Venha ser um bruxo e jogar RPG no mundo de Harry Potter! Vagas ilimitadas!


--/--/----
Clima:
texto texto texto texto
texto texto texto texto
Início de Período:
--/--/----
Termino de Período:
--/--/----
Eventos: nada relevante


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Proximidades do Lago Negro

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 6]

31 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 7:21 pm

Narrador

avatar
Narrador
Narrador
Dentro do lago, no fundo do lago

Ctaaciug e Cassio tentam argumentar com os sereianos, porem os sereianos não estavam muito dispostos a colaborarem, estavam furiosos por humanos invadirem seus territórios.

-Vocês não deveriam estar aqui, nos iríamos mandar um aviso para a diretoria cobrando a promessa que eles nos fizeram de limpar no nosso habitat, mas nada foi feito, nosso habitat ainda esta repleto dos resto do castelo, essa garota ficará aqui até tudo ser resolvido, caso contrario ela vai morrer, e não será a única, até vocês cumprirem com a sua palavra mais alunos serão seqüestrados, vocês tem 45 minutos ate o efeito da alga que ela comeu acabar o efeito e ela não conseguir mais respirar de baixo da água... agora vão e resolvam ou tragam alguém aqui para resolver esse problema.


Margens do lago negro.

Shiba Takeru professor de DCAT conseguiu unir todos os alunos na margem do rio, muitos estavam feridos nas pernas, pequenos arranhões, mas nada muito grave.

Shiba tangia os alunos pela margem do lago rumo a Hogwarts,porem de repente escutam sons vindo da floresta que os cercava do lado esquerdo, algumas arvores começam a cair próximos a eles.
Começam a aparecer varias acrômantulas um total de 50 variando de tamanho entre 2 e 3 metros de altura, e uma maior com mais de 6 metros vindo mais atrás, provavelmente atraídas pelo sangue.

32 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 7:44 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Narrador escreveu:Vocês não deveriam estar aqui, nos iríamos mandar um aviso para a diretoria cobrando a promessa que eles nos fizeram de limpar no nosso habitat, mas nada foi feito, nosso habitat ainda esta repleto dos resto do castelo, essa garota ficará aqui até tudo ser resolvido, caso contrario ela vai morrer, e não será a única, até vocês cumprirem com a sua palavra mais alunos serão seqüestrados, vocês tem 45 minutos ate o efeito da alga que ela comeu acabar o efeito e ela não conseguir mais respirar de baixo da água... agora vão e resolvam ou tragam alguém aqui para resolver esse problema.

-Só isto ? Sem problema. Vou mandar uma mensagem para o diretor, vou virar de costas e mandar a mensagem, então não tem como eu possivelmente atacar vocês, caso pensasem que iria fazer isto.

Ele se vira de costas e usa um feitiço de transfiguração com base na teoria que acabou de desenvolver, e faz uma carta com o seguintes dizeres:

"Olá professor/diretor, estamos com uma situação que requer sua atenção imediata os sereianos do lago sequestraram uma aluna e querem o cumprimento das promessas feitas em relação ao habitat deles. Temos 15 minutos para uma posição e sua presença aqui pode ser muito útil como figura de autoridade máxima em Hogwarts.

Sem mais no momento me despeço cordialmente.

Ass.: Professor Ctaaciug Xyeetnuut."


E encanta o papel como um portkey e o toca com a varinha para que ele vá para o salão principal que é onde o diretor espera juntos do outros professores. Se virando para os sereianos ele diz:

-Só esperar uns minutos agora.

33 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 8:21 pm

Ander Turan

avatar
O diretor de Hogwarts Ander Turan chega ao lago negro rapidamente, avista alguns alunos e um professor sendo atacados por um grupo de acrômantulas sedentas por carne fresca.

- Era só o que me faltava, porque eu não consigo prever essas coisas?não posso me preocupar com isso agora, tenho que salvar a aluna das mãos dos sereianos.

Ander adentra dentro do lago, após nadar alguns minutos encontra onde os dois professores está e o grupo de sereianos também.

Ander se aproxima, e eles logo o identificam como diretor de Hogwarts, mas ele mesmo assim se apresenta.

-Ola caros amigos Sereianos, eu sou o diretor Ander Turan, como vocês mesmos já devem conhecer, nos já tivemos uma reunião anteriormente e achei que já tínhamos resolvido o problema de vocês.

-Senhor Turan, o senhor prometeu resolver nosso problema com toda essa sujeira, mas nada foi resolvido, essa garota ficará cativa aqui até você renovar o seu compromisso.

-bom, a culpa não e minha, eu já fiz o pedido para o ministério para fazerem a limpeza do lago, mas parece que eles não deram muito ouvidos, se vocês me devolverem a aluna agora, prometo que amanha já estaremos resolvendo esse problema, eu mesmo resolverei por conta própria.

-Muito bem,nos não queremos causar problemas, até mesmo porque nos temos um acordo de cessar fogo, e pretendemos cumpri-lo, vamos devolver a aluna, mas caso em uma semana nada for resolvido, iremos seqüestrar outro aluno, e dessa vez não iremos ser tão passificos.

-então temos um novo acordo, amanha mesmo irei mandar limpar o lago.

Os sereianos entregam a aluna Marcella que começa a despertar do seu transe.

Ander olha para os dois professores e fala telepaticamente com eles.
-Voces hoje provaram que eu não estava errado em contrata-los, muito obrigado, agora eu peço que vocês subam rápido, eu avistei um grupo de acrômantulas indo em direção dos alunos na margem do lago. Eu vou levar Marcella direto para o castelo, mais uma vez obrigado. Fizeram um bom trabalho.

Ander começa a nadar para a superfície , chegando na margem do lago ,bate três vezes o seu apoio no chão e aparata para dentro do castelo, para seus aposentos.

OF___________
Marcella deve descrever a sensação de ter acordado em meio a confusão no fundo do mar, e logo depois postar com o diretor na diretoria.
Post continua na diretoria para Ander e Marcella.

34 Re: Proximidades do Lago Negro em Dom Set 26, 2010 10:25 pm

Makie Otono

avatar
Fucionario de Hogwarts
Fucionario de Hogwarts
com os alunos ali concentrados proximo ao professor shiba takeru, quando um barulho estranha vindo da floresta fez algumas gotas de ruor se acumularem na testa da pequena e escorrerem por seu rosto, a sensação de algo ruim se aproximando era inevitavel, makie apenas acompanhou os alunos que tangenciavam o lago, não queria se perder no primeiro dia de aula, as coisas não pareciam boas ....

derrepente um estrondo, makie rapidamente caçou com seus olhos apavorados o que havia feito tal barulho quando percebe , junto com os outros alunos árvores começarem a cair proximos do grupo, a jovem deu alguns passos para traz, como se pudesse apenas disfarçar e se esconder do que estava por vir quando por fim, a causa do mau pressentimento surgira, varias acrômantulas, tantas que a pequena não conseguia nem mesmo contar direito, elas eram enormes, talvez jovens adultas, isso não era tão importante, apenas pareciam famintas quando então surge dentre as bestas a maior de todas, deixando mankie perplexa de medo, seu corpo inteiro tremia, suas mãso rapidamente tamparam sua boca para que seu grito de terror fosse abafado por entre os dedos

35 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 11:03 am

Lyanne Xyeetnuut

avatar
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Lya estava ficando com os nervos a flor da pele, estava preocupada, sabia que sua preocupação era infundada, seu tio era crescidinho e sabia se virar sem ela. Fez isso durante anos, e sabiamente. Porque ela deveria estar assim tão preocupada então. Ela olhava para as águas em busca de alguem, corria a varinha de um lado a outro, e tomou um susto quando algo saiu do lago. Ela se impulsionou para tras, quase caindo no lago outra vez, e bufou de raiva quando viu quem era. Sua vontade era agarrar e torcer varias e varias vezes o pescoço de seu primo, mas isso foi por um breve instante. Quando ele subiu no bloco e ela viu que ele estava bem, fazendo suas graças e tudo mais, sentiu o nó na garganta apertar, e a carinha de choro que ele via nela quando eram crianças, refletiu no rosto da menina agora..

Ainda te mato Jace escreveu:-Oi prima! O que está fazendo em um bloco de gelo?

Lya sorriu para ele, tocindo logo em seguida.. Limpou a garganta e sua voz suave e melodiosa, com um sotaque Irlandes carregado chegaram aos ouvidos de seu primo..

-Nada de mais, só estou torcendo para sair um sol bem convidativo e tomar um bronze primo..

Antes que ela pudesse usar um pouco mais do seu sarcasmo, ele lhe deixara ali dizendo que ja voltava. A menina olha ele se afastar para ir até Rebeca, seca-la e voltar.. Lya por um momento sente um arrepio, uma revira-volta em seu estomago e uma sensação, uma vontade de correr para perto da amiga, mas como nem sempre dava ouvidos aos sinais que lhe alertam de que algo errado esta acontecendo, permaneceu ali, pronta para ver ela cair de joelhos, com nauseas, sinalizar o professor Takeru e depois cair sobre o gelo. Lya levou a mão para o pescoço, como se estivesse contendo um grito, e só ficou mais tranquila ao ver o professor socorrendo a amiga..

Se assustou novamente quando James se aproximou dela, ela estava tão preocupada com Rebeca, que não ouviu ele se aproximar, e o grito que ela tinha segurado ao ver a amiga cair, foi liberado na chegada de James. Ela virou a varinha na direção de James, e suspirou aliviada ao ve-lo..

-James, o que você esta fazendo na água. Você é Louco?


Ela coloca a varinha na boca, segurando-a com os dentes, e puxa James para cima. Ela olhou para ele preocupada, segurou com firmeza sua varinha, apontou para ele e repetiu os feitiços que seu primo tinha usado ainda a pouco em Rebeca..

-Aquamenti. - a molhando toda e na sequência - Lancarnum Inflamare - para aquecer e secar.


Ela olhou para James com ternura, sim, tambem estava corada...

-Você esta bem?


Lya logo viu seu primo se aproximar. Ela prontamente se levantou e foi em direção dele, abraçando-o. Permaneceu por um momento em silencio até se soltar do abraço.

-O ti.. - ela parou - O Xyeetnuut esta la em baixo, estou preocupada. Queria poder ajudar, mas parece que estamos sendo convocados para la.


Ela olha na direção que o professor aparecera e ia levando Rebeca..

Sem muito o que fazer, Lya passou novamente a varinha iluminando ao redor, procurando por mais alunos, ou por seu tio e o outro professor.. Cassio.. mas não havia mais ninguem. Ela se aplumou e apontou a varinha para a agua..

-Pelo que vejo, é hora de ir. - era nitido a sensação de tristeza na voz da menina - Locomotor

Ela baixa a varinha e fica esperando até chegar na margem e ser recebida pelo professor Takeru..

36 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 1:17 pm

Shiba Takeru

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Takeru ainda estava naquela situação constrangedora, usou um feitiço para acordar a garota que estava ali com ele, logo ela já ia abrir os olhos o feitiço de reanimar era muito util.

virou para o lago com sua visão aguçada ampliada três vezes mais que a do ser humano, seus olhos começaram a verter uma lagrima de dor mais era comum pelo esforço e Takeru estava acostumado a treinar esse feitiço.

olhando nos minimos detalhes conseguiu perceber alguns alunos ainda na região do lago, olhou para a mão esquerda e disse baixo

-me ajude agora, precisamos pegar os alunos rápido

o Objeto na mão respondeu com uma risadinha tirando sarro
-huhuhuhu, voce ainda ta com a voz ampliada não adianta falar baixo eles ouviram, voce falar com a sua mão ... huhuhuhuh Zaruba era o anel mais sem noção que alguem poderia ter.

Mais os dois mesmo Takeru com mais vergonha do que nunca fizeram o feitiço de levitar nos alunos que estavam ilhados ou na agua e os trouxeram para a margem.

Depois de todos os alunos a salvo (pessoal ta todo mundo salvo do lago agora o bixo pegou com as acromantulas)

Takeru ainda voltava sua visão ao normal quando todos ouviram aquele barulho vindo da floresta, Takeru andou na direção dos alunos ficando mais a frente e quando viu as primeiras aranhas disse

-Fiquem todos juntos, é simples derrota-las, usem seus melhores feitiços de dano e quando elas estiverem de 10 a 20 metros de distancia as empurrem para trás com o feitiço Arania Exumai esperando que todos compreendesem o jovem professor ficou de linha de frente.

Ao ver a primeira aranha no seu raio de ataque começou a festa.
-Bombarda Maxima. A grande explosão poderia tanto incapacitar varias aranhas como tambem talvez faze-las dessistirem.


_________________
Do you really think you can withstand my magic? In my hand, the creator's sword that calls eternal sleep! Honor our pact and hear my command

37 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 1:49 pm

Sylvia Plath

avatar
Grifinória
Grifinória
Naufrágio no lago .[/size]



Sylvia chacoalhava na carruagem observando o sol fugindo naquele fim de tarde. Ao seu lado três desconhecidos que, em breve seriam amigos íntimos e sua prima. Todos pareciam extasiados. A japonesinha parecia se encantar com cada acontecimento, cada lufada de vento, cada conversa, enquanto ela se sentia entediada. Olhou com mais atenção para a menina e teve a impressão que ela teria uma síncope a qualquer momento.

— Maggie, você está bem?
— Ahn? Ah, Hai, daijoobu... Ou melhor... Tudo bem

A menina sorriu e Sylvia fez algo que lembrava um sorriso torto. Não precisaram dizer mais nada, pois chegaram ao porto, onde as balsas q as levariam ao castelo esperavam quietas. Sylvia, Nanda e Maggie embarcaram numa delas e seguiram em silencio. Até que Maggie quebrasse a quietude.
— Como será que foi, Silvya? Será que foi muito cruel?
— o que?

Sylvia olhou para a menina e balançou a cabeça, pensando que ficar quieta estava fora de cogitação, tendo Maggie por perto.
— O dia em que Hogwarts foi destruída.
— Não sei.

Ela sabia porque o Elfo lhe contava essa história todas as noites antes de dormir, sabia porque seu avô a repetia nos dias em que a forçavam a comer com a família, sabia porque seu pai tinha contado,sabia por diversas fontes, mas não queria conversa. Foi nesse momento que aconteceu o inesperado. Sem nem mesmo perceber como Sylvia se viu no fundo do lago, cercada por uma semi escuridão que era quase confortável. Pensou em ficar ali mesmo, afinal não tinha muita razão para voltar, mas quando o ar começou a faltar em seus pulmões ela se viu compelida a viver. Sacou sua varinha e com alguma dificuldade formulou o único feitiço que conseguia fazer sem ter de falar.
— Ascendio.

Ela saiu da água como um foguete e caiu sobre uma placa de gelo, onde ficou quieta até conseguir lembrar todos os piores xingamentos que tinha na memória. Difícil descrever em poucas palavras o que ela sentiu. Estava feliz por estar viva e com raiva por estar feliz. A plataforma de gelo foi arrastada até a margem onde ela procurou pelas companheiras de balsa, mas antes que pudesse encontrá-las. Um estrondo anuncia o ataque de uma horda de acromântulas fez com que Sylvia tivesse saudades do avô.

— TUDO! Simplesmente tudo... every single place, smell, color, sound,... just everything! Resolveu acontecer agora?
-Fiquem todos juntos, é simples derrota-las, usem seus melhores feitiços de dano e quando elas estiverem de 10 a 20 metros de distancia as empurrem para trás com o feitiço Arania Exumai

Manteve a varinha empunhada o melhor que pôde , a adrenalina fez com que o frio passasse, restando apenas a raiva e essa ela sabia bem como usar. Uma das aranhas escapou do feitiço do professor e veio na direção de Sylvia que gritou o mais rápido que conseguiu.
— Arania Exumai

38 Re: Proximidades do Lago Negro em Seg Set 27, 2010 8:01 pm

Ctaaciug Xyeetnuut

avatar
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Vendo que a aluna ficaria bem, ele convida Cassio com os olhos para voltarem para cima rápido se o fato não foi exagerado pelo diretor e ele acredita piamente que não foi.

Ele aparata do ponto onde está, para a parte de cima da sombra do gelo que já está na margem. E a cena das Acromantulas mesmo jovens correndo com a fúria que só a selvageria natural poderia conseguir, é uma visão impressionante. Ele imagina se como os alunos devem estar em suas mentes. Vir para uma escola dos sonhos, mas só encontram pesadelos antes até de chegar.

Acertar o maior número delas, aproveitando que estão sendo jogadas para trás, é o objetivo. Eles precisam lidar com isto rápido, nenhuma vida deve ser colocada em risco quando se pode evitar.

Pensa então no feitiço atmosférico.

Fecha os olhos e deixa a mente viajar na música do mundo, nos espaços entre os segundos, como se nadasse com a corrente do rio do tempo, para ouvir e harmonizar as notas necessárias a regência do ataque.

O clima canta uma harmonia própria, uma nota que se muda, muda toda a música final.


E então ele evoca para a região onde elas estão sendo lançadas, sendo longe do alcance dos alunos e principalmente da água, um dos mais estranhos fenômenos atmosféricos testemunhados, a "bola de relâmpago".

www.cracked.com/articleimages/dan/weather/ball.jpg" alt="" />
www.cracked.com/articleimages/dan/weather/ball2.jpg" alt="" />

Aliás mas do que uma, lançando milhares de volts nas Acromantulas, e o som da eletrcidade no ar, além de nocautear e espantar as acromantulas, também tocava Iron Man do Black Sabath.