Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Proximidades do Lago Negro

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 6]

31 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 7:21 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Dentro do lago, no fundo do lago

Ctaaciug e Cassio tentam argumentar com os sereianos, porem os sereianos não estavam muito dispostos a colaborarem, estavam furiosos por humanos invadirem seus territórios.

-Vocês não deveriam estar aqui, nos iríamos mandar um aviso para a diretoria cobrando a promessa que eles nos fizeram de limpar no nosso habitat, mas nada foi feito, nosso habitat ainda esta repleto dos resto do castelo, essa garota ficará aqui até tudo ser resolvido, caso contrario ela vai morrer, e não será a única, até vocês cumprirem com a sua palavra mais alunos serão seqüestrados, vocês tem 45 minutos ate o efeito da alga que ela comeu acabar o efeito e ela não conseguir mais respirar de baixo da água... agora vão e resolvam ou tragam alguém aqui para resolver esse problema.


Margens do lago negro.

Shiba Takeru professor de DCAT conseguiu unir todos os alunos na margem do rio, muitos estavam feridos nas pernas, pequenos arranhões, mas nada muito grave.

Shiba tangia os alunos pela margem do lago rumo a Hogwarts,porem de repente escutam sons vindo da floresta que os cercava do lado esquerdo, algumas arvores começam a cair próximos a eles.
Começam a aparecer varias acrômantulas um total de 50 variando de tamanho entre 2 e 3 metros de altura, e uma maior com mais de 6 metros vindo mais atrás, provavelmente atraídas pelo sangue.

32 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 7:44 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Narrador escreveu:Vocês não deveriam estar aqui, nos iríamos mandar um aviso para a diretoria cobrando a promessa que eles nos fizeram de limpar no nosso habitat, mas nada foi feito, nosso habitat ainda esta repleto dos resto do castelo, essa garota ficará aqui até tudo ser resolvido, caso contrario ela vai morrer, e não será a única, até vocês cumprirem com a sua palavra mais alunos serão seqüestrados, vocês tem 45 minutos ate o efeito da alga que ela comeu acabar o efeito e ela não conseguir mais respirar de baixo da água... agora vão e resolvam ou tragam alguém aqui para resolver esse problema.

-Só isto ? Sem problema. Vou mandar uma mensagem para o diretor, vou virar de costas e mandar a mensagem, então não tem como eu possivelmente atacar vocês, caso pensasem que iria fazer isto.

Ele se vira de costas e usa um feitiço de transfiguração com base na teoria que acabou de desenvolver, e faz uma carta com o seguintes dizeres:

"Olá professor/diretor, estamos com uma situação que requer sua atenção imediata os sereianos do lago sequestraram uma aluna e querem o cumprimento das promessas feitas em relação ao habitat deles. Temos 15 minutos para uma posição e sua presença aqui pode ser muito útil como figura de autoridade máxima em Hogwarts.

Sem mais no momento me despeço cordialmente.

Ass.: Professor Ctaaciug Xyeetnuut."


E encanta o papel como um portkey e o toca com a varinha para que ele vá para o salão principal que é onde o diretor espera juntos do outros professores. Se virando para os sereianos ele diz:

-Só esperar uns minutos agora.

33 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 8:21 pm

Ander Turan

avatar
O diretor de Hogwarts Ander Turan chega ao lago negro rapidamente, avista alguns alunos e um professor sendo atacados por um grupo de acrômantulas sedentas por carne fresca.

- Era só o que me faltava, porque eu não consigo prever essas coisas?não posso me preocupar com isso agora, tenho que salvar a aluna das mãos dos sereianos.

Ander adentra dentro do lago, após nadar alguns minutos encontra onde os dois professores está e o grupo de sereianos também.

Ander se aproxima, e eles logo o identificam como diretor de Hogwarts, mas ele mesmo assim se apresenta.

-Ola caros amigos Sereianos, eu sou o diretor Ander Turan, como vocês mesmos já devem conhecer, nos já tivemos uma reunião anteriormente e achei que já tínhamos resolvido o problema de vocês.

-Senhor Turan, o senhor prometeu resolver nosso problema com toda essa sujeira, mas nada foi resolvido, essa garota ficará cativa aqui até você renovar o seu compromisso.

-bom, a culpa não e minha, eu já fiz o pedido para o ministério para fazerem a limpeza do lago, mas parece que eles não deram muito ouvidos, se vocês me devolverem a aluna agora, prometo que amanha já estaremos resolvendo esse problema, eu mesmo resolverei por conta própria.

-Muito bem,nos não queremos causar problemas, até mesmo porque nos temos um acordo de cessar fogo, e pretendemos cumpri-lo, vamos devolver a aluna, mas caso em uma semana nada for resolvido, iremos seqüestrar outro aluno, e dessa vez não iremos ser tão passificos.

-então temos um novo acordo, amanha mesmo irei mandar limpar o lago.

Os sereianos entregam a aluna Marcella que começa a despertar do seu transe.

Ander olha para os dois professores e fala telepaticamente com eles.
-Voces hoje provaram que eu não estava errado em contrata-los, muito obrigado, agora eu peço que vocês subam rápido, eu avistei um grupo de acrômantulas indo em direção dos alunos na margem do lago. Eu vou levar Marcella direto para o castelo, mais uma vez obrigado. Fizeram um bom trabalho.

Ander começa a nadar para a superfície , chegando na margem do lago ,bate três vezes o seu apoio no chão e aparata para dentro do castelo, para seus aposentos.

OF___________
Marcella deve descrever a sensação de ter acordado em meio a confusão no fundo do mar, e logo depois postar com o diretor na diretoria.
Post continua na diretoria para Ander e Marcella.

34 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 10:25 pm

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
com os alunos ali concentrados proximo ao professor shiba takeru, quando um barulho estranha vindo da floresta fez algumas gotas de ruor se acumularem na testa da pequena e escorrerem por seu rosto, a sensação de algo ruim se aproximando era inevitavel, makie apenas acompanhou os alunos que tangenciavam o lago, não queria se perder no primeiro dia de aula, as coisas não pareciam boas ....

derrepente um estrondo, makie rapidamente caçou com seus olhos apavorados o que havia feito tal barulho quando percebe , junto com os outros alunos árvores começarem a cair proximos do grupo, a jovem deu alguns passos para traz, como se pudesse apenas disfarçar e se esconder do que estava por vir quando por fim, a causa do mau pressentimento surgira, varias acrômantulas, tantas que a pequena não conseguia nem mesmo contar direito, elas eram enormes, talvez jovens adultas, isso não era tão importante, apenas pareciam famintas quando então surge dentre as bestas a maior de todas, deixando mankie perplexa de medo, seu corpo inteiro tremia, suas mãso rapidamente tamparam sua boca para que seu grito de terror fosse abafado por entre os dedos

35 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 11:03 am

Lyanne Xyeetnuut

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Lya estava ficando com os nervos a flor da pele, estava preocupada, sabia que sua preocupação era infundada, seu tio era crescidinho e sabia se virar sem ela. Fez isso durante anos, e sabiamente. Porque ela deveria estar assim tão preocupada então. Ela olhava para as águas em busca de alguem, corria a varinha de um lado a outro, e tomou um susto quando algo saiu do lago. Ela se impulsionou para tras, quase caindo no lago outra vez, e bufou de raiva quando viu quem era. Sua vontade era agarrar e torcer varias e varias vezes o pescoço de seu primo, mas isso foi por um breve instante. Quando ele subiu no bloco e ela viu que ele estava bem, fazendo suas graças e tudo mais, sentiu o nó na garganta apertar, e a carinha de choro que ele via nela quando eram crianças, refletiu no rosto da menina agora..

Ainda te mato Jace escreveu:-Oi prima! O que está fazendo em um bloco de gelo?

Lya sorriu para ele, tocindo logo em seguida.. Limpou a garganta e sua voz suave e melodiosa, com um sotaque Irlandes carregado chegaram aos ouvidos de seu primo..

-Nada de mais, só estou torcendo para sair um sol bem convidativo e tomar um bronze primo..

Antes que ela pudesse usar um pouco mais do seu sarcasmo, ele lhe deixara ali dizendo que ja voltava. A menina olha ele se afastar para ir até Rebeca, seca-la e voltar.. Lya por um momento sente um arrepio, uma revira-volta em seu estomago e uma sensação, uma vontade de correr para perto da amiga, mas como nem sempre dava ouvidos aos sinais que lhe alertam de que algo errado esta acontecendo, permaneceu ali, pronta para ver ela cair de joelhos, com nauseas, sinalizar o professor Takeru e depois cair sobre o gelo. Lya levou a mão para o pescoço, como se estivesse contendo um grito, e só ficou mais tranquila ao ver o professor socorrendo a amiga..

Se assustou novamente quando James se aproximou dela, ela estava tão preocupada com Rebeca, que não ouviu ele se aproximar, e o grito que ela tinha segurado ao ver a amiga cair, foi liberado na chegada de James. Ela virou a varinha na direção de James, e suspirou aliviada ao ve-lo..

-James, o que você esta fazendo na água. Você é Louco?


Ela coloca a varinha na boca, segurando-a com os dentes, e puxa James para cima. Ela olhou para ele preocupada, segurou com firmeza sua varinha, apontou para ele e repetiu os feitiços que seu primo tinha usado ainda a pouco em Rebeca..

-Aquamenti. - a molhando toda e na sequência - Lancarnum Inflamare - para aquecer e secar.


Ela olhou para James com ternura, sim, tambem estava corada...

-Você esta bem?


Lya logo viu seu primo se aproximar. Ela prontamente se levantou e foi em direção dele, abraçando-o. Permaneceu por um momento em silencio até se soltar do abraço.

-O ti.. - ela parou - O Xyeetnuut esta la em baixo, estou preocupada. Queria poder ajudar, mas parece que estamos sendo convocados para la.


Ela olha na direção que o professor aparecera e ia levando Rebeca..

Sem muito o que fazer, Lya passou novamente a varinha iluminando ao redor, procurando por mais alunos, ou por seu tio e o outro professor.. Cassio.. mas não havia mais ninguem. Ela se aplumou e apontou a varinha para a agua..

-Pelo que vejo, é hora de ir. - era nitido a sensação de tristeza na voz da menina - Locomotor

Ela baixa a varinha e fica esperando até chegar na margem e ser recebida pelo professor Takeru..

36 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 1:17 pm

Shiba Takeru

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Takeru ainda estava naquela situação constrangedora, usou um feitiço para acordar a garota que estava ali com ele, logo ela já ia abrir os olhos o feitiço de reanimar era muito util.

virou para o lago com sua visão aguçada ampliada três vezes mais que a do ser humano, seus olhos começaram a verter uma lagrima de dor mais era comum pelo esforço e Takeru estava acostumado a treinar esse feitiço.

olhando nos minimos detalhes conseguiu perceber alguns alunos ainda na região do lago, olhou para a mão esquerda e disse baixo

-me ajude agora, precisamos pegar os alunos rápido

o Objeto na mão respondeu com uma risadinha tirando sarro
-huhuhuhu, voce ainda ta com a voz ampliada não adianta falar baixo eles ouviram, voce falar com a sua mão ... huhuhuhuh Zaruba era o anel mais sem noção que alguem poderia ter.

Mais os dois mesmo Takeru com mais vergonha do que nunca fizeram o feitiço de levitar nos alunos que estavam ilhados ou na agua e os trouxeram para a margem.

Depois de todos os alunos a salvo (pessoal ta todo mundo salvo do lago agora o bixo pegou com as acromantulas)

Takeru ainda voltava sua visão ao normal quando todos ouviram aquele barulho vindo da floresta, Takeru andou na direção dos alunos ficando mais a frente e quando viu as primeiras aranhas disse

-Fiquem todos juntos, é simples derrota-las, usem seus melhores feitiços de dano e quando elas estiverem de 10 a 20 metros de distancia as empurrem para trás com o feitiço Arania Exumai esperando que todos compreendesem o jovem professor ficou de linha de frente.

Ao ver a primeira aranha no seu raio de ataque começou a festa.
-Bombarda Maxima. A grande explosão poderia tanto incapacitar varias aranhas como tambem talvez faze-las dessistirem.


_________________
Do you really think you can withstand my magic? In my hand, the creator's sword that calls eternal sleep! Honor our pact and hear my command

37 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 1:49 pm

Sylvia Plath

avatar
Grifinória
Grifinória
Naufrágio no lago .[/size]



Sylvia chacoalhava na carruagem observando o sol fugindo naquele fim de tarde. Ao seu lado três desconhecidos que, em breve seriam amigos íntimos e sua prima. Todos pareciam extasiados. A japonesinha parecia se encantar com cada acontecimento, cada lufada de vento, cada conversa, enquanto ela se sentia entediada. Olhou com mais atenção para a menina e teve a impressão que ela teria uma síncope a qualquer momento.

— Maggie, você está bem?
— Ahn? Ah, Hai, daijoobu... Ou melhor... Tudo bem

A menina sorriu e Sylvia fez algo que lembrava um sorriso torto. Não precisaram dizer mais nada, pois chegaram ao porto, onde as balsas q as levariam ao castelo esperavam quietas. Sylvia, Nanda e Maggie embarcaram numa delas e seguiram em silencio. Até que Maggie quebrasse a quietude.
— Como será que foi, Silvya? Será que foi muito cruel?
— o que?

Sylvia olhou para a menina e balançou a cabeça, pensando que ficar quieta estava fora de cogitação, tendo Maggie por perto.
— O dia em que Hogwarts foi destruída.
— Não sei.

Ela sabia porque o Elfo lhe contava essa história todas as noites antes de dormir, sabia porque seu avô a repetia nos dias em que a forçavam a comer com a família, sabia porque seu pai tinha contado,sabia por diversas fontes, mas não queria conversa. Foi nesse momento que aconteceu o inesperado. Sem nem mesmo perceber como Sylvia se viu no fundo do lago, cercada por uma semi escuridão que era quase confortável. Pensou em ficar ali mesmo, afinal não tinha muita razão para voltar, mas quando o ar começou a faltar em seus pulmões ela se viu compelida a viver. Sacou sua varinha e com alguma dificuldade formulou o único feitiço que conseguia fazer sem ter de falar.
— Ascendio.

Ela saiu da água como um foguete e caiu sobre uma placa de gelo, onde ficou quieta até conseguir lembrar todos os piores xingamentos que tinha na memória. Difícil descrever em poucas palavras o que ela sentiu. Estava feliz por estar viva e com raiva por estar feliz. A plataforma de gelo foi arrastada até a margem onde ela procurou pelas companheiras de balsa, mas antes que pudesse encontrá-las. Um estrondo anuncia o ataque de uma horda de acromântulas fez com que Sylvia tivesse saudades do avô.

— TUDO! Simplesmente tudo... every single place, smell, color, sound,... just everything! Resolveu acontecer agora?
-Fiquem todos juntos, é simples derrota-las, usem seus melhores feitiços de dano e quando elas estiverem de 10 a 20 metros de distancia as empurrem para trás com o feitiço Arania Exumai

Manteve a varinha empunhada o melhor que pôde , a adrenalina fez com que o frio passasse, restando apenas a raiva e essa ela sabia bem como usar. Uma das aranhas escapou do feitiço do professor e veio na direção de Sylvia que gritou o mais rápido que conseguiu.
— Arania Exumai

38 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 8:01 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Vendo que a aluna ficaria bem, ele convida Cassio com os olhos para voltarem para cima rápido se o fato não foi exagerado pelo diretor e ele acredita piamente que não foi.

Ele aparata do ponto onde está, para a parte de cima da sombra do gelo que já está na margem. E a cena das Acromantulas mesmo jovens correndo com a fúria que só a selvageria natural poderia conseguir, é uma visão impressionante. Ele imagina se como os alunos devem estar em suas mentes. Vir para uma escola dos sonhos, mas só encontram pesadelos antes até de chegar.

Acertar o maior número delas, aproveitando que estão sendo jogadas para trás, é o objetivo. Eles precisam lidar com isto rápido, nenhuma vida deve ser colocada em risco quando se pode evitar.

Pensa então no feitiço atmosférico.

Fecha os olhos e deixa a mente viajar na música do mundo, nos espaços entre os segundos, como se nadasse com a corrente do rio do tempo, para ouvir e harmonizar as notas necessárias a regência do ataque.

O clima canta uma harmonia própria, uma nota que se muda, muda toda a música final.


E então ele evoca para a região onde elas estão sendo lançadas, sendo longe do alcance dos alunos e principalmente da água, um dos mais estranhos fenômenos atmosféricos testemunhados, a "bola de relâmpago".

www.cracked.com/articleimages/dan/weather/ball.jpg" alt="" />
www.cracked.com/articleimages/dan/weather/ball2.jpg" alt="" />

Aliás mas do que uma, lançando milhares de volts nas Acromantulas, e o som da eletrcidade no ar, além de nocautear e espantar as acromantulas, também tocava Iron Man do Black Sabath.



Pois quando a lógica falha, neste caso simplesmente pode-se falar. Foi mágica.

Off: Bolas de relâmpagos, são um fenômeno atmosférico real. Raro, mas real. Cool
http://www.newscientist.com/article/mg19225831.700-blackholes-in-your-backyard.html

39 Re: Proximidades do Lago Negro em Ter Set 28, 2010 12:11 am

Marcio Cristopher Winne

avatar
- Estou proximo ao lago com a professora comigo e vejo um enorme clarão acompanhado de um estrondo , vejo que não chegarei tão tarde assim já proximo do lago conjuro lumus maxima e lanço a luz para cima(Para ter uma melhor vizualização do que acontece.). Vejo os alunos e algumas aranhas indo para cima deles, o mais rapido aponto a varinha para o local onde estão e conjuro Orchideus(Usando as plantas para se enrroscarem nas patas das aranhas e procurando imobilizalas um pouco, mesmo sabendo que elas não iriam segurar todas as aranhas mas já daria para atrasar o avanço delas um pouco.).Nesse momento parece que a bibiotecaria que estava com ele viu o brilho esverdeado em minha mão, quando lancei a magia. Logo após eu conjuro bombarda maxima no meio delas e corre para onde se encontra os outros que parecem ser os professores e concerteza os alunos, para que a Bibliotecaria possa descer também e para que ele possa melhor ajudar a proteger os alunos. Em terra firme ja a biblotecaria desse e ele so olha para o professor que viu antes na biblioteca e da um pequeno balanço com a cabeça como sinal de confirmação, tentando faze um pequeno comentario para meio que quebrar o gelo ele fala. Aceita uma pequena ajuda do Jardineiro, Professor Takeru. Nisso retoma a atacar as aranhas com tudo que pode ali.( O rosto dele muda fica mais serio e compenetrado na situação atual.) E mais uma vez ele conjura Bombarda maxima expelindo algumas aranhas dali e continua com o processo procurando manter as aranhas longe dos alunos.

40 Re: Proximidades do Lago Negro em Ter Set 28, 2010 9:25 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
O ar estava tão carregado e os alunos e professores tão atarefados em salvarem e serem salvos que poucos perceberam a imensa nuvem energética que se formava sobre suas cabeças.

Cansados, enxarcados, exaustos, a grande maioria dos alunos encontravam-se fora d'agua. Haviam ainda aqueles que feridos, procuravam curarem sozinhos ou contavam com a ajuda de colegas e professores. Alguns poucos ainda chegavam lentamente, já andando onde a água permitia.

Os Sereianos foram muito perspicazes em aproveitar o evento de reinauguração da escola, para chamar atenção sobre o estado do seu habitat. Toda a mída bruxa estava focada no castelo, e apesar de todos os esforços feito pelo Diretor Turan, que inclusive abusou um pouco de sua influencia politica para manter os jornalistas fora dali, eles pipocavam por todos os lados, querendo ter matérias de primeira mão sobre a volta triufal de Hogwarts.

Pois agora eles tinham pratos e mais pratos cheios. Esse dia ainda daria muito o que falar. Mas a estrela sem dúvida seria o Ministério da Mágia, se explicando porque ainda não atendera as solicitações do Diretor no que se referia a esse assunto.

Os professores e funcionarios atenderam bravamento o chamado de socorro dos alunos e se empenhavam em tentar manter as aranhas longe dos alunos.

A nuvem que já demonstrava claros sinais de saturamento serviu de inspiração para o professor de Magitech. Em uma bem orquestrada sinfonia de mágias e dominio do ambiente, e tomando todas as precauções possiveis, lança contra as aranhas toda a energia acumulada nos ceus, pela natureza . Nunca clara demonstração de poder e conhecimento técnico.

Depois do estrondo ensurdecedor que jogou todos ao chão. A neblina se dissipando e o céu limpido, agora iluminado pela lua que antes se escondia atras da massa energética. Um grito de angustia se faz ouvir, partindo de um aluno mais próximo da cena.

- Eles estão feridos....

As forças da natureza sempre surpreendem o homem, que julga dominá-las. No momento que o professor calculou que todos os alunos estavam a salvos da onda de ação da energia, um forte campo se formou entre a nuvem e a terra, de modo que desviou o efeito da magia e varios alunos foram atingidos.

- E mais delas estao vindo....

Outro grito seguido de dedos que apontavam para a direção da floresta, onde atraidas pelo cheiro do sangue dos alunos, e ainda mais furiosa pelo cheiro de morte de suas irmas, uma onda gigantesca de acromantulas de tamanhos descomunais marchava em direção aos alunos.

Os professores estão fracos pois muito de suas energias foram gastas resgatando os alunos. Os jovens pupilos sedentos por aventuras.Idades e hieraquia não serviria para nada naquele momento. Merlin tivesse pena deles...

41 Re: Proximidades do Lago Negro em Ter Set 28, 2010 10:23 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Bem, com a situação indo progressivamente de ruim a colossalmente catastrófica, faz com que ele pense que uma retirada estratégica é a melhor opção no momento.

Ele gira a varinha e um caderno com papeis brancos como a virginal neve do topo do mundo surge em sua mão. Ele usa então o feitiço portkey no caderno, uma vez que aparatar está fora do alcançe das possibilidades, a alternativa para um recuo em massa está nesta atuação.

E então ele libera as folhas do caderno, guiadas por uma brisa, para irem tocando nos alunos por sobre-ação.


Folhas que tocam. Alunos que desaparecem. Talvez nem todos possam ser tocados assim, mas ali era uma metafora de um livro de esperança, e ele maior que o livro do horror cujas paginas são incontaveis por mortais.

Os portkeys os carregam até a porta do castelo, para os que são tocados pelas folhas.

E enquanto age já vê as ações de seus companheiros, para pensar no próximo passo.

42 Re: Proximidades do Lago Negro em Ter Set 28, 2010 10:31 pm

Andrew Foster

avatar
Grifinória
Grifinória
-Andrew

xx
August, 2070.
Brincando com Aranhas

On.

Era só o que lhes faltavam, alem de balsas quebradas em pleno lago negro, uma ninhada de acromantulas fora atraído pelo sangue, Andrew riu. – Hã... Elas vão nos acompanhar em segurança até o castelo? – ouviu os rugidos monstruosos ecoarem por todos os lados, sua expressão sorridente morreu no mesmo instante. – vou considerar isso como um Não. – arvores de tamanhos fora do normal iam desabando de acordo com o tamanho das acromantulas que passavam por entre seus troncos.

- Lumus Máxima. – lançou o mesmo feitiço três vezes direção ao céu noturno, o cenário estava visível, é sempre bom ver de que direção vem o adversário. – Calma Makie-san. – tentou acalma-la. – veja pelo lado bom, talvez isso aqui seja divertido. – sorriu malignamente. – Incêndio! – chamas romperam de sua varinha direção as acromantulas. – engulam isso suas idiotas. – pode ouvir o gemido agudo das que foram atingidas. – Ei você ai! Usa a azaração contra essas idiotas. – Disse a um colega ao lado.

O Rapaz lançou o Arania Exumai, enquanto a acromantula estava nos ares, Andrew lançou fogo nela, ao chegar ao chão atingiu outras duas acromantulas enchendo-as de chamas também. – Levicorpus! – gritou. – Não adianta apenas espanta-las, elas apenas serão arremessadas e voltaram assim que se recomporem, temos que corta-las, machuca-las fazerem sentir dor pra que saibam que nós é que dominamos essa área. É assim que funciona no reino animal, e essa coisa não deixa de ser um animal. – Gargalhou. – Vamos exterminar todaaaaaaaass! – Andrew estava fora de si. Quando se deu conta já não estava mais lá e sim em outro lugar, isso ocorrera quando uma espécie de folha o tocou.


STATUS Post nineteen.
TAG Makie.
LOCATION Lago Negro.
NOTES ---

43 Re: Proximidades do Lago Negro em Qua Set 29, 2010 8:54 pm

James Winchestter

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Lyanne Xyeetnuut escreveu:-Aquamenti. - Lancarnum Inflamare

Foram as primeiras coisas que escutou, estava aquecido agora, antes que pudesse agradecer a Lyanne, ela falou com ele primeiro:

Lyanne Xyeetnuut escreveu:-Você está bem?

Disse ela o olhando ternamente, estava corada - Sim, estou muito melhor agora, obrigado - Disse ele olhando para os olhos da garota e também sorrido sem mostrar seus dentes.

Tudo se acalmou estava quieto até demais, até o momento em que James olhara para a margem do lago, foi um espanto, um bando de Acromantulas, cada uma maior do que a outra.

-Locomotor - Disse James ajudando Lyanne chegar mais rápido na margem

Ao chegar na Margem foi correndo em direção das Acromantulas, James estava furioso com aqueles desastres que já tinha contecido no seu primeiro dia em Hogwarts

-ESTUPEFAÇA - Berrou James apontando sua varinha para algumas das aranhas gigantes - ARANIA EXUMAI - Berrou novamente. A respiração de James ficava cada vez mais forte, devido a fúria que sentia no momento.

Alguma coisa o tocara, quando virava era uma folha, antes que pudesse pega-la percebera que já não estava na margem do Lago Negro.

44 Re: Proximidades do Lago Negro em Qua Set 29, 2010 10:05 pm

Vinicius Carmilium

avatar
Grifinória
Grifinória
Depois de sair da água Vinicius avista o resto dos alunos encurralados por aranhas ele corre empunhado sua varinha aponta para a frente das aranhas e usa o seguinte feitiço "Incendio" formando uma linha de fogo entre os alunos e as aranhas então ele grita .

"Usem o Arania Exumai para afasta las por enquanto"

Vinicius usa a mesma azaração e depois começou a usar outra azaração para tentar ipedilas de se movimentar

"Locomotor Mortis"

E consegue derrubar algumas aranhas usando o Locomotor Mortis e Bobarda.

45 Re: Proximidades do Lago Negro em Sex Out 01, 2010 12:07 am

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
“ acrômantulas, enormes... muitas... neh neh, acho que hoje definitivamente não é o meu dia..”

Makie ouvia atentamente o pedido de seu professor de usar arania exumai , um pouco preocupada e ainda com medo, deu alguns passos para traz, mas o barulho das patas e a escuridão da noite apenas a deixava ainda mais confusa de onde vinham as aranhas, eram muitas, por onde poderiam atacar?

Então logo começou a luta pela sobrevivência, as aranhas agora provocadas pelo cheiro de sangue e pelo ataque começavam a vir de encontro ao grupo, makie então não ficou para traz, quando por fim sacou sua varinha e então buscou em sua memória um feitiço mais apropriado para a ocasião, quando então um grande clarão a faz olhar para o céu, uma bola de raios cortando a noite e atingindo o centro daquele exercito entoando uma musica de ritmo peculiar

Um pouco assustada com o que acontecia, makie brandiu sua varinha lançando seu feitiço

-Petrificus Totalus

Uma aranha seguida da outra iam se transformando em pedra a cada momento, enquanto outros as destruíam com Bombarda e então ouvia seu novo colega lhe acalmar

– Calma Makie-san.
– veja pelo lado bom, talvez isso aqui seja divertido.

- hai hai, devo me consentrar, ... divertido?..*tom de ironia* olha como estou me divertindo....

Dito isso makie deu alguns passos a frente, quando percebeu que Andrew havia usado fogo, ela rapidamente olhou para ele estupefata com um olhar de zanga dizendo

- está ficando louco? Se tacar fogo, poderá incendiar a floresta inteira, em conseqüência, todos nós!

Mas no momento, imaginou que em momentos de desesperos pediam medidas desesperadas, rezou que algum professor depois apagasse aquele fogo enquanto continuava a petrificar as aranhas, quando der repente uma folha a toca no braço, e na velocidade de um piscar de olhos, estava em frente a porta do castelo junto a outros alunos a espera de alguém que os guiassem

46 Re: Proximidades do Lago Negro em Sex Out 01, 2010 11:19 am

Lyanne Xyeetnuut

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Lyanne estava preocupada, dentre 2 professores que entraram no lago, até agora nenhum dos dois voltou. E um desses dois era seu tio. Talvez esse fato a deixava mais preocupada. Mas não adiantaria ela ficar acampada ali esperando eles voltarem. Isso só poderia atrapalhar, pois algo poderia acontecer com ela, e isso só traria mais preocupaçao para seu tio. Ela começou a ir para a margem, James lhe ajudara com o feitiço para chegarem mais rapido. Mas o que ela viu ali não à agradou muito, pois um bando de aranhas vinham em sua direção.
James foi o primeiro a agir, e Lyanne teve que conter um suspiro. Ele parecia um "mocinho" de algum filme ou livro, pronto para proteger os mais fracos, para virar herói. Ela sorriu com o pensamento e o afastou. Deu um passo a frente, ficando proxima a Sylvia, segurou sua varinha com firmeza e bradou o feitiço contra as aranhas..

-Arania Exumai

A menina não esperou para ver se seu feitiço tinha surtido efeito, logo lançou outro atras, pois se havia algo que ela não gostava, depois de baratas, eram aranhas. E essas em especifico lhe davam pavor.

-Glacius

A menina apontava na direçao onde as aranhas estivessem mais agrupadas, pois queria atingir o maximo de aranha possivel..
E ela até estava indo bem, quando a ajuda veio do céu e lhe surpreendera. Um grande estrondo se fez ouvir, neblina para todos os lados, um barulho, uma baque forte, alguem caiu no chão. Sua cabeça estava doendo, de onde veio aquele choque.
Lyanne tentou levantar, mas seus membros estavam doloridos. Com grande esforço ela conseguiu se por de pé. A neblima se discipou e o susto da garota transpareceu em sua voz, pois automaticamente ela gritou...

1º Ela estava com o cotovelo todo ralado e sangrando um pouco, pois usou-o inconscientemente para não bater a cabeça. Fracasso, pois o impacto foi tão forte que acabou batendo a cabeça da mesma forma. Então sua cabeça tambem estava doendo...

2º Agora algumas aranhas estavam avançando em sua direção..

Ela instintivamente ergueu a varinha e gritou o feitiço

-Bombarda Maxima

Ela fez isso até ver que as aranhas diminuiram, ou até perceber que sua vista estava ficando turva, seu corpo mole e o chão cada vez mais proximo.. Lya caiu quase inconsciente...

47 Re: Proximidades do Lago Negro em Sex Out 01, 2010 8:06 pm

John Carlson

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts

Narração
- Falas.
"Pensamento."


--~~--

Carlson estava ansioso pela chegada dos alunos quando viu uma movimentação lá fora. Alguns professores saíram para ver o que estava se passando, inclusive o diretor. Carlson não achou que deveria interferir, já que o próprio diretor estava resolvendo. Ele ficou ali, com seus próprios pensamentos, porém o salão não enchia de jeito nenhum – apenas os professores e alguns funcionários estavam presentes no salão principal e, acreditem, aquilo não era normal no dia do banquete de boas vindas.

O professor se recordou daquela célebre frase dos filmes: “Ligue para a polícia se eu não voltar em dez minutos”. Ele estava assistindo a filmes policiais demais. Ultimamente ele estava com hábitos trouxas em excesso. Em um dado momento, Carlson decidiu sair do salão principal e seguir diretamente para a direção dos gritos e da bagunça toda que estava acontecendo no castelo.

Na correria, ele vislumbrou Shiba, e chegou rapidamente ao lado dele, a varinha em mãos. Não precisou perguntar o que estava acontecendo. Alunos feridos estavam na orla da lagoa, alguns barcos virados e muita tensão e desespero se via no local. O professor parou ao lado do colega de trabalho e ergueu uma sobrancelha. Ele tentou não deixar transparecer a excitação na voz. Parecia estar se divertindo com tudo aquilo.


- Ok, qual é o plano? - perguntou ao professor. Ele estava empolgado, apesar do horror que acontecia à sua volta. Ele ouvia as instruções de Shiba e começou a atingir aranhas com seus melhores feitiços.

O professor estava atacando tudo o que se movimentava que estava vindo da direção da floresta negra. Havia um sorriso brincando em seus lábios e um olhar um tanto insano brilhava em sua fronte enquanto matava aquelas aranhas.

Então, quando aquele estranho fenômeno cataclísmico geológico aconteceu, acabou toda a graça. Carlson se desequilibrou, apoiando-se em uma pedra. Cansado e ofegante, olhou para a situação dos alunos. Ele respirava fundo, os pulmões enchiam-se e esvaziavam-se rapidamente, pegou fôlego engolindo em seco, e continuou a vasculhar seu olhar por entre os alunos, que tentavam se curar uns aos outros.

As chaves de portal iam levando alunos aos poucos para o castelo, em segurança. Os gritos dos alunos não assustaram o professor, muito pelo contrário, lhe deram mais adrenalina para continuar atacando toda e qualquer aranha que estivesse na sua frente.

Adrenalina demais, pensamentos de menos. Porém, a quantidade de aranhas era inesgotável, e Carlson estava começando a ficar cansado. Por sorte os treinos de quadribol o deixava com um fôlego imenso, e ele ainda tinha muita energia, porém não se sabia exatamente quando as aranhas iriam parar.

Enquanto matava uma ou outra aranha, gritou para Shiba:


- ALGUÉM ESTÁ CONTROLANDO ELAS!!!! VAMOS CONTORNAR A FLORESTA COM OS ALUNOS MAIS VELHOS!?!?!?


_________________

48 Re: Proximidades do Lago Negro em Sex Out 01, 2010 10:27 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Dizem que em momentos de grande necessidade de atenção sua percepção se dilata tanto, mas tanto, que parece que o próprio tempo passa mais devagar. Suas decisões se baseiam em instintos, ou treinamentos, atalhos que seu cérebro pode tomar para acelerar suas ações.

-Protego Maxima.- ele diz enquanto se coloca a correr rumo a uma aluna caida. Um feitiço de aceleração torna a corrida uma arma em si quando ele bate o ombro contra uma das acromantulas que saltam sobre ela, força afinal é igual a massa vezes aceleração.

Então sua mente, registra o fato que é ELA, o pequeno anjo, sua face não vira, quando ele pisa na articulação da pata direita de uma acromantula que se aproxima. E quando ele diz Confringo, atingindo dentro das queliceras de outra e seus fragmentos servindo como uma granada de fragmentação para outras que viam atrás, ele ainda não registra. Quando ele a ve desacordada. Ele faz uma coisa que ele não fez a mais tempo que gostaria de admitir.

Ele reza em sua magia.

-I-nà net-à tet-à tes-à - ele clama, e egipico ancestral soa alto. -Seta-kuà. O topo de sua varinha estava brilhando com um branco flamejante agora, e ele se ergue como uma barreira entre as aranhas e ela.

-Ànet hràu-oen neteru àpu àu-à rex-kuà-ten! Rex-kuà ten-ten enen xer-à en śàt-ten enen sàr-ten bàn-à en neter pen enti oen em xet-f nen iu-tu sep-à her-ten!. Agora a varinha de Ctaaciug estava brilhando um branco-azulado, e o ar ao redor começou a ficar mais denso.

-Hetem em bah àpitu-f her bah qennu-f! - a tonalidade de sua varinha ficou negra, e a magia implodiu para a frente, movida por seus sentimentos.

Era um hibrido, algo dificil de se conceber e de se projetar, era alimentado pelos seus sentimentos, era cura e veneno. Os envolvia como uma nuvem branca e tinha cheiro de amêndoa que paralisava de maneira singular algumas das terminações nervosas das acromantulas que se aproximavam.

Ele pega o pequeno anjo nos braços, segurando ela como se fosse para protege-la do mundo, e sussura, quando os ferimentos vai se fechando, para que soe como um sonho.

-Eu vou cuidar de você, pequeno anjo. Tudo vai ficar bem.

OFF: Eu vim e me vinguei com meu próprio corpo. Eu me fiz forte.

Oferenda a ti, Ó deuses! Eu, que vos conheço. E conheço seus nomes. Por isto peço, não me joguem as adagas que me assassinam, não me deixem abandonado diante deste deuses. Nós que te seguimos, não nos deixem que nosso momento chegue diante de nossos inimigos.

Destruam ante seu julgamento e façam sua punição!





49 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 2:09 pm

Rheia Sparks

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
A professora estava, neste momento, coberta de sangue e restos de aranha. Ok, não era seu melhor momento... mas ainda assim precisava ajudar. Foi até o professor Xyeetnut e carregou a garota que ele carregava, checando seus sinais vitais: o estágio no hospital lhe fora produtivo.

- Professor! Você pode fazer mais chaves de portal para levarmos os alunos mais novos para dentro? - ela disse, sua doce voz tinha um timbre encantador. Ela olhou bem pros olhos azuis do professor, com um rosto meio amedrontado.

"E eu achei que ia apenas dar aulas de estudo dos trouxas... nada mais seguro que isso, certo?" - pensou.

50 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 2:35 pm

Shiba Takeru

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Takeru estava lutando contra as aranhas, Carlson chegou para dar um apoio era um professor mais velho e Takeru respeitava a eficiência do outro na batalha que estavam porem uma reviravolta nos acontecimentos quando uma espécie de tempestade de raios começou a cair sobre os alunos e aranhas, ele se defendeu com protego e o Maximo de alunos que estavam próximos a ele.



Agora a luta estava em desvantagem para ambos os lados, Carlson teve uma idéia de que talvez as aranhas tivessem um controlador, não seria a primeira vez em Hogwarts, porem as aranhas que estavam ali precisavam ser paradas a qualquer custo, talvez elas tentassem ir ao castelo. Takeru teve uma idéia e disse a Carlson.

-Vai em frente, eu vou parar as aranhas aqui, vou abrir caminho para você e quem mais for.

Takeru fez com que Zaruba multiplica-se o sangue que estavam nele fazendo o japonês parecer um boneco do resident evil, todo sujo de sangue, apenas algumas partes do seu corpo sem sangu, de longe mesmo lançou um feitiço na cabeça da aranha líder.

- arania Exumai a intenção era deixa-la irritada, começou a correr para longe dos alunos passando a alguma distancia das aranhas chamando atenção para o pedaço de carne sujo de sangue, praticamente um sushi com muito Shoyo.


-VENHAM ME PEGAR, E DEIXEM MEUS ALUNOS EM PAZ

O jovem já estava sem energia mágica, arfando mais o que o mantinha o em pé era o seu dever em proteger os mais fracos e os seus alunos, era seu juramento era sua chave de movimentação, pegou um galho seco no chão e o transmutou em uma arma branca bem próximo a uma katana, quando sua magia estivesse ao ponto de ter apenas um ou outro feitiço para fugir iria lutar como os antigos samurais.



Última edição por Shiba Takeru em Sab Out 02, 2010 2:49 pm, editado 1 vez(es)


_________________
Do you really think you can withstand my magic? In my hand, the creator's sword that calls eternal sleep! Honor our pact and hear my command

51 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 2:46 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Uma presença chama sua atenção, e ela estava tocando o pequeno anjo, sendo uma angelica presença em si mesmo...

Ele olha para ela, e por um momento o tempo vai mais devagar, para melhor apreciar o momento

-Olá professora (?). Um auspiciosa hora para sua presença.

-Mais portkeys? Que tal isto?


E faz um origami de garça.


Ele diz então:

-Portkey!

Com um feitiço de animar e um feitiço de duplicação uma revoada de garças começa a voar pelo lugar levando mais dos alunos, mais rápido, inclusive o pequeno anjo para dentro do castelo.

-Pois bem, professora.... O que sugere, para que possamos, Confrigo!-Acromanula explode-fazer agora?



Última edição por Ctaaciug Xyeetnuut em Sab Out 02, 2010 3:14 pm, editado 1 vez(es)

52 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 3:12 pm

Rheia Sparks

avatar
Professora de Hogwarts
Professora de Hogwarts
- Ah... - disse a professora. Estava meio assustada, apesar de ter uma sagacidade no olhar de quem sabe exatamente o que fazer. - Não faço a mínima idéia...

A professora apenas deu a volta pelo loiro e alcançou mais alunos lá na frente. Parou ao lado de Makie e dos outros.

- Se eu tivesse um tanque de guerra....... BOMBARDA MAXIMA! - ela aponta sua varinha liláz para uma aranha gigantesca, que vinha na direção dela.

"Para onde elas estão indo?" - pensou.

Rheia tentou perceber se as aranhas estavam realmente atacando os alunos porque queriam atacar ou só porque queriam passar ali, fugindo ou algo do tipo. O que quer que fosse, deveria ser descoberta a origem.

OFF

Espero resposta do narrador Smile

53 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 3:27 pm

John Carlson

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts

Narração
- Falas.
"Pensamento."

--~~--


Aquilo era só um palpite, que podia estar errado ou não. De repente imaginou-se sem encontrar nada dentro da floresta, entretanto, ele tinha que tentar porque, pelo menos, teria tentado.

A atuação de Shiba, entretanto, era perfeita. Defendia os alunos com o próprio sangue, e começou a atrair as aranhas para si. Na primeira oportunidade, Carlson gritou:


- ALUNOS DO QUINTO AO SÉTIMO ANO! VAMOS ENTRAR NA FLORESTA E VER O QUE ESTÁ ACONTECENDO! VENHAM... SE TIVEREM CORAGEM! - gritou, e se jogou por debaixo de uma aranha, derrapando pela lama da orla do lago.

Correu, se esquivou das enormes patas das aranhas e deu cambalhotas. Não estava em uma vassoura, porém parecia estar. A agilidade com que as pernas de Carlson se movimentava era alta, a corrida fez seu peito suar, suas vestes grudaram nas patas de uma aranha e, com um giro, ele se livrou delas, correndo sem camisa que nem um louco na direção da orla da floresta.

Embora estivesse em uma situação difícil, o sorriso entrecortava seu rosto enlameado. Soltou alguns feitiços, deixando algumas aranhas pernetas, cortando-lhe as pernas com feitiços de magia negra. Então, se jogou por trás de um arbusto, a varinha em punho, um joelho dobrado, o outro apioado no chão. Escutava com atenção e esperou por algum tempo alguém se juntar a ele...


_________________

54 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 5:22 pm

Robert de Boron

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Robert havia passado maus bocados dias atras o ataque na quinta dimensão o deixou muito ferido e fraco, assim que saiu da enfermaria ele se dirigiu ao lago negro para tomar um pouco de ar puro e uma boa dose de umidade, seguiu caminhando vagarosamente até que avistou uma estranha movimentação próximo ao lago.

-Mas o que é aquilo, são aranhas mesmo? Droga era só o que faltava. - disse ele correndo com a varinhas já em mãos pouco a pouco ele foi chegando próximo ao lago sem se dar conta três aranhas o cercou - detesto aranha detesto mesmo - Robert não pensou duas vezes e agitou sua varinha - Arania Exumai Maxima - um forte feixe de luz lançou as três aranhas bem longe dali - isso esta muito estranho elas nunca sairam da floresta proibida só pode ter alguém por tras desse ataque. - pensou ele, ao longe Robert escutou a voz do professor Carlson

- ALUNOS DO QUINTO AO SÉTIMO ANO! VAMOS ENTRAR NA FLORESTA E VER O QUE ESTÁ ACONTECENDO! VENHAM... SE TIVEREM CORAGEM!

-Boa professor - disse ele a si mesmo enquanto corria em direção ao professor que corria feito louco em direção a floresta, algumas aranhas avançavam em Robert que logo as expulsava - Eu to ficando velho pra correr desse jeito - pensou ele - Calrson espera eu vou com você, - o rapaz chegou próximo a calrson - Belo dia para uma batalha não acha? - disse Robert ofegante - e então tem um plano? porque vamos precisar -disse ele olhando para os vultos que se aproximavam pouco a pouco da orla da floresta, barulhos de passos rapidos eram escutados ao longe.

55 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 5:27 pm

Lyanne Xyeetnuut

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Frio, seu corpo sentia o gelado do chão, contra sua pele quente e ferida. Sentia-se grogue, e por um momento sentiu que ia percorrer o mundo dos sonhos. Mas ela não podia, não naquele momento, sabendo das aranhas vindo em sua direção. Usou todo o esforço que tinha para manter-se acordada, sua mão segurava com força a varinha e ela ja tentava ergue-la contra uma aranha que vinha em sua direção. Talvez fosse o cheiro do sangue que as atraia para sua direção.

Antes que ela pudesse tomar qualquer atitude alguem tomou sua frente e pos-se a defende-la ferozmente. Ela focou-se no homem tentando identificar quem era. Ela ouvia ele falar algo que de principio ela não entendia, uma lingua estranha e familiar ao mesmo tempo. Uma voz doce e acalentadora.. Ela focou-se mais no homem e surpreendeu-se ao constatar que ele era seu tio, Xyeetnuut. Ela sorriu, no seu primeiro dia de aula ja estava metida em encrenca e ele ja estava se prontificando a zelar dela..

Ela sentiu mãos fortes e seguras lhe apanharem do chão duro e frio, sentiu um peito quente, um ritmo conhecido.. Ela estava com a cabeça em seu peito, ouvindo o coração dele bater contra sua face. Ela estava se sentindo segura agora..

Logo a voz dele veio doce e calma para seus ouvidos e chegaram em seu coração. Ele lhe fizera uma promessa, e dessa vez ela sabia, que ele iria cumprir. Ela estava se agarrando a isso com todas suas forças, ela queria que ele lhe protegesse. Queria ter de volta o tio que lhe foi tirado a muito tempo..

Ela sorriu para ele e passou sua mão pelo rosto de Cttaciug... Sua voz saiu doce e fragiu.. como um mensageiro de um vento em dia de pouco vento..

-Eu sei que vais cuidar de mim meu guardião. Sei que agora esta tudo bem...

Antes que ela pudesse tentar falar qualquer coisa, uma outra voz se fez presente. Um timbre de voz forte e marcante e tambem encantadora, uma mão agil e cuidadosa.. Alguem estava tentando lhe tirar dos braços dele. Lyanne se mexeu nos braços de Ct e o abraçou com força. Ela não ficaria longe dele, não agora... Ela parecia uma menina mimada..

Estava decidida até o fim a ficar ali... Quando começou a se sentir melhor, menos grogue, ela ouviu os planos dos professores, e antes que pudesse pedir para ir ao chão, algo aconteceu.. Ela sentiu uma folha tocar-lhe a face, e ja não estava mais com seu tio. Estava ja nas propriedades do castelo.. isso a deixou ainda mais irritada, e foi o suficiente para deixar-lhe totalmente " esperta"

- Ah, mas não vou ficar aqui mesmo.

Ela pegou o papel que tocou seu rosto e colocou-o no chão. Se concentrou e bradou..

-protego maxima- Ela apontou a varinha sobre si, pois não queria ser pega de surpresa no meio da bagunça, depois apontou a varinha para o papel posicionado no chaçao e falou baixinho.. - Portus..

Ela queria voltar para junto de seu tio novamente, mas não pode ir. Sua perna e seu braço ainda doia muito. Ela apontou a varinha para suas feridas e sussurrou - Férula - E uma bandagem se fez, envolvendo o machucado.

-Não deveria deixar ele com toda a diversão. Afinal, como posso aprender a ser uma bruxa excepcional, se não estou praticando o que aprendi até o momento? E tambem sou uma Xyeetnuut, não deveria me acovardar diante algumas aranhas sanguinarias.. ou seja la o que elas forem. Droga.. droga..

Ela ficou observando ao redor para ver onde estava.. ee o que faria agora


[off: Post Editado.. ]



Última edição por Lyanne Xyeetnuut em Sab Out 02, 2010 11:27 pm, editado 1 vez(es)

56 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 6:18 pm

John Carlson

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts

Narração
- Falas.
"Pensamento."

--~~--


Robert havia se juntado à John, que estava ofegante e engoliu em seco. Ele sorriu, incredidulamente:

- Um plano? - riu. - Não sei exatamente se é cedo ou tarde para dizer, mas eu não tenho um plano.


_________________

57 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 7:37 pm

Vinicius Carmilium

avatar
Grifinória
Grifinória
Vinicius escuta um professor atraindo a tensão das aranhas transforma um graveto numa arma que ele não conseguia ver direito, mas parecia uma espada, Vinicius corre para junto do professor Shiba e o ajuda ja que ele estava com uma espada e parecia cansado então ele começou a conjura o "-Petrificus Totalus" e diz para o professor.
"eu as paraliso e o senhor acaba com sua catana, e não vem com essa que não precisa ok, vamos acabar com esses aracnídeos tamanho familia"

58 Re: Proximidades do Lago Negro em Sab Out 02, 2010 9:43 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Ele estava falando com a bela professora que chegou, e então uma presença apareceu.

Abre e fecha a boca, respira, respira e ouve.

Lyanne Xyeetnuut escreveu:-Não vou deixar que fique com toda a diversão. Afinal, como posso aprender a ser uma bruxa excepcional, se não estou praticando o que aprendi até o momento? E tambem sou uma Xyeetnuut, não me acovardo diante algumas aranhas sanguinarias.. ou seja la o que elas forem. Deveria me conhecer melhor, Cttaciug..

-Eu conheço pequeno anjo...Sua chama infinita não pode ser contida. Não vou tentar te deter, mas pelo menos fique perto de nós. Não te subestimo e valorizo seu poder. Pode nos acompanhar na batalha?

Diz sincero para ela. Ela não é uma criança, só mais um ano ela será uma bruxa adulta. Ele sabe que ela é capaz de lutar suas batalhas...

Apenas não está disposto a deixa-la se arriscar demais. talvez nunca esteja.

Ele diz então.

-Erecto.- e uma estatua de dragão se forma da lama do lago - Protean - e agora são duas. E funde as duas e mais duas, com mais uma magia.

-Draconifors.


E então.

-Imperius.

-Pronto. Agora podemos ir.

59 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Out 03, 2010 7:58 am

Cassio Rommanoff

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Saltou de dentro do lago ainda com a forma serêiaca. As nadadeiras que estavam nos pés mal tocaram no chão, e Cassio já vira o que os alunos e os professores estavam fazendo. Que completa idiotice! Eles não sabiam nada sobre Acromântulas, só podia ser isso. Era um espécime raro. Só era encontrado atualmente nas entranhas da floresta de Hogwarts. Ele não podia deixar que fizessem aquilo. o professor posicionou a varinha em sua garganta e com um feitiço Sonorus falou para todos os presentes.

- Parem já de atacá-las! Só vai piorar a situação! Não é hábito dessas criaturas deixar a Floresta Proibida, elas não toleram ambientes tão abertos e claros dessa forma; só precisamos impedí-las de cruzar a Orla
- Cassio apontou a varinha pra cinco Acromântulas que avançavam até alguns alunos à esquerda. - Arania Exumai!

Ele olhou, ainda combatendo as criaturas, para as estratégias dos outros professores. Eram boas, mas não bastariam para contê-las. Quem sabe quantas aranhas nasceram desde a última estadia de algum bruxo na Floresta? Poderia ser milhares, milhões, e todas elas poderiam estar tentando sair agora.

Ao ouvir o comentário de Carlson, aquilo lhe pareceu mais do que óbvio. - "É isso..." - Cassio correu à frente das aranhas e erguendo a varinha para a floresta, bradou o mais rápido que podia. Era caso de urgência total. - Cave Inimicum! - Um campo extenso e sólido cresceu em parte da Orla da Floresta.

Cassio lançara o Feitiço Defensivo tanto para impedir que as aranhas avançassem, quanto para ter uma base para outros feitiços. Logo em seguida lançou outros feitiços: Feitiço de Impertubalidade - para impedir que as Acromântulas avançassem pelo campo; Confundus - para que, quando chegassem perto demais do campo, ficassem confusas, acreditando que elas tinha de voltar imediatamente para o interior da Floresta. E, para aquelas que ainda resistissem ao Confudus, ele lançou Feitiços Ofensivos, como: Feitiço Abrasador, Arania Exumai, Alarte Ascendare, Impedimenta...

O rapaz, ainda molhado e com nadadeiras e guelras, ampliou novamente a sua voz para os professores:

- Vamos lá! Todos os professores, me ajudem! Eu não vou conseguir cobrir uma área muito extensa sozinho. Todos os professores e alunos com experiência experiente, ergam as suas varinhas e defendam as suas vidas e o seu Lar!




Off:
Desculpem pela demora do post, eu estava com alguns problemas pra postar. Mas, aqui está! ^^"

60 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Out 03, 2010 11:10 am

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
O caos estava completo, aranhas e mais aranhas saiam da floresta em iam em direção dos alunos.

Cada vez mais professores viam os sinais de perigo lançados ao ar pelos alunos e professores e se uniam a batalha.

Ctaaciug cria uma nova chave de portal, e faz com que todos os alunos toquem ela, salvando assim os alunos.

Ele cria também uma enorme criatura, um dragão com 4 cabeças, que partiu para cima da aranha líder, a batalha foi intensa mas o poderoso dragão acabou vencendo a batalha.

Com a morte de sua líder, as aranhas menores, ficaram sem rumo, e os feitiços defensivos e ofensivos lançados pelos professores ajudaram a dispersar grande parte delas, fazendo com que voltassem para a floresta.

Porem um grupo de mais de 100 aranhas foram feito urubus em carniça na direção do professor Shiba que estava coberto de sangue.

Carlson e Robert adentram a floresta, mas não encontram nada ou ninguém que possa ter causado tamanho transtorno nas aranhas, era pura e simples fome animal, e presas aparentemente fáceis que atraíram todas as aranhas, havia uma super população pra pouco alimento, a cadeia alimentar da floresta esta totalmente desregrada após os acontecimentos dos últimos 10 anos.

OF___________
Boa parte das aranhas voltaram para a floresta, porem ainda existe um grupo atacando ao professor shiba, todos os alunos foram salvos, e devem postar no tópico do saguão
http://incantatem.forumeiros.com/interior-do-castelo-f60/saguao-t24.htm
os professores e funcionários que estavam com os alunos salvos, também devem postar no saguão.
Carlson e Robert caso queiram aprofunda as investigações postem na floresta proibida o que pretendem fazer
Quem ainda tem ação pendente terminar.

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 6]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum