar era o mais sacana possível. Badwolf era muito pilantra e provocar a menina parecia ser seu novo esporte, havia finalmente encontrado algo para se divertir naquele castelo imenso. Talvez com isso ainda conseguisse algo mais, bastava fazer as coisas de modo certo e então talvez todos ali saíssem ganhando, principalmente ele.






9 Re: Estufa de Herbologia em Seg Dez 13, 2010 9:21 am

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
makie olhava de forma firme para aquele que a prendia, com os olhos fixos no semblante do adversario, ali no escuro, era dificil intendifica-lo quando então sentiu um puxão e uma enorme vontade de gritar, mas logo aquilo acabara, tão rapido quanto começado, quado percebeu um tufo de gabelo na mão do garoto, ao menos os podia ser, pelo tamanho, o timbre de voz, e se classificr como grifinório, se fosse um professor seria bronca e não diria a sua casa, isso so mostrava o quão idiota era, tocou com a ponta dos dedos livre a parte que havia perdido o cabelo, a mandibula cerrada ainda abafava o grito de dor, mas logo conseguiu abafalo, soltando um longo suspiro de alivio

- você é doente ou coisa do genero? isso doi sabia?

o comentario sobre se deitar lhe havia irritado, mas preferiu se calar, não daria outra informação ou ate mesmo discutir com alguem que não valesse apena, ate que o bobo teve uma ideia, e então sua varinha é tomada, isso era um pouco frustrante, bufou descontente e então o olhou

- hey engraçadinho, antes das aulas se nos encontraremna biblioteca vão desconfiar por algo, seria melhor depois das aulas, algo meio que ocasional, tem certesa que é um grifinório? bem, nos encontraremos depois das aulas, e se não quiser me devolver, tudo bem, eu compro outra

aborrecida e com a mão apostos para qualquer eventualisdade, mas o menino ia embora e nem mesmo seu nome ela sabia

" não me importo em saber quem era, apenas quero o que é meu por direito, vamos terminar logo isso ates eu eu me ferre"


vou tou a caminhar lentamente por entre as bancadas, caminhar no escuro não era facil, mas logo conseguiu suas amostras, voltar para seu quarto seria um problema, mas nada que não desse para ser resolvido

10 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 12:58 pm

Beatrice Nosferus

avatar
Sonserina
Sonserina
EM uma noite......
"Jamais me atreveria a pegar algo tão particular, posso ser uma cobra, mas tenho pcincípios!"

Beatrice se despediu da Makie no corredor e agora correu para o dormitório, aliás estufa, pois havia desviado o caminho, não pensava em nada a não ser em seu irmão e naquela foto, um garoto sem camisa com ela ao lado de apenas um mini short e um top, no fundo um quarto e um enorme espelho os dois abraçados, o que mais poderia ser? Era ela e seu irmão...Eis a foto dele, Igor, a única lembrança de seu irmão, falecido irmao...

~..so espero que ele cumpra com a parte dele... *NErvosa? Nao preocupada, tinha sido domada nao gostava daquilo, mas nao deixaria passar batido, somente queria a foto ela nao faria mal a aquele aluno, nem passou pela a sua cabeça e nao entendia porque ele agir daquele modo, caminhou vendo as rosas, olhou ao redor e notou que estava sozinha, ele ainda nao havia chegado entao foi até uma especie de balcao onde retirou uma pétala da rosa e ficou cheirando encostada no balcao com os olhos fechados...

Uma cobra cheirando uma pétala de rosa, sera que isto era mesmo uma cobra? Agora não, era apenas um ser inocente de tamanha bombade, somente pelo jeito leviano de segurar a rosa e cheira-la com os olhos fechados, parecia que aquilo a acalmava, claro, seu perfume eram rosas com chocolate, o que mais poderia esperar?! È explicito que ela gosta de rosas...

Lá estava Beatrice sozinha demonstrando sua doçura, claro era uma mulher, mas jamais demosntraria a doçura dela em público, mas uma rosa...merecia tamanha bondade...Ficou ali perdida em pensamentos esperando pela foto...

11 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 1:39 pm

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
NO DIA DA FESTA

Marcus havia saído da biblioteca e seguido para o dormitório, tomado um bom banho e conferido a foto, a menina estava com pouquíssimos trajes e era bem bonita. Badwolf sorri e guarda a foto em segurança, toma os devidos cuidados e se garante que nenhum acio iria levar a foto, pelo contrario iria rasga-la já que estava presa. Depois do banho o lobo se veste prepara tudo, segue rumo a estufa onde iria encontrar a cobra, no mesmo lugar onde roubou a raposa.

Como já estava intimo do caminho o rapaz nem demora, não usava a luz da varinha para não chamar atenção e por que não gostava de feitiços. Marcus se aproxima de mansinho e analisa bem o lugar primeiro, da umas duas voltas furtivo e quando encontra a menina se espreita rumo a ela sem fazer som algum. Badwolf a vê cheirando uma rosa, o aroma dela era muito parecido com o de uma e o lobo imita o ato. A única diferença é que ele chega por trás da menina dando uma pegada firme na sua cintura e cheirando os cabelos dela.

- Hummmm... Gosto deste cheiro... Raiva, doçura... Tem tanta coisa por baixo dessa pele macia.

Marcus morde de leve o lábio lembrando da foto.

- Você até que fica bem com pouca coisa.

O lobo fica frente e a frente com a menina.

- Bom, acho que vc já quer ir direto aos negócios, mas primeiro tenho que me certificar de umas coisas. Primeiro me passa a sua varinha, não quero surpresas e segundo vou te revistar, como disse, não gosto de surpresas. Hehehe...

Ele a observa, Não dava pra ver onde estava a foto ou se ela estava mesmo com ele. Marcus encarava a menina com um olhar muito malicioso, seus olhos e labios revelavam que a noite seria longa.

12 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 1:53 pm

Beatrice Nosferus

avatar
Sonserina
Sonserina
Não bastando o que aquele garoto havia feito com ela e já era todo abusado e assanhado. Beatrice calminha suspirando sentindo a rosa, distraída, quando sente a pegada dele e se assusta de leve, sua blusa de frio escondeu como tinha ficado levemente arrepiada, mas nao gostou daquilo, a pétala caiu entre seus dedos e pousou no seu jarro, foi-se a rosa.

...~me..solta... *Enrolou-se nas palavras quase falando em irlandês até que é solta e vira para ele furiosa...

..~Not... isto nao..nao é da sua conta...¬¬ *respondeu por causa da foto e da cretinisse dele, pegou sua varinha e no que parece entregar a ele, girou e colocou em outro jarro fincando um uma pequena parte na terra a equilibrando em pé e voltando com o corpo para ele ficando frente e a frente novamente...

...~~... ¬¬ nao estou aprontando nada..para de enrolar eu quero a foto!... *DIzia séria, não gritava, mas estava totalmente ríspida e seria com os braços cruzados...

13 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 4:12 pm

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
Marcus tira sua varinha e coloca junto com a dela no pote. Se aproxima dela com o mesmo olhar e a faz se encostar na parede. Com seus braços a vira de costas.

- Vai que você está com outra varinha escondida, ou algo pior. Preciso ter certeza de quem estou enfrentando e não se preocupe, primeiro os negócios e só depois o prazer.

O lobo a olha por um tempo, se abaixa por trás dela e toca no sapato da menina investigando, depois no tornozelo analisando bem possíveis pulseirinhas ou qualquer adorno estranho, lobo vai subindo pela panturrilha, joelho, coxa. Ele percorria o corpo dela apertando bem, sem pudor, mas sem tocar em nenhuma parte TÃO intima assim. O lobo sorri pra si mesmo, a pele quente dela e aquele cheiro mexiam com os instintos primais dele.

Como estava atrás dela a menina não podia ver a cara do lobo, mas ele estava com a boca levemente aberta e com a língua passando pelos dentes afiados, pensando em quão apetitoso poderia ser aquele pedaço de carne. Marcus se controla graças a coleira apenas, ela que ponderava suas ações mais primais, sem ela ele era um criatura digna do sobrenome.

Da coxa ela salta para a cintura, a vontade de não pular parte alguma era grande, mas por hora ele evitaria ainda. Badwolf percorre a mão pela barriga dela e pelas laterais evitando os seios, mas contornando eles bem próximo. O lobo aperta bem a cintura dela a puxando pra mais perto, mas sem colar o corpo.

- Hummm... Uma rosa negra-negra como você sempre carrega vários espinhos.

Desta vez o lobo cola o corpo no dela por trás e investiga os braços dela, por fim os cabelos, ele segura bem pela raiz a fazendo olhar bem pra ele. Aquele olhar era extremamente sedutor ao lobo, ela tinha um que de maldade que atraia o desejo de perigo do canino selvagem. Marcus termina a revista e a vira pra ele de novo.

- Não achei nada a principio, mas só por que peguei leve na sua revista. Então se mostrar algo que não devia ter eu vou ser bem mais “dedicado” na próxima.

Badwolf faz um movimento jogando os cabelos bagunçados pra trás, liberando toda sua visão.

- Bom... Eu gostei muito da foto e tenho planos pra ela, pra você e pra outra pessoa. Eu to realmente cansado disto tudo, a maioria dos professores são tão dedicados com seus preciosos feitiços. Já engoli coisa demais aqui no castelo, preciso ficar pra me tornar um mestre de poções então vou manter minhas notas.

Marcus começa a se estressar ao se lembrar de algumas coisas.

- Ta na hora de verem que feitiços não resolve tudo, esperteza é a arma mais eficaz contra tudo. Eu tenho um plano pra dar uma lição numas pessoas e espero contar com você. Faço um daqueles feitiços de fidelidade contigo e no fim lhe devolvo a foto como premio e ainda minha lealdade e respeito, mas antes terá que cumprir três tarefas que vão beneficiar não somente a mim. Temos um acordo? Se não tiver eu rasgo a foto agora, não aceito meio termos.

14 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 4:37 pm

Beatrice Nosferus

avatar
Sonserina
Sonserina
Até quanto vale a pena recuperar uma foto? Ficar de costas igual Beatrice estava e rosnar enquanto sentia aquelas maos dele imaginando a reação do rosto dele e tudo mais...Não sabia o que a irritava mais, se era a revista ou se era a sua imaginação quanto a expressão dele. Quando ele a puxou para tras colando nele estremeceu nao podia negar que ele tinha 'o jeito', mas ignorou aquilo, valia tudo para aquela foto, apesar de começar a repensar no assunto. Rosna de nervosa mordendo os labios o ouvindo e agora o vendo com o olhar mais assassino que já teve em toda sua vida...

~~...isto já é abuso ¬¬... *começou a resmungar algo, na verdade eram alguns palavroes em irlandes*~~...¬¬...nao vim pra este lixo pra ter de obedecer voce, se nao é capaz de resolver seus assuntos nao é capaz pra mais nada... ¬¬...nao venha com suas ladainhas, tenho meus objetivos aqui nao tenho tempo pra ser babá..

Desafiava sem medo algum, aliás nem medo teve antes quanto mais agora, encostou de novo na parede pra manter mais distancia dele enquanto o ouvia...

~~...¬¬...nao se preocupe vou te odiar eternamente ¬¬... *ainda conseguiu lançar um leve veneno, infelizmente nao queria perder a foto e suspirou olhando pro lado e vendo as varinhsa e as rosas dali suspirando...

~~...Contando que não atraplhe meus planos, pouco me importa hogwarts...Sou fiel a Durrrrms, RRRRussia.. *arranhando um pouco a lingua quase imsturando ao irlandes com frances e com a lingua ali...* ~~...Só quero meu irmao de volta ok? rasga ela pode ficar faça o que quiser com minha parte nao me importo..mas quero a do meu irmao... *era modelo de lingerie tava nem ae, a diferença que ninguem reconhecia ela*~~...o que fazer? *ainda sem o encarar com o rosto virado de lado olhando pras rosas lambendo os lábios querendo sair dali.

15 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 5:09 pm

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
O lobo nota a reação dela e aquilo lhe dava muito prazer, ela estava acuada, parecia uma lebre se contorcendo presa em suas mandíbulas, mas nem por isso iria sequer subestimá-la, Marcus era um excelente caçador e como tal não iria bobiar com a menina. Ela era bem esperta e tinha uma aura de perigo constante e isso fazia o lobo ter mais fome quando se tratava dela. Ele sorri dizendo.

- Não precisa ver como obediência, você vai cooperar comigo, seremos como sócios. E sua tentativa de apelar pro meu orgulho foi falha, sou plenamente capaz de resolver meus problemas e justamente por isso que estou aqui com você a minha mercê. Você pode cooperar comigo ou pode perder a foto, a escolha é sua.

O fato dela não o temer e ainda instigar o lobo deixava ele animado, ela tinha sagacidade e isso era necessário admitir. Marcus concorda com o que ela diz como se fosse a coisa mais normal do mundo.

- Ninguém cobra que uma presa ame seu predador minha linda, pode me odiar se quiser. Não pretendo atrapalhar seus planos contanto que não atrapalhe os meus.

Aquele sotaque forçado tinha seu charme, pelo visto ela não conseguei ignorar a língua materna quando nervosa e isso era bem agradável aos ouvidos do lobo que não entendia o que ela falava, mas gostava de como soava. Parecia nervosa. Ela concorda com o lobo e ele mantem o olhar apenas naqueles lábios rubros, ela os umedece com a língua e ele responde.

- Ótimo, ta vendo? Quando concordamos podemos ser os melhores amigos. Agora pra selar o nosso acordo só falta um coisa... um símbolo de lealdade, de acerto de contas... que tal um...

Ele morde os lábios ao ver aqueles rubros lábios tão suculentos, Badwolf se aproxima com extrema agilidade e com uma mão envolve a cintura dela e a puxa pra junto dele mais uma vez, seus corpos se colam de modo bem apertado. A outra mão segue ate a nuca da menina e por fim a raiz de seus cabelos, o lobo segura um bom punhado de cabelo e a puxa para um beijo. O lobo rouba um beijo da rosa-negra para selar o acordo.

16 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 5:28 pm

Beatrice Nosferus

avatar
Sonserina
Sonserina
Beatrice o ignorar por um tempo olhando fixamente para as plantas o ouvindo e mantendo seu pensamento distante dali, pensando em como seu irmao ficaria ao vê-la se sacrificar por ele e imaginando o que ele poderia pensar, provavelmente reprovaria aquela atitude, mas sabia que se fosse o contrario ele faria o mesmo por ela, valia a pena pelo irmao...

~quero apenas saber quem matou meu irmao...,..ahm....simbolo?....... *voltando para a estufa mentalmente e apenas sentindo o corpo dele colado o encarando sentindo um pouco a nuca pelo modo de como segurava o cabelo e em seguida o beijo. O beijo era o selamento, mas aquilo nao era desagradável, Beatrice até que gostou, mas do estado que estava mantinha-se focada, elevou as maos no ombro dele ate parar de beija-lo ou tentar e começa a bater nele, bater até solta-lo, quando termina o beijo..

~~..¬¬ ei...! me...me..Preaseisiúint dom ... Preaseisiúint dom ... *Começava a falar para ser solta em irlandes tetando ir para tras...

17 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 5:46 pm

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
Badwolf a segurava com força, sua mão sobe até as costas dela lhe apertando com força, Marcus tinha mãos grandes então pega uma boa área de carne o lobo a puxava contra ele com força, seu cheiro estava nela e o dela nele, a troca de saliva, de idéias, tudo estava tão intenso naquele momento tão curto e ao mesmo tempo tão longo. Badwolf aproveita bem o instante na estufa até que a menina o bate varias e varias vezes se afastando, Marcus nem esquiva, recebe os golpes tranqüilo, mesmo alguns o machucando ele estava extasiado.

- hahaha... você nem está pondo força... e esqueceu que eu sou parte lobo? Posso arriscar pelo seu cheiro que você está gostando muito disso...

Ele a provoca dizendo saber mais da reação do corpo do que ela mesma, Marcus segura os dois braços dela e continua o beijo, desta vez adcionando a língua no beijo, buscando a dela para manter sobre seus lábios.

“Ei lobo... não perde a razão... Uma coisa de cada vez...”

Marcus se afasta saindo do beijo a contra gosto, talvez leve outros golpes dela, mas só ri em resposta.

- hahaha... saboroso... tem mesmo gosto de chocolate.

Fazendo referencia ao doce que tinha conhecido a pouco tempo, graças a raposa.


18 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 5:56 pm

Beatrice Nosferus

avatar
Sonserina
Sonserina
Parecia que ele era feito de Pedra, quanto mais beatrice batia parecia que gostava... Sera que ele era sadomasoquista? Socorro, até eu peço!....Beatrice conseguiu finalmente fazer ele parar com o coração a mil por aquela adrenalina, nao bastando aquele abuso todo rosnou ao ouvir o que ele disse quanto ao cheiro ficando mais presa e desta vez até se arrepiando e estremecendo, queria sair dali e ao mesmo tempo nao sair...

QUando tornou o beijo não conseguia, aliás... de certo modo retribuiu o beijo adicionando a sua lingua tambem, já tava desistindo daquilo, até que ele para e ela respira furiosa....

¬¬... idiota.... *vai com a mao cheia pra dar um tapa na cara dele bem dada... *ps: se der mesmo o tapa '-' vai ficar a marca vermelhona, este é daqueles que faz barulho e que doi.

19 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 6:10 pm

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
Quando ela retribui o beijo, e amolece nos braços dele ai que o lobo fica faminto. Ai sair ela lhe da um tapa com força, Marcus estava tão “empolgado” que nem nota e leva em cheio, produz um som alto e arde pra caramba. Tinha até virado o rosto do lobo, ele volta a olhar pra ela com uma cara de raiva, mas não era bem isso que ele sentia por que na verdade ele estava é mais animado com tudo aquilo. O beijo, o tapa, o lugar... Sem pensar duas vezes o lobo passa a mão na mesa derrubando tudo que tinha lá, desde materiais ao que mais fosse. Ele senta a menina a força na beira da mesa quase a jogando e fica entre suas pernas, Marcus a segura pelo cabelo mais uma vez e a beija.

Só que desta vez ele não para, continua apertando ela e beijando de forma intensa, quando ela vier com a língua ele a suga para sua boca e chupa a mesma. Badwolf leva a mão até a coleira inconscientemente, quase a tira. Ele continua a beijando e segurando firme a sonserina. Nada mais importava ali, nem lembrava o por que da reunião, apenas dos cheiros, gostos, toques.


20 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 6:18 pm

Beatrice Nosferus

avatar
Sonserina
Sonserina
Beatrice ia saindo dali quando é pega de surpresa ve a sua varinha ficar na mesa e logo ela fica tambem, menos espera Marcus fica por cma dela e começam a se beijar..Beatrice tenta resistir novamente ofegante até desistir e retribui o beijo deixando ele chupar a sua lingua, mas ao mesmo tempo fica tentando pegar a sua varinha enquanto ocntinuava beijando-o até que consegue pegar a varinha e colocar contra o pescoço dele fazendo ele parar com aquilo..

Para!...saia de cima de mim, agora! não vou hesitar sabe disto! para!... *COmeça praticamente a gritar poderia ter gostado daquilo, mas nao era o momento e ela nao tava com vontade daquilo, sem falar que a fazia desviar de seus objetivos, agora tentava parar ele e nao hesitaria em feri-lo

Pigarrei e vi que ele se afastou e me afastei ainda apontando a varinha pra ele e entao saindo dali e indo pro dormitorio



Última edição por Beatrice Nosferus em Qua Jan 05, 2011 7:20 pm, editado 1 vez(es) (Razão : mals foi preciso '-'.....xD depois a gente completa kkkk ficou tenso)

21 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 05, 2011 8:26 pm

Marcus Badwolf

avatar
Grifinória
Grifinória
Eis que lobo e pego pela menina, e de jeito. Se garantia no mano a mano, mas em feitiços ela mandava ali e o lobo não duvidava nem um pouco que ela fosse de fato acertá-lo. Um animal acuado é sempre um animal perigoso. Badwolf a solta e recua um passo ou dois. Ela comenta sobre algo e ele apenas se afasta. Tinha passado do ponto que pretendia, seus instintos estavam começando a falar mais alto novamente. O lobo prende a coleira mais forte.

- Ok, está livre... Já discutimos o que precisávamos... Hoje vou ao vilarejo cuidar de umas coisas, amanha nos encontramos por lá a noite e leve alguem de sua confiança e que não seja um professor, precisaremos de uma testemunha para o acordo.

Badwolf passa a língua pelos próprios lábios sorvendo o gosto dela ainda presente. Ele deixa que ela se vá, mas antes comenta.

- Seu irmão. Talvez eu possa ajudar nisso... Mas uma coisa de cada vez...

Ela se vai e o lobo pega a rosa que ela estava cheirando, Marcus sorri e a leva consigo para plantar em outro canto. Talvez desse pra fazer algo que tinha em mente.

22 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 26, 2011 12:51 pm

Miyuki O'Neal

avatar
Sonserina
Sonserina
* outro dia do dai de cima*

myu se meteu dentro da estufa....

o que mais podia acontecer no dia!? detalhes que ainda tinha a festa do diretor mais tarde....

ela bufo e se escondeu em um cantinho, entre as plantas

http://www.fanfiction.net/u/275894/Vampira_Pan

23 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 26, 2011 1:21 pm

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ele a seguiu até a estufa de Herbologia. Embora ele não estivesse vendo-a, ele ainda podia ouví-la, e o seu cheiro era bem distinto no meio de toda aquela clorofila. Ele seguiu por entre os imensos vasos, atento a tudo, sua respiração regular e lenta, os passos silenciosos.

- Myu...? Não precisa se esconder. Olha, me desculpe pelo que eu disse. Não imaginei que você fosse reagir dessa maneira.

24 Re: Estufa de Herbologia em Qua Jan 26, 2011 1:28 pm

Miyuki O'Neal

avatar
Sonserina
Sonserina
- não precisava dizer aquilo pra ele... agora ele vai me perseguir pra saber o motivo! sensei, o que eu te disse, fica entre nos... nao quero ninguem a mais sabendo disso.... não quero mesmo! so o sentimento de ser 'fraca' ja me deixa nervosa... nao quero ser um bebe, como na escola da frança tavam me tratando... parecia que eu era de vidro, que quebraria a qualquer momento! por isso eu prefiro guardar o que eu tenho pra mim....

se fosse outra pessoa, ela iria parecer chorar.... mas nada... nao chorava....

estava entre vasos de flores azuis..... agaixada abraçando a perna...

por isso a fala dela era abafada....

http://www.fanfiction.net/u/275894/Vampira_Pan

25 Re: Estufa de Herbologia em Sex Jan 28, 2011 11:28 am

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ele guiou-se pela voz da garota. Ele encontrou-a com a cabeça entre as pernas, sentada entre dois vasos imensos. Ele agachou-se à sua frente, sua perna esquerda resistindo ao comando.

- Myu... - ele não sabia bem o que dizer. - ME desculpe... De coração. Eu não sabia que você reagiria dessa forma... E o As, mesmo que você o tema tanto, ele não vai te perseguir. Eu o conheço 11 anos... Tenho certeza de que ele vai falar comigo antes de vir falar contigo. Ele está tão preocupado com você assim como eu.

26 Re: Estufa de Herbologia em Sex Jan 28, 2011 10:10 pm

Miyuki O'Neal

avatar
Sonserina
Sonserina
- fiquei com receio de vir a hogwarts, justamente por causa disso.... na escola da frança.... foi da mesma forma.... ate descobrirem pro completo meus problemas, um uma boa parte deles, e me tratarem quase que como uma boneca de porcelana....

a voz dela era ressentida, como se não quisesse mais passar por aquilo. seria uma voz chorosa, para qualquer pessoa, mas ela nao chorava...

- eu sei que to fazendo ele se preocupar... mas.... eu nao tenho culpa! nem ele... nem o sr... nem ninguem.... acontece, sao pedras na vida que nos temos que andar, e passar, só que eu... no meu caso... os calos me machucaram no passado, e eu nao os quero reviver... nem mesmo pela simples...... imagem... ou pela simples lembrança... forçada ou não....

ela levanta a cabeça... e suspira...

- não estou me comportando bem... perdoe-me... não é culpa sua, sensei... é minha, por eu realmente ser de porcelana.... apesar de detestar..... ter a sombra do passado.... a sua frente... deixaria qualquer um.....

ela nao termina a frase mas vc sabia o fim dela....

- vamos começar... depois da festa de hoje a noite? as aulas? preciso ficar quieta.... tentar me concetrar pra que o sensei Asrael nao me afete tanto assim... ele só esta afetando por que é rescente a lembrança... é normal....ter medo...

ela estava abalada, sim, por mais que sorrisse, tentasse ser forte, era realmente o pior momento para tudo...

http://www.fanfiction.net/u/275894/Vampira_Pan

27 Re: Estufa de Herbologia em Sex Jan 28, 2011 10:40 pm

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Cassio olhou para a menina como se olhasse para uma criança, uma pequena criança indefesa. Era isso mesmo o que ele queria evitar. Ela não se sentia bem sendo tratada daquela forma, e ele não o faria.

- Myu, você não é uma boneca de porcelana, você é humana. E não há nada de errado nisso. Todos nós temos os nossos fardos, um que somos capazes de carregar. Sinto que ele seja tão pesado... Pra maioria das pessoas, claro. Você o suporta de forma que ninguém mais conseguiria. Isso só prova que você é mais forte do que todos nós Myu, e não há nada de errado nisso. E é por isso que eu te admiro tanto. - olhou a garota se levantar. - Tudo bem... Te vejo mais tarde, então?

28 Re: Estufa de Herbologia em Sex Jan 28, 2011 10:47 pm

Miyuki O'Neal

avatar
Sonserina
Sonserina
ela escuta as palavras do professor e sorri...

- obrigada, sensei ^^ mas não sou eu que suporto... eu tenho um ser que me ajuda a suportar o fardo, tanto que não sou eu que levo ele, e sim Ele que me leva ^^ so suporto pela ajuda D'ele...

ela sorri...

- sim ^^ espero que goste da minha fantasia ^_^ acho que eu vo dar um susto em todos daqui xD

riu... realmente era uma forma rapida que ela trocava de 'alegria'...

ou aquilo era mascara, ou era ela emsma....

nao dava pra saber como ela conseguia ser tão alegre assim, mesmo com tanto fardo.

- bom, então nos vemos mais tarde. te a festa, sensei ^^

ela se despede e vai pro salao comunal da sonserina.

http://www.fanfiction.net/u/275894/Vampira_Pan

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum